A Herança dos Filhos da Promessa

26/11/2017

A Herança dos Filhos da Promessa

26 de novembro de 2017

Belém-PA

Diógenes Dornelles

Gálatas 4:22-29

Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre. Todavia, o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa. O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar. Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. Mas a Jerusalém que é de cima é livre; a qual é mãe de todos nós. Porque está escrito: Alegra-te, estéril, que não dás à luz; esforça-te e clama, tu que não estás de parto; porque os filhos da solitária são mais do que os da que tem marido. Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque. Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora.

O apóstolo Paulo usou aqui o quadro espiritual de Ismael perseguindo ao seu irmão Isaque para ilustrar uma verdade que tem se confirmado em todas as eras, de que uma igreja natural sempre perseguiu a igreja espiritual. Foi assim no passado e até hoje isso continua acontecendo, e a igreja natural ou a falsa igreja, sempre tentou usurpar o lugar da verdadeira.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja, págs 53-54

Há uma Verdadeira Igreja e uma falsa igreja. Há uma Verdadeira Vinha e uma falsa vinha. Mas é claro que a falsa igreja, o corpo da falsa vinha, sempre procurará usurpar a posição da Verdadeira Igreja e sustentar que ela, e não os eleitos, são os verdadeiros e autênticos. A falsa procurará matar a Verdadeira. Foi assim no Livro de Atos, (Esse livro mostra que a primeira perseguição à igreja foi feita pelos judeus do Sinédrio) é assim que é exposto nas sete eras, (principalmente a era das trevas de Tiatira) e é assim que está declarado nas várias Epístolas (Onde Paulo mencionava a atuação dos falsos irmãos, que iam a cada igreja que Paulo fundava para dissuadi-los de aceitar o evangelho da graça). É assim que foi. É assim que é agora. É assim que será. Não pode mudar.

Então o que o apóstolo Paulo fez foi como uma alegoria, porém eu quero tomar essas suas palavras para dizer a você que o inverso disso não pode acontecer. Alguém da igreja natural pode até perseguir um nascido do Espírito, mas alguém que pertence à eleição não sai em perseguição de ninguém. Alguma vez você viu Abel na Bíblia tentando matar a Caim? Alguma vez você leu Davi perseguindo Saul para tentar matá-lo? Procure sempre saber quem é o perseguido e quem é o perseguidor e ali você terá as duas sementes claramente identificadas perante você, os dois espíritos, as duas vinhas. Os filhos da servidão e os filhos da promessa. A igreja natural sempre perseguiu a igreja espiritual.

Deus Quer Separadores e Não Misturadores

Mas a igreja espiritual somente é perseguida porque aceitou viver uma vida separada do mundo e dos seus ismos. O irmão Branham disse que a igreja eleita é chamada a sair para fora do mundo, porque ser cristão é basicamente viver uma vida separada para Deus. Paulo se apresentou aos romanos como um apóstolo separado para pregar o Evangelho de Deus.

Romanos 1:1

Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para apóstolo, separado para o evangelho de Deus.

Deus chama o Seu povo para uma separação, e é exatamente isso que a igreja espiritual faz. Deus quer separadores, mas os filhos da servidão buscam por misturadores.

A Fé Vem Pelo Ouvir (20/03/1954) § 38 [sem tradução]

A voz de Deus falou com ele e disse: "Abraão, separa-te do teu povo". Não é estranho que Deus nos faz separar-nos? Hoje o mundo quer misturadores, não é mesmo? Mas Deus quer separadores. Sim, o mundo diz: "Oh, bem, nós não queremos aquele velho pastor. Ele é um velho conservador. Ele não crê em deixar-nos fazer isto, aquilo ou aquilo outro. Queremos um jovem, que - que seja um misturador". (alguém que ceda em algo aqui ou ali, ou que acrescenta ou tira algo da Palavra) Mas Deus quer separadores. Separar-se. O Espírito Santo disse: "Separa-Me Paulo e Barnabé".

Todos os filhos da eleição vivem uma vida separada e Deus foi sempre Quem separou o Seu povo daquilo que é errado.

Abraão (08/12/1956) § 22 [sem tradução]

Quando Deus chamou Abraão, sendo ele de setenta e cinco anos de idade, e Ele disse: "Separa-te da tua parentela". É estranho como podemos mudar isso hoje...Deus chama para uma total separação das coisas do mundo. "Saí do meio deles", diz a Bíblia, "e apartai-vos, diz o Senhor, e Eu vos receberei". Vê?Não um misturador. Um separador... O Espírito Santo falou: "Separa-Me Paulo e Barnabé para a obra". Vê? Uma separação, Deus separa o Seu povo, o certo do errado. Observe. Agora, Abraão era para se separar e para peregrinar em uma terra estranha que ele não conhecia. Não é um bonito quadro hoje? Quando Deus pela eleição chamou você para o Seu amado, então imediatamente Deus fala com você para separar-se da velha turma, da sala de bilhar, dos grupos de corte e costura, onde elas contam piadas e continuam - uma separação.

