A Interpretação da Palavra de Deus

21/06/2018

A Interpretação da Palavra de Deus

21 de junho de 2018

Santiago-RS

Diógenes Dornelles

2 Pedro 1:20

Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.

Essa passagem onde Pedro menciona as palavras "particular interpretação" tem sido um dos textos mais discutidos da Bíblia, onde cada estudioso dá um parecer diferente. Porém ao analisar o seu contexto, entendemos que a explicação mais correta, seria de que aquelas verdades que os profetas comunicavam não eram originadas por eles mesmos; os profetas ou os escritores da Bíblia não estavam expondo suas próprias ideias, suas próprias sugestões ou invenções; não eram suas próprias opiniões, mas eram de uma origem mais elevada, e foram transmitidas a eles por Deus. Portanto o apóstolo Pedro pretendia dizer que o que eles comunicavam não era originado por eles mesmos, mas era de uma origem mais alta que a humana.

No entanto, isso não significa que os profetas não entendessem a natureza de suas próprias comunicações, ou que eles eram meros instrumentos inconscientes e passivos nas mãos de Deus para dar a conhecer a Sua vontade. Eles sabiam perfeitamente o que estavam dizendo, porque se por um lado eles não eram os autores daqueles ensinos, por outro lado, uma vez que Deus lhes comunicava algo, eles passavam a ter uma revelação daquilo que lhes foi mostrado.

A Interpretação é a Explicação do Que Foi Revelado

Portanto a palavra "interpretação" não significa apenas que eles tiveram uma inspiração para escrever ou falar, mas também para explicar ou dar um significado para o que foi dito a eles por Deus. Porém suas explicações não seriam de forma alguma baseadas em suas próprias conjecturas, mas naquilo que Deus mesmo lhes fez entender.

Quando em Hebreus é mencionado sobre Melquisedeque é dito o seguinte:

Hebreus 7:2

A quem também Abraão deu o dízimo de tudo, e primeiramente é, por interpretação, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de paz.

Aqui a palavra "interpretação" tem a ver com o sentido e o significado do nome "Melquisedeque", que quer dizer "rei de justiça". Portanto o autor está nos explicando o que significa tal nome e isso para ele foi uma interpretação, porém baseado no que o próprio Deus lhe revelou. Então podemos concluir que a interpretação é uma explicação daquilo que foi revelado por inspiração. O profeta até pode usar as suas próprias palavras para explicar, mas o que ele estiver transmitindo terá que ser algo compartilhado a ele por uma revelação dada pelo Espírito Santo. Sem essa revelação, ele não poderia saber de absolutamente nada, nem mesmo por dedução, pois o que ele estaria falando não seria de algo produzido pela sua própria mente, mas pela mente de Deus.

Mas embora um profeta pudesse compreender muito bem o que lhe foi compartilhado por revelação, isso não significa que seria algo fácil de ser explicado, tendo em vista que se tal revelação fora dada por inspiração do Espírito Santo, seria extremamente necessário que aquele que a ouvisse tivesse o mesmo Espírito que inspirou o profeta a falar. Ninguém nesta Mensagem, por exemplo, poderá entender o que o irmão Branham tentou nos explicar, se não possuir em si o mesmo Espírito que lhe revelou tudo o que lhe foi ensinado. É preciso ter a mente de Cristo, pois a mente carnal é débil e negligente para ouvir e aprender aquilo que é espiritual.

Hebreus 5:10-11

Chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque. Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação; porquanto vos fizestes negligentes para ouvir.

A dificuldade da interpretação não é para aquele que recebeu a revelação, mas para aquele que ainda não a tem, pois sem revelação não há como entender, e o intelecto não pode obter uma revelação. Sendo assim, a interpretação correta da Palavra de Deus é proveniente de uma sabedoria divina, que vem do alto. É esta sabedoria que permite ao homem ter uma interpretação e um entendimento correto das coisas de Deus.

Eclesiastes 8:1

Quem é como o sábio? E quem sabe a interpretação das coisas? A sabedoria do homem faz brilhar o seu rosto, e a dureza do seu rosto se muda.

O sábio interpreta as coisas corretamente porque possui a mente de Cristo.

