Deus Identificando a Sua Igreja

15/01/2017

Deus Identificando a Sua Igreja

15 de janeiro de 2017

Francisco Morato-SP

Diógenes Dornelles

2 Timóteo 2:19

Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que Lhe pertencem. E mais: aparte-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor.

O contexto dessa passagem mostra que Paulo se mostrava um pouco preocupado com alguns que professavam a fé cristã e que acabavam por fim se desviando da Palavra. Porém o consolo que ele dava para as igrejas era de que apesar das apostasias, o fundamento da igreja que Deus tinha estabelecido permanecia firme e inabalável. O fato de alguns deixarem de ser o que eles alegavam ser, não interferia na Palavra de Deus que continuava sendo o que Ela era, apesar de tudo. Os fundamentos da igreja continuavam firmes e sólidos, que estava edificada sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo Jesus Cristo a principal pedra angular. Enquanto esse fundamento se mantivesse firme, não havia motivo para se preocupar com os poucos casos de abandono da fé que tinham ocorrido.

O Selo do Fundamento

Era comum vermos nas Escrituras a Igreja sendo comparada a um edifício em construção, e o selo a que o apóstolo Paulo se refere trata-se de uma espécie de inscrição que era colocada junto à pedra fundamental quando o edifício era construído, que funcionava como uma marca de autenticidade. Nessa inscrição geralmente era colocado o nome do construtor e um desenho da planta do edifício. Então Paulo usa todas essas referências e diz: "Deus está edificando uma Igreja em Seu Nome sobre o fundamento doutrinário dos Seus apóstolos e profetas com a seguinte inscrição: "Eu sei quem realmente pertence a esse edifício'." Então o que Paulo está nos dizendo é que apesar de alguns fingirem ser cristãos ninguém pode enganar a Deus, pois Ele sabe identificar aqueles que realmente levam o Seu nome e o Seu Espírito. Deus está intimamente familiarizado com todos os que entram nesse edifício. Na rebelião de Coré, Datã e Abirão Moisés lhes disse: "Amanhã o Senhor fará saber quem é Dele e quem Ele escolheu para estar em Sua Presença". Deus sempre identifica os Seus filhos.

Então Paulo diz que há duas inscrições neste selo. Na primeira inscrição do selo está Deus identificando a Si mesmo e aos que Lhe pertencem, e a outra inscrição deste selo é um alerta para que os Seus santos se afastem do mal. Este é um princípio elementar da verdadeira igreja, em que todos os que se tornam membros dela devem levar vidas santas, e evitar os que tentam afastar outros da verdadeira fé.

O Perigo do Falso Fundamento

O apóstolo Paulo estava sempre preocupado em tornar Cristo conhecido para todos, não somente pelo Evangelho que ele pregava, mas também pelo seu próprio testemunho de vida. Mas ele sabia que não poderia haver nenhuma identificação de Cristo com alguém que não estivesse disposto a aceitar somente o seu evangelho, ao invés de um outro, pois isso também seria o equivalente a estar aceitando a um outro Cristo e um outro fundamento, porém sem um selo de autenticidade.

Gálatas 1:6-9

Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém (Não faz diferença quem seja, se alguém do ministério quíntuplo ou um leigo) vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.

Veja que a transição que Paulo menciona aqui é da fé no Evangelho de Cristo para uma outra forma de Evangelho. Em outras palavras, daquilo que é a Palavra de Deus para alguma outra coisa parecida. Esta palavra "outro" que Paulo usou, como mencionamos em outra ocasião, foi traduzido da palavra grega "heteros" que significa "de natureza diferente". Então eles se afastam da Pessoa de Cristo para uma outra natureza. Não é da natureza de um verdadeiro cristão afastar-se do Autor e consumador da sua fé para depois abraçar a uma outra doutrina.

Paulo nos adverte aqui que não importa o quão próximo possa estar; qualquer variação é perversão da mesma maneira e portanto está fora da Palavra, e isso é o reino de Satanás. Nós já dissemos que os gálatas haviam recebido a correta doutrina pessoalmente da parte do apóstolo Paulo que lhes instruiu. Mas quando aquela igreja rejeitou a sua mensagem para abraçar uma doutrina de regras e ordenanças, isso provou que aqueles que renunciaram a sã doutrina, apenas a haviam recebido intelectualmente, sem ter entrado em seus corações e sido revelado pelo Espírito. Isso porque a revelação era uma parte que somente Deus mesmo poderia fazer. Paulo só pôde mostrar a doutrina e mais nada; ele não pôde revelá-la, da mesma forma que Deus somente pôde mostrar para Caim qual era o sacrifício correto a ser aceito por Ele, mas Deus não pôde revelar a Caim o porquê disso. E se Deus não revela a todos, não é porque Lhe faltou poder para isso, mas Ele somente pode abrir o entendimento da Sua Palavra para aqueles que são uma parte de Seus atributos desde o início. Moisés disse que o que impediu de Israel obedecer a Palavra durante o tempo em que estiveram no deserto, foi porque Ele mesmo não lhes havia dado um coração para entender, olhos para ver e ouvidos para ouvir, e isso Deus só dá para aqueles a quem Ele quer dar, e nada tem a ver com o desejo do crente, pois é Deus mesmo Quem opera o querer e o realizar.