Não Pode Haver Bênção Enquanto Não Houver Uma Separação

O irmão Branham disse que não há como você separar as duas igrejas, pois elas sempre estão juntas, mas por outro lado, ele também afirmou que os filhos de Deus não podem ser abençoados se estiverem associados com os incrédulos.

Ouvindo, Recebendo e Agindo Sobre a Palavra de Deus (21/02/1960) §§ 85 [sem tradução]

Agora, Abraão... Lembre-se, enquanto eles estavam associados, a igreja natural e a igreja espiritual, eles nunca receberam a bênção. Jacó nunca foi abençoado até que ele se separou de Esaú. E Abraão nunca foi abençoado até que ele se separou de Ló.

A Igreja Natural Rejeitou a Sua Primogenitura

O maior problema enfrentado pela igreja natural é a rejeição da sua primogenitura. E uma das razões do envio do ministério de Elias para a igreja do tempo do fim é justamente para que a primogenitura da igreja espiritual possa ser definitivamente assegurada.

Malaquias 4:5-6

Eis que Eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor; e ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que Eu não venha, e fira a terra com maldição.

Mas desde que a igreja natural se organizou, ela perdeu a sua primogenitura.

Combatendo Ardentemente Pela Fé Que Uma Vez Foi Dada aos Santos (14/06/1953) § 16 [sem tradução]

Volte ao jardim do Éden, nós até mesmo poderíamos ir antes disso. Mas vamos tomar os dois primeiros rapazes que nasceram nesta terra. Caim, em primeiro lugar, na verdade ele deveria ter o direito de primogenitura, mas a perdeu exatamente como Esaú, assim como a primeira igreja da igreja mãe, (A igreja de Roma, a primeira que se organizou) como você quiser chamá-la. Por todo o caminho, perdeu a primogenitura...

Mas nesta era atual a Igreja espiritual, graças ao ministério de Elias, chegou à plenitude do Espírito, o que significa que a Igreja hoje voltou à mesma Palavra original da primeira Era dos pais da Igreja. Portanto o mesmo ensino dos apóstolos foi nestes dias restaurado por meio de um ministério vindicado, que traz a Igreja de volta à mesma mensagem dos cristãos primitivos. A era de Éfeso possuía a profundidade de Deus, mas que depois se perdeu a partir do momento em que ela se organizou. Mas agora no tempo do fim, Deus está chamando para fora de todo o sistema organizado uma Noiva a fim de recuperar aquela mesma profundidade de outrora.

Uma vez que um grupo qualquer se organiza, ele rejeita a sua primogenitura, e jamais poderá reavê-la novamente. Mas graças ao ministério de Elias, que converteu os corações dos filhos desta era de volta à doutrina dos pais da igreja, a Noiva do tempo do fim, que são os filhos da promessa, tiveram as suas esperanças renovadas por reaver a sua herança apostólica que são os seus direitos de primogenitura.

Ouvindo, Recebendo e Agindo Sobre a Palavra de Deus (21/02/1960) § 69 [sem tradução]

A igreja natural e a igreja Sobrenatural... Veja, a Palavra faz a diferença. Isso é o que pensava Jacó: "E não importa o que aconteça, sei que nunca poderei ser abençoado a menos que eu tome posse do direito da primogenitura. É dessa primogenitura que eu vou ter que tomar posse". (Isso é uma figura da igreja espiritual. Ela toma posse da verdadeira doutrina e jamais a abandonará por nada, pois isso é vida para ela. Essa é a Sua herança. Ela lutará por isso até o fim e sem misturá-la com nada) E... Mas Esaú odiava, e os seus filhos ainda fazem a mesma coisa neste dia; eles odeiam isso. Sempre foi assim.

A igreja mãe odiou a herança dos pais primitivos, e suas filhas hoje odeiam da mesma maneira. A igreja natural sempre demonstrou desprezo ao ensino apostólico. As doutrinas trinitárias e unicistas são dois grandes exemplos disso, que nada tem a ver com a doutrina dos apóstolos, pois nenhuma delas foi ensinada pelos pais da igreja.