O Espírito Santo é o Intérprete da Sua Própria Palavra

Então nós não podemos interpretar ou entender a Palavra de Deus, sem que Ele mesmo A revele; portanto a menos que o Seu Espírito Santo esteja no crente, ele será incapaz de extrair da Bíblia a sua verdadeira mensagem. Na verdade o Espírito Santo de Deus é o único intérprete da Palavra para a Sua igreja.

A Infalível Prova da Ressurreição (14/01/1957) § 18 [Sem tradução]

Nosso querido Pai Celestial, é verdadeiramente com grande privilégio que estamos esta noite diante deste grupo de pessoas com a Tua Palavra aberta. E nós entendemos que não é de particular interpretação. E somente Tu, Senhor, pode interpretar a Tua Palavra. E nós Te pedimos para ser tão gentil conosco para vir esta noite e enviar o Espírito Santo, para que Ele possa ir direto na Palavra e interpretar a Palavra para nós, e Sua vida correta.

Somente o Espírito Santo, que é o Autor da Palavra é que pode nos explicar e abrir o nosso entendimento, dando-nos a revelação do que foi dito.

Mas Desde o Princípio Não Foi Assim (02/10/1958) § 26

Como você lê as Escrituras? Com uma interpretação particular? As Escrituras dizem que não há Escritura dada com uma interpretação particular. É dada por um Intérprete: esse é o Espírito Santo que A escreveu.

Então o Espírito Santo deve ser o único intérprete porque foi Ele mesmo Quem escreveu a Palavra que foi dada aos profetas por inspiração. Portanto se a interpretação não vier Dele mesmo, corremos o risco de misturar tudo.

A Ele Ouvi (28/03/1958) § 10 [Sem tradução]

E a Escritura não é de particular interpretação. Foi escrita pelo Espírito Santo. E o Espírito Santo é o único que pode revelá-La, (Nenhum homem pode revelar, nem mesmo o próprio profeta que foi usado pelo Espírito Santo para escrever e falar. Quando o autor de hebreus disse: "Essas coisas todas são de difícil interpretação", foi porque ele sabia que nem ele mesmo poderia dar a revelação daquelas coisas, exceto o próprio Espírito Santo, que é o único intérprete, ou seja, revelador da Sua Palavra) pois está escondida dos olhos dos sábios e instruídos, e é revelada aos bebês que aprenderão. (Por que um bebê tem mais facilidade para aprender do que um adulto? Porque ele não sabe nada, e também porque ele não tem nenhuma outra informação anterior que ele pudesse usar para discordar. Mas um adulto tem mais dificuldade para aceitar certas verdades, porque em primeiro lugar, ele pensa que já domina determinado assunto, e segundo, porque ele acha que a informação que ele já tinha antes era a correta. Ou seja, ele fará arrazoamentos, coisa que um bebê não faz. Então o que o irmão Branham está nos dizendo é que o Espírito Santo somente pode interpretar a Sua Palavra para aqueles que não arrazoarem com Ela.) Então, se você não vigiar, se você não usa a mente do Espírito Santo para colocá-la junto, você terá a sua cena toda misturada, por exemplo, como uma vaca pastando grama em cima de uma árvore. E é assim que parece.

Portanto, como já vimos, para entendermos a Sua Palavra precisamos ter a mesma mente de Quem a escreveu, e será somente assim que Deus interpretará a Sua Palavra para nós, que é dando-nos a Sua mente para que assim possamos obter uma revelação.

Cristo Batendo na Porta (30/03/1958) § 10[Sem tradução]

Senhor Deus, esta é a Tua Palavra em que estamos nos aproximando. Nenhum homem, por mais bem preparado que esteja, é suficiente para lidar com a Palavra de Deus, pois Ela não é de particular interpretação, como lemos nas Escrituras. Mas isso foi revelado pelo Espírito Santo. E pedimos que o Espírito Santo venha esta noite e interprete a Palavra que iremos ler. Afundar a semente profundamente nos corações das pessoas. E para que possamos falar a coisa certa e ouvir a coisa certa, que Deus seja glorificado. Pois pedimos isto no Nome do Teu Filho, o Senhor Jesus. Amém.