Mateus 11:27

Todas as coisas Me foram entregues por Meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai; e ninguém conhece o Pai, senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.

Esse "querer" foi traduzido da palavra grega "boulomai" ("βουλ ομαι") que quer dizer "vontade", "querer deliberadamente", "ter um propósito", "estar disposto". Então cabe ao Senhor mesmo abrir a Sua Palavra para aqueles a quem Ele quer.

Depois quando Paulo diz no versículo 7 que aquele Evangelho não era "outro", ele não usou a mesma palavra grega "heteros". Aqui Paulo usou uma outra expressão diferente, que foi "allos" que pode ter o sentido de algo que seja completamente diferente. Então Paulo disse que os gálatas estavam dando atenção a uma mensagem ou doutrina que não era muito diferente, que era parecida com a verdadeira. Então Paulo diz que eles se afastaram de uma doutrina que era de uma natureza diferente, porém que não era uma doutrina completamente diferente, pois ela possuía apenas algumas variações, mas o suficiente para não tornar igual ao que eles haviam originalmente recebido. O que os gálatas receberam foi uma perversão da verdadeira.

A Mensagem Sendo Transmutada

Há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.

Outras traduções dizem "perverter", que foi traduzido da palavra "metastrepho" ("με ταστ ρεφω") que significa "transmutar", e transmutar algo significa mudar a sua natureza de uma coisa para outra, mudar de uma natureza, essência, forma, ou condição para outra, significa transformar.

Então Paulo estava falando de uma mensagem que estava sendo transformada de sua natureza original para a natureza de algo que muda completamente o seu sentido e objetivo. Isso aconteceu com a Mensagem do primeiro mensageiro da igreja, e implacavelmente vemos isso se repetir agora com a Mensagem do último mensageiro. O resultado é que hoje temos uma Mensagem sendo pregada nos tabernáculos que não difere da maioria das igrejas pentecostais unicistas, salvo algumas variantes. A Mensagem ou a Boa Notícia trazida a nós pelo irmão Branham e que foi a mesma pregada por Paulo foi pervertida por alguns em algo com uma natureza diferente daquela que ele trouxe para nós. Então assim como Paulo viu isso acontecer no ministério Alfa de Cristo, agora neste ministério Omega vemos a mesma coisa se repetir.

Paulo sustentou este mesmo alerta também em 2 Coríntios 11:1-4

Quisera eu me suportásseis um pouco na minha loucura! Suportai-me, porém, ainda. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo. Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo. Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus (do grego "allos" que significa "completamente diferente") que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito (do grego "heteros" que significa "de natureza diferente", uma outra espécie de espírito, uma outra classe de unção) que não recebestes, ou outro evangelho (outra vez "heteros") que não abraçastes, com razão o sofrereis.

Então Paulo estava preocupado que um evangelho pervertido estivesse sendo pregado para mudar o caminho da igreja e que mudaria para um Jesus completamente diferente, e trazendo com isso uma natureza pervertida. E assim como Paulo disse que eles não estavam apontando as pessoas para Cristo, mas para alguma doutrina ou alguma tradição de homens, o irmão Branham temia que hoje algo muito parecido estivesse sendo feito.

Ao Nascer do Sol (18/04/1965) § 12

Tenho receio hoje que muitos de nós não estejam levando as pessoas para Cristo. Estamos levando elas para uma igreja, para uma teoria, mas nós temos de levá-las para Cristo. Ele é o Único que tem a vida.

Ecoando a Vida Eterna

Quando você crê na mesma fé e na mesma doutrina, sua própria vida terá que refletir exatamente o que essa fé é.

1 João 5:10-13

Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem (ecoa) o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso O fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de Seu Filho deu. (Se alguém crê em uma doutrina que lhe ensina a negar que Deus enviou o Seu Filho, ele estará fazendo de Deus um mentiroso) E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em Seu Filho. Quem tem o Filho (ecoa) tem a vida (ecoa a Vida do Filho em si mesmo); quem não tem o Filho de Deus (não ecoa) não tem a vida (não ecoa). Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna (tem ecoado a Vida eterna. Mesmo nessa dimensão terrena, a vida de um cristão pode dar sinais de eternidade), e para que creiais no nome do Filho de Deus.