A Colisão Entre a Igreja Natural e a Espiritual

As duas igrejas são muito parecidas fundamentalmente, por possuírem a mesma mecânica e uma doutrina parecida, porém sempre quando essas duas igrejas se encontravam houve um confronto. Caim matou Abel; Ismael perseguiu a Isaque; Esaú perseguiu a Jacó. O carnal sempre alega ser mais santo e revelado que o espiritual.

Muda Deus o Seu Parecer? (27/04/1965) §§ 16-17

Assim, agora para delinear isto. Nós sabemos que Balaão era um - um - um profeta. E Balaque era o rei de Moabe, na época. E eles não eram infiéis, em Moabe, eles serviam ao mesmo Deus que Israel servia. Porque, Moabe, a nação foi fundada pelo filho de Ló, com sua filha, e portanto eles serviam ao mesmo Deus. Se você notar, seus sacrifícios e tudo mais eram exatamente a mesma coisa, bois, e também os carneiros, falando da segunda Vinda. E agora, se fundamentalismo é tudo que Deus requer, então Moabe era simplesmente tão fundamental em suas ofertas como era Israel. Mas nós os encontramos agora, Israel está seguindo na linha da Palavra de Deus, para uma terra que lhes tinha sido prometida. E eles se aproximam... Aqui seria um tipo do natural e do espiritual, se encontrando. E quando o natural e o espiritual se encontram, há sempre uma colisão, porque eles colidem frontalmente um contra o outro. (porém não é o espiritual que se indigna pela incredulidade do carnal, mas é o carnal que se inquieta com a posição de fé da igreja espiritual, pois isso é algo que o desafia) E Israel aqui, seria, eu quero representá-lo como uma Igreja espiritual; e Moabe como a igreja natural, apenas a igreja, o que nós chamamos de igreja natural. E todos temos certeza de que há uma - uma igreja, e de que há uma Noiva saindo dessa igreja. Nós sabemos disso, que isso é verdade.

Então veja que sempre onde as duas igrejas se encontram há um desacordo entre as duas sementes. Abel teve uma revelação e Deus aprovou suas obras com base na revelação que ele teve, enquanto Caim ficou com ciúmes por não ter sido aprovado por Deus após todo o trabalho que ele teve por oferecer o que ele achava ser o melhor que poderia ser dado. Porém Abel recebeu uma revelação de que não foi um fruto da terra tomado sem permissão de Deus que provocou a queda e a expulsão do Éden, mas sangue, e era sangue que deveria agora ser requerido para que houvesse um resgate da primogenitura perdida.

Muda Deus Seu Parecer? (27/04/1965) §§ 36-40

Eu penso que isso é o que Abel teve no princípio, uma revelação espiritual de que não foi o fruto do campo ou as obras de nossas mãos, ou coisas assim. Foi sangue. E ele ofereceu a Deus um maior sacrifício do que - do que Caim. Nós encontramos em Abraão e Ló a mesma coisa, em uma escolha, porque Ló desceu, quando chegou o tempo, quando a igreja espiritual e a - e a natural tiveram um desacordo, por causa dos pastores. Eles tiveram de se separar um do outro. E sempre que isto acontece, causa ciúme. Verificamos que Abel, porque Deus o havia recebido, e Ele não recebeu a bonita e grande oferta de Caim, pela qual ele tanto tinha labutado. E era religioso, e se curvou e adorou, e assim por diante, fez tudo o que Abel fez, só que ele não teve a revelação do que era a verdade. Assim, verificamos que quando Deus aceitou a revelação de Abel e sua oferta, isto fez Caim ficar com ciúmesde Abel. (Veja, não pode haver ciúmes entre os filhos de Deus, porque essa é uma característica da igreja carnal) E ali ocorreu o primeiro homicídio. Nós verificamos que ciúme passou a existir entre os pastores de Abraão e de Ló, e eles tiveram de se separar. Verificamos que Moisés e Coré também tiveram um desacordo. Jesus e Judas tiveram um desacordo. E como sempre, tem sido a mesma coisa, e assim é hoje, a igreja natural e a igreja espiritual têm uma colisão quando se encontram. Agora, o natural tenta se equiparar ao espiritual, sempre com uma personificação carnal. Mas, como foi com Esaú e Jacó, isto não funciona.

A igreja natural pode ter até mesmo uma unção genuína de Deus para tentar com isso buscar uma vindicação para o seu ensino e sua doutrina, contudo elas continuarão sendo falsas do mesmo jeito.