A Palavra Soa Totalmente Estranha Para a Mente Humana

Então se alguém não possuir a mente de Cristo para compreender a Sua Palavra, só o que lhe restará será interpretar com a sua própria mente, porém o fracasso disso será total, porque a Palavra de Deus soa estranha para alguém que ainda não possui a mente de Cristo, e a mente do homem só o que poderá fazer será poluí-La com todo o tipo de ismo.

Não Foi Assim Desde o Princípio (05/04/1959) § 10 [Sem tradução]

Deixe a Palavra de Deus da maneira como Ele A escreveu, sem particular interpretação, apenas fale por Ela mesma quando ninguém A poluiu. Leia-A; Creia-A. Ela pode parecer estranha, algumas de Suas citações. Mas Deus às vezes opera de maneiras misteriosas. Suas maravilhas para executar. Nós devemos crer nisso.

Na verdade a Palavra de Deus só parece estranha para quem não possui o Espírito Santo para lhe interpretar. Alguns tomam as palavras inspiradas de Paulo, por exemplo, onde ele disse: "Há um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo, homem", mas com suas mentes carnais conseguem ler assim: "Há um só mediador entre Deus e os homens, que é o próprio Deus, Jesus Cristo". E assim, eles poluem a Palavra ao lê-La com suas próprias mentes, colocando uma vaca pastando em cima de uma árvore.

Perguntas e Respostas (28/06/1959) § 16

Agora, nas Escrituras, sendo elas a infalível Palavra de Deus, eu creio que há somente uma coisa que pode - corretamente - interpretar a Escritura, que é o Espírito Santo. Eu creio que é o... E foi o Espírito Santo que escreveu as Escrituras, e disse que elas não são de nenhuma particular interpretação... Portanto, se Ele percorrer por todo o caminho através das Escrituras, deve ser o mesmo Espírito Santo então, por todo o caminho para interpretá-La. Mas agora, muitas pessoas em suas igrejas e suas crenças, possuem diferenças, algo pequeno em que se apegam e que pode ser apenas um pouco contrário. Se eles são, apenas faça como eu quando estou comendo torta de cereja; eu nunca como a semente. Quando eu toco em uma semente, eu simplesmente jogo a semente fora e continuo comendo a torta. Então é isso que você faz.

Agora, para o irmão Branham, as sementes ou caroços seriam aquilo que ele sabia que não passava de uma interpretação humana, e não algo que fosse revelado na Palavra. Porém, o problema é que qualquer um que ouvir a Palavra de Deus com uma mente carnal, A rejeitará pensando ser uma semente ou caroço, pois Ela sempre soa estranha para alguém que não teve a revelação.

Gafanhoto, Locusta, Lagarta e Pulgão (23/08/1959) § 68 [Sem tradução]

Nunca tente interpretar a Palavra de Deus. Diga apenas o que Ela diz e não importa como Ela é. Então, basta alinhar-se com Ela; Isso é tudo. Não mude a Palavra. A Bíblia diz que a Escritura não é de uma particular interpretação. Não temos o direito de dizer essas coisas; Nós apenas temos que ler e dizer exatamente como diz, e crer da mesma maneira. Não me importa quão ridícula Ela pareça; creia de qualquer maneira.

Na verdade a Palavra somente poderia parecer ridícula para alguém que tentasse apreendê-la com a mente humana, ao invés de com a mente de Cristo. Quando algum unicista da Mensagem discorda do que pregamos, ele o faz pensando ser ridículo tudo o que ouviu ou leu, sem saber que na verdade é a própria Palavra de Deus que está soando ridícula para ele.

É por isso que o irmão Branham falava da necessidade de termos uma atitude mental correta frente à Palavra, pois só assim poderíamos aceitar o que Ela diz, mesmo que não consigamos entender ou que não faça sentido, pois isso já seria um passo importante para que o mesmo que A escreveu possa nos revelar.