Tentando Fazer Um Serviço Para Deus Sem Ser da Vontade de Deus (27/11/1965) § 213

Davi pensou que tinha tudo em ordem. E ele estava inspirado. Está vendo como o Espírito Santo pode ungir um homem? Mas tem de estar na ordem da unção. O espírito exterior pode estar ungido com o Espírito Santo, e a alma tão escura quanto piche. O joio cresce por meio da mesma água que edifica... leva vida para dentro do trigo, leva vida para dentro do joio; mas no fundo do joio, é uma vida de joio. Ele está se regozijando, e florescendo, e tem vida, e fazendo tudo que o trigo faz, (Tem seus avivamentos, seus sinais, suas colunas de fogo) mas a alma dele é joio. Está vendo? Falsos mestres podem surgir, ensinando todo tipo de trinitarismo e tudo mais, (ou seja, todo o tipo de doutrina espúria e falsa) e ser ungidos com o Espírito Santo, e realizar tantos milagres quanto pode a verdadeira Igreja. (A falsa igreja sempre tentará mostrar para você que ela possui algum sinal espiritual para vindicar o seu falso ensino. Vê por que esta é a era mais enganosa?) Mas pela Palavra aqui, isso é o que faz que aconteça. Está vendo o que quero dizer?

Então vemos que a razão da colisão é porque um tenta fazer ou ter a mesma coisa que o outro possui. Ambos adoram a Deus, ambos querem servi-Lo, ambos professam uma fé, porém só um deles é guiado pelo Espírito Santo, que embora não saiba para onde esteja indo, confia plenamente em Sua liderança, diferente da igreja organizada que sempre procura estabelecer-se em algum lugar sob a liderança de um homem, isso porque é exatamente assim que os filhos da servidão atuam, sendo escravos do homem ao invés de serem servos de Cristo.

Muda Deus Seu Parecer? (27/04/1965) §§ 19-23

E eles se chocam aqui. E notamos que quando se chocaram aqui, isto aconteceu sob algo de que eu gostaria de falar por um momento. Tão logo se chocaram, e um viu o que o outro estava fazendo, houve uma grande personificação, um do outro. E aí é onde encontramos hoje, que nós realmente temos personificações demais. E quando você faz isso, você está sempre em dificuldades. Você não pode viver a vida de outro. Não podemos personificar alguma coisa. Nós temos de ser simplesmente o que somos. Você não deve (nunca) tentar. Se este sujeito faz algo; porque ele o faz, você pensa que tem de fazer, também. Não faça isso. (Sim, porque também pode correr o risco de alguém tentar personificar algo que é falso achando que aquilo está tudo bem. Só porque existem alguns grupos desviados da mensagem permitindo ministros divorciados continuar pregando, isso não significa que você deve sair fazendo a mesma coisa e cometendo o mesmo desvio que eles. Só porque a maioria dos ministérios estão pregando unicismo, não significa que você deveria crer nisso pensando que fosse isso que o irmão Branham havia pregado) Você é um indivíduo para Deus. E não devemos tentar personificar uns aos outros.

Exatamente. Temos que viver uma vida separada e sem fazer a mistura que os outros fizeram.

Saindo do Caminho e Deixando Deus Passar

Veja que a falsa igreja, ou a igreja natural prefere seguir os seus próprios caminhos, mas a igreja espiritual sai do caminho para dar passagem para Cristo assumir a Sua posição. Enquanto alguém estiver no caminho de Deus para fazer valer o seu próprio parecer, ideias e tradições ou as doutrinas de uma igreja, Deus não pode fazer nada.

Só Uma Vez Mais, Senhor (01/12/1963) § 134 [Sem tradução]

E a única coisa que você precisa fazer para saber que Ele está aqui, é remover-se do caminho. Vê?Enquanto você estiver no caminho, Deus não pode fazer nada por você. Quando você pensa os teus pensamentos, os pensamentos de Deus não têm chance. Mas se você parar de pensar os teus pensamentos e pensar os pensamentos Dele! "Meus pensamentos não são os vossos pensamentos", disse Ele. "Se houver algum louvor, se houver alguma virtude, pense nessas coisas". Não é o que alguma igreja vai dizer sobre isso, mas o que Deus disse sobre isso!

Todos os homens da Bíblia que se colocaram no caminho de Deus com o seu próprio querer e pensar sofreram as consequências disso. Abraão, Jacó, Moisés, Jonas, etc, entenderam que eles só poderiam ser usados por Deus quando deixassem o seu "eu" fora do caminho. Mas Jesus foi Alguém que soube fazer isso, pois para que Jesus fosse o nosso Caminho, Ele mesmo precisou primeiro ser provado, e em nenhum momento ficou no caminho de Deus, mas deixou que o Seu Pai tivesse a preeminência durante todo o Seu ministério.