A Aliança de Abraão Confirmada (10/02/1961) § 26 [Sem tradução]

Você apenas precisa ir direto à Palavra; não... não... Não é de uma particular interpretação. Apenas leia do jeito que está escrito e creia do jeito que está escrito, e do jeito que você deveria crer. E se você não duvidar Dela, Ela produzirá tudo o que prometeu. Se você puder tomar a atitude mental correta que Deus A escreveu: "Deus disse Isto; a promessa é minha, eu creio", observe isto acontecer. Isso tem que acontecer.

Então veja que não há benefícios para aqueles que querem entender a Palavra com sua própria mente.

A Palavra de Deus é Interpretada Por Meio dos Profetas

Agora, assim como o Espírito Santo usou profetas para escrever a Sua Palavra, também pode usá-los para revelá-La para nós, de modo que quando você ouve a explicação dada por um profeta de Deus, é a interpretação de Deus mesmo que você estará ouvindo, pois ainda será o mesmo Deus que escreveu a Sua Palavra falando por um profeta. E como já dissemos, embora a Palavra não seja do profeta, ele tem a revelação do que lhe foi dado por Deus e pode com isso explicá-La, sem porém revelá-La, pois este profeta não será exatamente um intérprete da Palavra, mas será um veículo pelo qual o Intérprete, que é o Espírito Santo, usará para revelar algo de espiritual para os espirituais.

Sabedoria Versus Fé (01/04/1962) §§ 184-186

O que o diabo tentou fazer com a sabedoria? Fazer a Palavra de Deus dizer algo que Ela não disse. Isso mesmo. Ele tentou fazer a Palavra de Deus dizer algo que Ela não disse. Então é assim que acontece hoje, quando eles tentam fazer a Palavra de Deus dizer algo que Ela não diz. Bem, eles dizem: "Bem, eu lhe direi, irmão Branham, você não tem a interpretação correta". A Bíblia diz que "a profecia não é de particular interpretação". Por quê? Por que não é de uma particular interpretação? Por quê? "A palavra do Senhor veio aos profetas". É interpretada pelo profeta. (Ou seja, revelada pelo profeta) Não pode ser de uma particular interpretação. Os profetas já interpretam Ela para você. Aí está, escrito bem aí, certo ali. É assim que deveria ser.

Se os profetas interpretam a Palavra de Deus é porque a eles foi dado uma revelação divina de Sua Palavra, uma vez que era Deus mesmo no homem interpretando.

Deus Identificando-Se Pelas Suas Características (20/03/1964) § 87

Também lemos, em Segunda Pedro, que toda a Palavra de Deus foi escrita por eles. "O homem de outrora, movido pelo Espírito Santo, escreveu a Bíblia". Eles eram profetas. A Palavra vem para eles e eles escreveram isto, escreveram, sob inspiração. Primeiro eles foram identificados profetas, e depois eles - eles escreveram a Palavra de inspiração, e eles tiveram a interpretação da revelação Divina porque era Deus no homem.

Então vamos tomar um exemplo prático aqui sobre o que o irmão Branham está nos dizendo. Em Gênesis 1:26 lemos assim:

E disse Deus: Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança.

Agora, ele disse que um profeta pode interpretar a Escritura para você, e o irmão Branham nos interpretou essa Escritura:

Perguntas e Respostas Sobre Gênesis (29/07/1953) § 43

E então Ele fez esta pergunta agora: "Vamos (Quem? Pai e Filho) vamos fazer o homem à Nossa própria imagem".

Então veja que um profeta somente pode explicar a Palavra fielmente para você porque o Intérprete Dela lhe revelou, e a menos que alguém tenha o mesmo Espírito que está sobre aquele profeta, tudo soará estranho e ridículo para ele, tanto a Palavra quanto a Sua explicação. E há ministros nesta Mensagem que discordam dessa interpretação que o irmão Branham deu porque são negligentes para ouvir. Eles tentam arrazoar dizendo que o irmão Branham mudou o seu ensino, e isso está baseado numa má tradução feita pela Gravações "A Voz de Deus" para o sermão "Um Super Sinal".

Um Super Sinal (27/12/1959) §§ 76-77

Observe a Deus em Suas maneiras de operar. Quando Ele criou os céus e a terra, Ele ajuntou os Anjos, e Ele disse: "Façamos". Cada lugar na Escritura onde Ele fez qualquer coisa, na maioria das vezes: "Não Eu, mas Meu Pai".

Porém onde foi traduzido "façamos", na verdade o irmão Branham disse apenas "vamos" ("let us"), porque ele disse que os anjos estavam presentes quando Deus fez a criação, mas ele não estava com isso dizendo que Deus e os anjos fizeram a criação, porque ele não disse "façamos" ("let us make"). Quem me chamou a atenção para isso foi alguém que fala inglês, o irmão Brian Kocourek.

Essa tradução equivocada tem sido usada pelos ministros unicistas como a única prova disponível por eles - visto que não há mais nada semelhante a isso em todas as demais mensagens - de que o irmão Branham teria mudado a sua interpretação das Escrituras. Porém nada disso faz sentido algum, visto que em seguida ele disse que sempre quando Deus fez qualquer coisa o Filho dizia: "Não sou Eu que faço isso, mas Meu Pai". Isso porque Deus sempre usou o Seu Filho para criar, e não anjos, embora fosse Deus mesmo o verdadeiro e único criador. Se realmente o irmão Branham estivesse dizendo que no início da frase de que eram os anjos que estavam criando junto com Deus, o que ele deveria ter dito a seguir seria: "Não somos nós, mas nosso Pai Quem criou". Na verdade, os próprios anjos são criação de Deus e do Seu Filho.

Então aquela tradução errada cria um sonido incerto e faz de William Branham um mal intérprete da Palavra de Deus.

A Escritura Deve Interpretar a Escritura

Qualquer um que pense ser cheio do Espírito Santo, dirá que Deus lhe concedeu a interpretação correta da Sua Palavra, porém o irmão Branham disse que a melhor maneira de conferirmos isso, é vermos se a suposta interpretação não se contradiz com o restante das Escrituras, pois se cremos que a Bíblia é Deus mesmo na forma de escrita, então uma Escritura deve ser interpretada por uma outra.

Hebreus Capítulo Seis Nº. 2 (08/09/1957) § 243

Mas, agora, se nós nos humilharmos e formos sinceros, e realmente virmos para um propósito, isto é, aprender. Eu quero aprender também. E a Bíblia está escrita, disse: "É... As Escrituras não são de particular interpretação". Isso significa que as Escrituras devem interpretar as Escrituras. Vê? Cada Escritura deve interpretar a outra, o tempo todo através da Bíblia, para torná-la uma grande coisa. Porque, Deus não pode mudar, porque Ele é o Deus imutável.

Você não irá encontrar uma Escritura que contrarie a Si mesma em outra. Deus não deu uma Palavra para um profeta e depois uma outra Palavra diferente para o mesmo profeta ou para algum outro, porque Deus não muda. Então a Escritura sempre será interpretada por alguma outra, pois elas não entram em contradição, assim como os profetas de Deus também não se contradizem.

Então quando o irmão Branham usou a Escritura de Gênesis 1:26 para dizer que Deus usou o Seu Filho para a criação de todas as coisas, ele tinha mais Escrituras para interpretar dessa maneira, como a de Paulo aos efésios.

Efésios 3:9

E demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo.

E foi exatamente isso que o irmão Branham disse em vários outros sermões.

Jesus Sobre a Autoridade da Palavra (17/02/1954) § 67

Oh Deus, que criou os céus e a terra, criou todas as coisas por Jesus Cristo, o Filho de Deus.

Por Que Tinha Que Ser Pastores? (21/12/1964) § 11

Mui santo e gracioso Pai celestial, Deus Todo-Poderoso, Aquele que era desde o princípio, antes que houvesse uma estrela, ou um átomo, ou uma molécula... Tu fizeste todas as coisas por Jesus Cristo, Teu Filho. E tem nos dado todas as coisas gratuitamente Nele.

Fazei Tudo o Que Ele Vos Disser (22/07/1954) § 52

Pai misericordioso, que criou os céus e a terra, que trouxe todas as coisas por Jesus Cristo, Teu Filho, depois traz novamente, saúde, a esta pobre pequena mulher de pé aqui, desesperadamente em necessidade, precisa ter ajuda.