A Maior Batalha e a Maior Vitória de Cristo

Para o irmão Branham a maior vitória que Jesus conquistou não foi exatamente por ter morrido na cruz do Calvário e depois vencido a morte na ressurreição, mas de ter vencido a Si mesmo e ter anulado o Seu "Eu" e obedecido a Deus no jardim do Getsêmani, aceitando o caminho que Ele traçou para o Seu Filho. Ele tirou do caminho o Seu querer e a Sua vontade para que o querer e a vontade de Deus prevalecesse Nele, e é exatamente assim que a igreja espiritual procede. Portanto foi lá no Getsêmani onde Jesus obteve a Sua maior vitória. Somente pôde haver uma experiência vitoriosa no Gólgota porque primeiro aconteceu uma experiência vitoriosa no Getsêmani. Mas depois de Ele ter lutado com a Sua própria mente e a Sua própria vontade naquela noite, Ele obedientemente declarou: "Pai, a Minha vontade é de que Tu afastasses este cálice de Mim, mas mesmo assim, que não seja a Minha vontade, mas que a Tua vontade seja feita". E essa foi a Sua maior Vitória e essa havia sido a Sua maior batalha também; uma batalha que foi travada em Sua mente, quando Jesus decidiu render a Sua própria vontade para prosseguir com o programa de Deus.

Comunhão (18/04/1957) § 29 [Sem tradução]

Agora, se Deus não poupou o Seu próprio Filho do teste cruel, então Ele não poupará você ou eu do teste cruel. E Jesus estava aqui enfrentando o maior teste que Ele já havia tido. O Getsêmani colocado diante Dele, onde aquele definitivo e último teste todo-suficiente deveria vir, quando as cargas de todo o mundo foram colocadas sobre os Seus ombros abençoados. Não havia ninguém em todo o céu ou na terra que pudesse alguma vez sustentar a não ser Ele. E saber que todos os pecados, dos pecados passados, e pecados presentes e pecados futuros, repousavam sobre esta decisão. E foi uma das maiores vitórias que Cristo já ganhou ou provou a Sua grande messianidade, como quando Ele disse a Deus: "Não a Minha vontade; mas a Tua seja feita". Essa foi a maior vitória que Ele já tinha ganhado. (Ele saiu do caminho para deixar Deus ter o Seu direito de passagem) Todos os demônios de tormento estavam ao redor para tentá-Lo e prová-Lo. E quando nos acertamos com Deus, quando nossos corações se tornam puros e o Espírito Santo tem assumido o Seu lugar em nosso coração, essa é a coisa mais gloriosa de ter testes. A Bíblia nos diz que os nossos testes e provações são mais preciosos para nós do que a prata e o ouro do mundo. Então devemos ser gratos.

Jesus Tinha Deus Nele Porque Ele Havia Se Rendido a Deus

Então Jesus venceu a Si mesmo porque Ele tinha uma vida rendida ao Pai, saindo do caminho para fazer não a Sua própria vontade, mas a vontade de Deus. Jesus deixou que os Seus pensamentos fossem os de Seu Pai, e é assim que a Igreja espiritual vencerá, se sair da frente de Deus e deixá-Lo colocar em suas mentes os Seus próprios pensamentos.

Chuva Temporã e Serôdia (03/03/1960) § 14

Jesus era o Filho de Deus, como estávamos falando hoje. Ele era o Filho de Deus tanto quanto Ele era um homem. Aos trinta anos... Não temos nenhum registro Dele fazendo qualquer coisa até que Ele tivesse trinta anos de idade. Quando Ele foi batizado no Jordão por João, então o Espírito Santo desceu sobre Ele sem medida. Nele habitou a plenitude da Divindade corporalmente. Ele era Emanuel. Deus estava Nele. Por que Deus estava Nele? Porque Ele não havia nascido em pecado e porque Ele tinha uma maneira de render-Se a Si mesmo a Deus, (Em outras palavras, Jesus soube morrer para Si mesmo para que Deus pudesse viver Nele. Se Ele não pudesse ser o nosso exemplo nisso, Sua Igreja nunca poderia fazer a mesma coisa) e Nele habitou tudo de Deus. Agora, você e eu poderíamos ter mais de Deus do que temos, se apenas nos rendêssemos a nós mesmos a Ele. Tanto quanto pudéssemos... O tanto quanto Bill Branham, ou seja, o tanto quanto eu possa sair do caminho, Deus entrará nele. Mas enquanto Willian Branham está lá dentro, então Deus não tem maneira de entrar. É o mesmo com você. É hora de sairmos do caminho e não olharmos as coisas como nós queremos olhar, não fazermos da maneira que nós pensamos, mas deixando que Ele faça nossos pensamentos. Deixe-O fazer o nosso olhar, ouvindo o Espírito Santo.