Águas da Separação (6/06/1955) § 54

Oh Deus eterno, que formou os céus e a terra, que fez todas as coisas por Jesus Cristo, a Quem amamos e apreciamos...

Como o Anjo Veio a Mim (09/11/1953) § 73 [Sem tradução]

Senhor Deus, que criou os céus e a terra, fez todas as coisas por Jesus Cristo, que está de pé presente agora para curar o enfermo e o aflito, eu rogo para que Tu cures este homem.

Quais São as Obras de Deus? (4/04/1959) § 48 [Sem tradução]

Vamos orar. Senhor, grande Deus dos céus e da terra, que fez todas as coisas por Jesus Cristo, Teu Filho, perdoe-nos, oh Senhor, de nossos pecados e de nossas deficiências.

O Profeta Eliseu (23/07/1954) § 73 [Sem tradução]

Mas ó Deus, que fez os céus e a terra, que criou todas as coisas por meio de Cristo Jesus, venho como Teu servo em uma oração de fé por este jovem, sabendo que agora mesmo, ele não pode ter fé para si mesmo por causa de suas condições.

Relato da Viagem à África (14/11/1953) § 80 [Sem tradução]

Nosso Pai celestial, que conhece todas as coisas, e fez todas as coisas por Jesus Cristo, eu oro para que Tu abençoes esta família, e que eles possam ser curados e ficar sãos para a Tua glória, em Nome de Jesus, eu oro. Amém.

Tempo de Colheita (12/12/1964) § 131

Ele fez todas as coisas por Jesus Cristo, e por Ele, e por Seu próprio agrado.

Não existe absolutamente nenhum sermão onde o irmão Branham tivesse dito que Deus criou todas as coisas por meio de Seus anjos, pois isso o tornaria um falso intérprete da Palavra de Deus.

William Branham Nunca Mudou Sua Doutrina

Porém nós temos na Mensagem pregadores que dizem que o irmão Branham cometeu erros no passado e que depois Deus os corrigiu. Outros têm usado inclusive o argumento de que às vezes era o William Branham homem pregando a Palavra de Deus, e outras vezes era Deus no irmão Branham que pregava. Então todas as vezes que eles se deparam com declarações que consideram estranhas e ridículas, eles simplesmente preferem usar o argumento de que há certas coisas que ele falou sobre a Divindade que estavam erradas, porque ali seria o William Branham homem falando. Mas a verdade é que eles não estão aceitando que o irmão Branham tinha a interpretação da revelação divina da Palavra, porque ele disse que durante todo o seu ministério jamais precisou corrigir algo que ele ensinou das Escrituras.

Contagem Regressiva (9/09/1962) § 11

Então eu, nestes trinta - por estes trinta e dois anos de ministério, eu tenho tentado ficar fiel à Palavra. Eu não sei de nada que eu alguma vez tivesse que alterar, porque eu somente li isto da Bíblia, DISSE SOMENTE O QUE A BÍBLIA DIZ. E deixo isto ir desta maneira. Então eu não tenho tido que voltar ou reajustar, porque EU SIMPLESMENTE DIGO ISTO DA MANEIRA QUE A BÍBLIA O DIZ.

A Semente Não é Herdeira Com a Palha (18/02/1965) § 26

Eu nunca mudei nenhum iota em minha Doutrina. A primeira coisa com que eu comecei, eu ainda creio na mesma coisa esta noite.

Você pode querer reajustar o que o irmão Branham disse com uma tradução diferente, mas ainda assim, isso não mudará o que ele falou ou ensinou.

Estão Fazendo de William Branham Um Anátema

Portanto o irmão Branham não poderia ter recebido uma revelação e depois Deus lhe dar uma outra revelação diferente. O que Deus pode fazer é acrescentar mais revelação ao Seu profeta, porém nada do que Ele irá lhe acrescentar a mais poderá alterar o que já foi revelado anteriormente. Quando os unicistas da Mensagem dizem que o irmão Branham acrescentou algo que alterasse a sua interpretação doutrinária, então eles o tornam um profeta anátema.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja pág. 66