Nossas Bênçãos Somente Podem Ser Impedidas Por Nós Mesmos

Então muitas vezes nós mesmos somos os responsáveis por interromper o fluxo das bênçãos de Deus sobre nossas vidas. Nós ficamos no caminho de Deus. Mas basta nos entregar a Deus e deixá-Lo agir da Sua própria maneira, que o fluxo do Espírito seguirá o seu caminho normal para assumirmos a nossa herança.

Expectativa (28/02/1954) § 4 [Sem tradução]

Agora, há somente uma coisa que nos impedirá de sermos abençoados então. Que é nós mesmos. Se simplesmente ficarmos no caminho de Deus, Ele não pode... Isso sufocou o fluxo, não é mesmo? Contorna a água em outro lugar. Então vamos simplesmente sair do caminho e nos esvaziar e dizer: "Agora, Senhor Jesus, apenas entre e assuma o controle". Então veja o que acontece. Então simplesmente... Teremos infinitamente mais do que poderíamos fazer ou pensar. Sim senhor. Deus nos dará.

Uma Mentira Que se Torna Verdade

Uma fé híbrida nada mais é do que uma mentira disfarçada de verdade. Eva acreditou numa mentira pensando ser verdadeira. Esse é simplesmente o quadro espiritual da maioria das igrejas hoje. O povo cristão crê num falso dogma por tanto tempo até que isso se torna uma verdade para ele.

Não Te Estribes no Teu Próprio Entendimento (20/01/1965) § 118

Vocês sabem, a Bíblia disse: "Você pode crer em uma mentira e ser condenado por isto." Está vendo, essa é exatamente a Verdade. Eles formam, não importa o que a Palavra de Deus diga, eles se estribam em seu próprio entendimento. Eles, eles se estribam nisto, eles crêem nisto, pensam que isto é a Verdade. Você pode se manter crendo em uma mentira, uma vez e outra, e outra, até que isto se torna a verdade para você. Isso mesmo.

Paulo disse que ele estava preparando para apresentar à Igreja um único Senhor, um único Cristo, uma única fé, uma única Palavra. Mas desde o começo Satanás tentou sabotar essa única fé com alguma outra coisa, apresentando para a Igreja um outro Cristo, uma outra fé, uma fé híbrida onde a Palavra seria misturada com arrazoamentos humanos.

Uma Igreja Híbrida

A fé híbrida pode produzir somente uma coisa que é a morte, porque ela está morta, ainda que ela consiga produzir muitos resultados, templos bonitos, popularidade, etc., mas se alguma coisa é feita baseado não somente no que a Palavra disse, mas em algum programa do homem, isso resultará em confusão e engano. Isso não é da Árvore da Vida, mas da árvore da ciência e foi dessa árvore da ciência que a fé híbrida se originou.

Condenação Por Representação (13/11/1960) §§ 101-105

Como sempre tenho dito: "Se comer maçãs fizesse com que as mulheres percebessem que estavam nuas, é melhor que passassem as maçãs novamente", porque é hora. Eu não digo isso para ser grosseiro, mas eu estou dizendo isso para - para chegar a um ponto, que é a verdade. Não eram maçãs. Não vamos chegar a esse ridículo. Não foi nenhuma macieira; mas vamos levar isso para uma outra árvore, para que possamos trazer isso e cumprir com o nosso texto. Tomemos uma árvore de fé, que Eva tomou daquela árvore proibida de incredulidade. Então podemos fazer o texto sair. Foi fé. Ela não acreditou na Palavra de Deus. Deus disse que uma certa - certa coisa acontecerá. Ela deveria ter deixado isso sozinho. Ela deveria ter crido da maneira como Deus o disse. Mas não, Satanás se aproximou com sua teologia; e ela misturou isso e deu isso a Adão, e isso causou uma fé híbrida. Isso é o que a igreja tem hoje (a chamada igreja), uma fé híbrida. Está misturada com medos,dúvidas e agitações; se fosse fé genuína, ela não mudaria. Quando Deus dissesse alguma coisa, seria assim. Mas veja, ela misturou isso, tomou o que Deus disse e o que Satanás disse, e misturou junto e disse: "Aqui está". É assim que muitas pessoas fazem hoje. Veja, eles tomam o que a Bíblia diz e o que o homem diz: cria uma fé híbrida. E quando eles criam, eles trazem de volta... Oh, cria uma igreja bonita. Com certeza, mas não há Vida nela: morta. Uma fé híbrida: "Oh, eu creio que Deus foi, sim, mas agora Ele não é mais um curador hoje". Isso é fé híbrida. "Creio que Ele deu o Espírito Santo aos pentecostais lá no passado no dia do Pentecostes, mas isso não é para nós hoje". Uma fé híbrida, condenada por Deus, híbrida, sem benefício. Fique longe disso. É má. Ela traz dúvidas: "Talvez eu vá até lá e seja curado. Talvez o Senhor me cure". Isso é fé híbrida. Ela não é boa. Essa é a fé da igreja. Queremos a fé de Deus. Deus disse alguma coisa, e isso é a Verdade; fique com isso. Amém. Oh, eu queria que minhas palavras fossem escritas com uma caneta de ferro. Fique com o que Deus disse; é a verdade.

Jesus veio para nos tirar da Igreja híbrida e natural para que colocássemos nossa fé não no que o homem diz, mas no que a Palavra de Deus diz.

Condenação Por Representação (13/11/1960) § 183

Oh, Deus, se as pessoas simplesmente pudessem ver isso, se eu pudesse simplesmente socar isso nas pessoas. Jesus morreu para que Ele pudesse tirar as pessoas dessas coisas da igreja híbrida, para que Ele pudesse afastar as suas mentes e a fé para longe do que o homem disse, de volta ao que Deus disse, não a uma fé híbrida.

A Fé Sem Obras é Morta

E assim chegamos mais uma vez à confirmação daquela verdade bíblica conhecida por todos nós, de que a fé sem obras é morta. Não importa o quanto alguém creia na Mensagem de William Branham e reclame ter o Espírito Santo ou ser um membro da Igreja espiritual. Serão os seus frutos ou obras que provarão tudo isso.

El Shadai (02/08/1960) § 11 [sem tradução]

E depois, nós verificamos que Abraão não obedeceu a Deus de uma vez. Agora, ele se preparou e teve fé na promessa. Mas veja, ainda podemos ter fé na promessa e depois não obedecer, e ainda isso nos atrapalhará. (Que perfeição pode haver em alguém que crê, mas que não obedece?) Agora, você pode dizer: "Eu tenho um... creio no Espírito Santo. Creio que devo ser batizado com o Espírito Santo". Agora, não importa o quanto você crê, você tem que obedecer a essa comissão. Vê? Só a fé não irá funcionar, porque a fé sem obras é morta.

Então serão os nossos frutos que dirão se nossa fé é boa ou não. Se nossa fé não for acompanhada por obras, então nossa fé não é boa, pois que proveito teria uma fé que não produzisse nada?

Porém a Igreja natural ou híbrida pode até realizar grandes obras, mas ela não pode produzir o mesmo tipo de vida que está na Palavra, simplesmente porque ela não pode reproduzir algo que está morto. Eles somente podem reproduzir filhos para algum sistema ou organização, mas jamais filhos para Deus.

A Semente Sinal do Tempo do Fim (19/03/1962) § 22

E é assim que as pessoas se afastam da Palavra de Deus. Tornam-se um caso híbrido. Isso deve morrer. Não pode produzir a sua espécie de vida novamente. A igreja que se recusar crer na Palavra de Deus é uma igreja híbrida com dogmas, credos, doutrinas que não são bíblicas. Essa igreja não pode produzir um filho cheio do Espírito, porque é híbrido. Isso não é bom. Isso pode ser maior, com grandes paredes, bancos finos, grandes sinos, assentos de pelúcia. Mas isso não significa nada. Está espiritualmente morto. Isso mesmo. Não pode produzir filhos cheios do Espírito, porque é a própria morte.

A Aliança de Abraão Confirmada (10/02/1961) § 43 [Sem tradução]

Qualquer coisa que esteja hibrida está poluída. E a religião que é híbrida desta Bíblia para organização ou denominação ou credos de igreja, é híbrida. Agora, veja, um híbrido produz uma arte mais bonita, um produto mais bonito.

E com isso então podemos concluir que o inverso também é verdadeiro: as obras sem fé são mortas, se não for do tipo certo de fé, pois não basta executar tantas obras se a fé que está por trás delas for falsa. Nós precisamos praticar o que cremos, mas por outro lado, se aquilo que cremos está errado, nossas práticas sairão tão erradas quanto a fé errada que temos.