Foram os apóstolos que trouxeram a Palavra original ao povo. Essa Palavra original não podia mudar, nem mesmo um ponto ou traço dela. Paulo sabia que era Deus Quem lhe falara, por isso disse: "Se eu mesmo chegar e procurar dar uma segunda revelação, procurar fazer uma pequena mudança naquilo que dei originalmente, que eu seja anátema." (Ora, então se alguns nessa Mensagem estão tentando dizer que o irmão Branham teve que mudar o seu ensino original sobre a Divindade e dar uma segunda revelação - porque a anterior que ele tinha estava errada - então eles estão fazendo de William Branham um anátema, pois era o que ele seria, se tivesse mudado o seu ensino) Veja, Paulo sabia que a primeira revelação era a correta. Deus não pode dar uma primeira revelação, e depois uma segunda revelação. (Mas acredite, é isso que alguns ministros nessa Mensagem estão sugerindo que Deus fez ao Seu profeta) Se o fizesse, Ele estaria mudando Sua mente. Ele pode dar uma revelação e depois acrescentar a ela, como fez no Jardim do Éden, quando Ele prometeu a Semente à mulher, e então mais tarde especificou que aquela Semente teria de vir através de Abraão, e depois mais tarde disse que viria através da mesma linhagem de Davi. Mas era a mesma revelação. Aquilo somente dava mais informação às pessoas para ajudá-las a recebê-la e compreendê-la. Porém a Palavra de Deus não pode mudar. A Semente veio exatamente como foi revelado. Aleluia. E veja o que aqueles falsos profetas estavam fazendo. Eles vieram com sua própria palavra. Aqueles efésios conheciam aquela Palavra como Paulo a tinha ensinado. Eles estavam cheios do Espírito Santo pela imposição das mãos de Paulo. Eles olharam aqueles falsos apóstolos nos olhos e disseram: "Vocês não estão dizendo o que Paulo disse. Portanto, vocês são falsos." Oh, isso incendeia meu coração. Volte à Palavra! Não é você que realmente põe à prova o apóstolo, e profeta e mestre, É A PALAVRA QUE OS PÕE À PROVA.

O Profeta de Deus Dá a Interpretação Divina da Palavra

A Escritura interpreta a própria Escritura. Portanto, por mais estranha que pareça para alguém, as Escrituras devem ser aceitas da maneira como elas foram escritas, bem como a interpretação que Deus fornece sobre Elas por meio de Seus profetas.

Os Sinais da Sua Vinda (07/04/1962) § 23 [Sem tradução]

"No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus. E a Palavra se manifestou, habitada entre nós". Bem aqui, entre nós, a Palavra de Deus, a Semente Falada, do próprio jardim do Éden, quando "cada semente produzirá segundo a sua espécie". Isso mesmo. Quando Eva se tornou pervertida, e escutou uma mentira do diabo, e aceitou uma semente errada no ventre de sua alma para crer em uma palavra torcida... Não queira torcer qualquer Palavra de Deus. Diga exatamente o que a Bíblia diz. (E isso deveria valer para os sermões do irmão Branham) A Bíblia disse que isso - que nenhuma profecia é de qualquer particular interpretação. Por quê? A profecia foi dada pelos profetas e a Palavra do Senhor veio aos profetas. Eles interpretam do jeito que era. Então não há discussão com isso.

E foi exatamente isso que William Branham fez, pois como um profeta de Deus, tinha a interpretação divina da Palavra de Deus, portanto não se deveria atribuir a ele nenhum erro doutrinário que o fizesse sustentar uma revelação errada.

A Era da Igreja de Tiatira (08/12/1960) §§ 84-85 [Sem tradução]

Agora, veja, a igreja católica não permite que o seu povo leia a Bíblia porque eles dizem que o sacerdote é o único que pode divinamente revelar essa Palavra. Bem, essa é a verdadeira interpretação de um profeta. Um profeta tem a interpretação divina da Palavra de Deus. Isso é exatamente certo. Como uma pessoa pode chamar alguém, alguém de "um profeta" e depois dizer "eles têm a revelação errada"? É tão bom quanto a filiação eterna novamente, veja. Vê? Veja, é - é o... Um profeta significa "o revelador, aquele a quem a Palavra do Senhor veio, a revelação veio a ele". A palavra "profeta" significa "um revelador da Palavra Divina".

Sendo o irmão Branham um profeta vindicado por Deus, isso significa que ele possuía a verdadeira interpretação da revelação de Jesus Cristo para a Noiva do tempo do fim.

É Este o Sinal do Fim, Senhores? (30/12/1962) § 312

Mas terá que ser um profeta liderado por Deus, pois a Palavra de Deus virá a ele, com a verdadeira interpretação da revelação de Jesus Cristo. Então, é assim - tem que ser assim. Deus nos ajude!

A Interpretação Particular Gera Morte

Portanto nada deveria ser alterado, tanto na Bíblia como o que está nas fitas, mesmo com uma tradução, pois isso resultaria em uma interpretação particular e errada da Palavra de Deus, o que gera morte e separação, da mesma forma como foi no Jardim do Éden.

Companheirismo (19/05/1962) § 23

Portanto, qualquer credo, qualquer coisa que possa acrescentar alguma coisa à Palavra de Deus, ou tirar qualquer coisa Dela, é morte fazê-lo, como foi para Eva no princípio. É uma pena de morte tirar ou acrescentar. Apenas aceite-A da maneira como Ela diz. A Bíblia diz: "Não é de particular interpretação". Já está interpretada. Apenas leia-A e creia-A. Deus vela por Sua Palavra para cumpri-La. Portanto, é a Sua Palavra, o que temos que suportar.

Deus Ocultando-Se em Simplicidade Então Revelando-Se na Mesma (17/03/1963) §§ 257-259

A Bíblia nunca mudou. A Bíblia é sempre a mesma. É por isso que digo: "A Escritura disse, e eu fico com Isso: 'A Bíblia não é de particular interpretação'." Assim, metodistas, batistas, pentecostais, (E hoje nós deveríamos incluir nessa lista do irmão Branham o próprio povo da Mensagem) não tentem pôr sua própria interpretação Nela, e dizer: "Ela não quer dizer Aquilo. Ela quer dizer isto." Ela quer dizer exatamente o que disse, exatamente. Alguém disse: "Como pode?" Não sei como. Não cabe a mim dizer isso. Cabe a Deus cuidar disso. Ele é Aquele que disse isto, não eu, veja, e Ele cuidará do que é Dele.

Muitos intérpretes, mas só há um intérprete, que é Deus mesmo.

O Cristo identificado de Todas as Eras (17/06/1964) §§ 43-44

Hoje, temos tantas pessoas dizendo: "Bem, nós, como fulano de tal modo, nós cremos que isto é assim". O outro grupo diz: "Nós, como o fulano de tal, cremos que é assim". Veja, você tem tantas interpretações! Deus não precisa de nenhum intérprete. Ele interpreta a Sua própria Palavra. A Bíblia diz: "Não é de uma particular interpretação". Deus revela, Ele mesmo.

Foi William Branham um intérprete privado da Palavra? Não, mas Deus usou o irmão Branham para revelar a Sua interpretação, porque ele era um profeta vindicado por Deus para isso, mas foi dito que o diabo enviaria os seus anjos, os bodes Judas para fazer o povo de Deus presumir sobre a Palavra.

Presumindo (10/06/1962) § 89

Ele disse que nos últimos dias seria... que o diabo enviaria os seus ministros em anjos de luz, tentando trazer algo novo, algo mais popular, algo mais educado. Você não crê? Isso é o que Eva fez e ficou em apuros. Fique com a Palavra. Amém. Não presuma; aceite a Palavra de Deus. Eva presumiu que estava tudo bem. "Deus é um Deus bom. Você sabe que Ele não faria... Certamente o Senhor não fará isso, ou fará aquilo". Mas Deus havia prometido isso. Deus tinha que fazer isso. Era dever de Deus fazer isso. Agora, não presuma; apenas creia.

Então apenas aceite a Palavra como Ela é, e as promessas que Nela estão contidas se tornarão uma realidade para você.

Nota: A observação "[Sem tradução]" que colocamos ao lado de cada parágrafo, refere-se aos sermões do irmão Branham usados neste estudo, e que até o momento em que foi preparado, ainda não havia sido encontrada nenhuma tradução para o português.