Então as obras precisam obrigatoriamente refletir a mesma fé de Cristo, e essa fé tem sido revelada nestes dias para nós tanto pela Palavra escrita como pela Palavra Falada.

A Mira e a Alça de Mira do Cristão

Para que um caçador ou soldado atinja o seu alvo com sua arma, ele precisa usar ambos os lados da mira que acompanham a arma. Sua arma tem um local na frente chamada mira e uma parte posterior chamada massa ou alça de mira e essas duas precisam estar alinhadas se você quiser atingir o seu alvo. Se você tentar olhar através de apenas uma das miras, você perderá o alvo. E hoje, pela graça de Deus, a mira da frente é a Bíblia Sagrada, e a alça de mira é a Palavra Falada.

Hoje o que temos visto são verdadeiros extremos. Alguns cristãos usam apenas a mira da frente, mas rejeitam o ministério vindicado por Deus nesse tempo do fim; e por outro lado, alguns usam apenas a alça de mira, ou seja, as fitas de William Branham, e esquecem-se de alinhar isso com a mira de frente que é a Bíblia. Eles perdem o alvo toda vez que usarem somente uma dessas miras.

Você deve usar ambas as miras, a Palavra escrita e a Palavra falada ou você falhará na Revelação de Jesus Cristo. Você não pode dizer que pode aceitar um dom que Deus enviou à igreja e rejeitar o outro dom que Ele enviou. Sabemos que Deus enviou o Seu profeta como um dom para a igreja, mas também enviou um ministério quíntuplo como dom, que é para o aperfeiçoamento da igreja.

O Novo Sistema de Deus

A Igreja natural ou híbrida está presa a um sistema de homens, enquanto que a igreja espiritual está comprometida com o sistema de Deus. O irmão Branham disse que Deus possui um novo sistema, o que na verdade não é novo porque trata-se do mesmo sistema apostólico que se perdeu no decorrer das eras e que agora foi recuperado, e é com esse sistema da fé restaurado dos pais apostólicos que Deus tem preparado uma Noiva para o arrebatamento. Porém esse sistema é muito diferente do sistema dos homens que cresce em número, enquanto que este sistema de Deus diminui cada vez mais.

Contagem Regressiva (25/11/1962) § 36 [Sem tradução]

Deus tem um novo sistema. Não é o sistema antigo; (denominacional) é um novo sistema. Ele está trazendo Sua igreja para cima. Eles estão ficando menores em minoria o tempo todo. (Esse novo sistema é de um grupo muito pequeno em número) Eles ficaram nos dias de Noé, eles ficaram nos dias de Ló. Eles sempre ficam, até ficarem bem pequenos. Mas ainda assim, esse pequeno grão de Deus ainda está avançando, ficando mais poderoso e poderoso o tempo todo. A verdadeira igreja do Deus vivo está quilômetros à frente hoje do que estava. (Esse novo sistema não é comparável com nada dos outros que o antecederam) Nós vemos isso. Nós sabemos disso. É a verdade. Não me refiro à organização.

Esse novo sistema tornou a igreja digna de ser o que a própria palavra "igreja" significa, "chamados para fora". Hoje a Igreja está sendo chamada para não mais refletir um pensamento ou sistema humano, mas a Cristo, ou seja, ela está sendo chamada para a sua forma original, separando-se daquele sistema de misturadores.

Jesus Cristo é o Mesmo Ontem, Hoje e Eternamente (14/02/1958) § 28, 46 [Sem tradução]

Eu acredito que a igreja está tão amadurecida agora, até que ela esteja de volta à sua forma original. (...) É uma igreja amadurecida como era então. Pois volta ao original novamente.

Então pode haver ismos, ciúmes, oposição, e a Igreja de Cristo pode ser em um número muito menor como se tivesse a ponto de ser destruída, porém os filhos da promessa possuem uma herança, e ela jamais será destruída.

Eu Sei Que o Meu Redentor Vive (06/04/1958) § 15 [Sem tradução]

Todos os poderes do inferno podem apostar contra isso, mas prevalecerá. Temos a promessa eterna de Deus. Pode haver mestres; pode haver aumento de ismos; pode haver grandes programas; pode haver coisas que parecem que seriam destruídas; mas nunca pode ser destruído. É o propósito de Deus ver que isso prevalecerá. Então não depende de mim, e não depende de você se será destruído ou não. Cabe a Deus. E podemos ter certeza disso, que Deus nunca permitirá que a nossa herança seja destruída; pois é o propósito Dele dar-nos a nós.