Em outras palavras, João está nos dizendo a mesma coisa que Paulo e o irmão Branham disseram. Que se você realmente está falando um verdadeiro Evangelho e apontando para o verdadeiro Cristo, então você vai ecoar a Sua Vida, e se você não estiver ecoando isso, então você não estará ecoando a Sua vida. E se você não estiver ecoando a Sua Vida, que vida você está ecoando?

Recebendo a Influência de Outros Espíritos

O irmão Branham disse que tudo é conduzido por influência de espíritos. Há um espírito por trás de todas as coisas. Se não estivermos identificados com aquilo que o Espírito de Cristo nos ensina, um outro espírito assumirá o Seu lugar para nos influenciar.

Portas na Porta (06/02/1965) § 209

Se você disser que tem o Espírito Santo, e a Bíblia diz uma determinada coisa para fazer, e você diz: "Oh, eu não creio nisso". Apenas lembre-se, esse espírito em você não é o Espírito Santo, porque Ele não pode negar a Si mesmo. Isso mesmo. Ele não pode negar a Si mesmo. Ele escreveu a Palavra, e Ele A observa para cumpri-La. Vê? Então não é o [Espírito] Santo... É um espírito, tudo bem. Pode ser um espírito da igreja. Pode ser o espírito do pastor. Pode ser o espírito do mundo. Pode ser. Eu não sei o que é, mas seja o que for, pode ser um espírito denominacional.

Então veja que é assim como todos esses espíritos denominacionais entram. Uma ou duas pessoas se reúnem e eles recebem uma ideia que é contrária à Palavra e eles seguem com ela e então os outros ouvem e recebem esse mesmo espírito sobre eles e depois seguem em frente.

Deus Guarda a Sua Palavra (15/01/1957) § 27 [sem tradução]

Eu já entrei em igrejas muitas vezes. Só para você obter um pequeno quadro geral. E eu fui a igrejas, e você observa isto. Entre em uma igreja e você geralmente descobrirá que a maneira que o pastor age, é assim que a congregação vai agir. Vê? Eu creio que eles conseguem o espírito um do outro ao invés vez do Espírito Santo, às vezes. Bem, isso é possível. Absolutamente. Tome uma mulher verdadeiramente boa e case-a com um homem inútil, ele vai se tornar um cavalheiro ou ela vai se tornar uma inútil. Vê? Você simplesmente recebe o espírito um do outro. Você recebe. Diga-me com quem andas e te direi quem és. ("Birds of a feather flock together.") E você é um ser espiritual. Isso é o que importa.

Cinco dias depois ele diz a mesma coisa em uma outra congregação.

Deus Guarda a Sua Palavra (20/01/1957) § 80 [sem tradução]

Eu fui às igrejas, e digo isto com reverência agora. Eu acho que muitas vezes nas igrejas, eu creio que as pessoas recebem o espírito um do outro ao invés do Espírito Santo. Entre em uma igreja e preste atenção onde o pastor talvez meche a cabeça, toda a congregação o fará. Você vai para a igreja onde o pastor diz que ele tem óleo correndo de suas mãos. A primeira coisa que você sabe, todo o grupo crê nisso, e eles têm isso. Vá para uma igreja onde há muita dança e pulos e correndo por aí. Não estou condenando essas coisas; estou apenas falando de uma observação para apresentar um ponto para você. Se você conseguir um pastor muito emotivo, toda a congregação será emotiva. Consiga um pastor que seja duro e rígido, e toda a congregação será dura e rígida. Eu creio que você recebe o espírito um do outro.

E da mesma maneira, está cada vez mais fácil nos dias de hoje os cristãos receberem influências externas de modo que isso pode comprometer a sua própria identificação com Cristo.

Escolhendo Uma Noiva (29/04/1965) §§ 52

O mesmo se aplica ao escolher uma igreja. Agora, você deve orar acerca da igreja onde está tendo companheirismo. Lembre-se, igrejas contêm espírito. Agora, eu não quero ser crítico. Porém compreendo que sou um homem velho, e que tenho de partir daqui, um destes dias. Eu tenho de responder no Dia do Juízo pelo que digo esta noite ou em qualquer outra ocasião. E, portanto, tenho de ser absolutamente sério e estar verdadeiramente convicto. Entretanto, se você entrar numa igreja, e se observar o comportamento dessa igreja, apenas observe o pastor por algum tempo, e você comumente descobrirá que a igreja age como o pastor. Algumas vezes me pergunto se nós simplesmente não recebemos o espírito uns dos outros ao invés do Espírito Santo. Vá a algum lugar onde o pastor é realmente radical e se comporta assim, você descobrirá que a congregação é do mesmo jeito. Eu o levo a uma igreja onde vejo o pastor ficar de pé, sacudir a cabeça para trás e para frente. Observe a congregação, eles fazem a mesma coisa. Considere um pastor, que simplesmente engula qualquer coisa, comumente a igreja fará a mesma coisa. Assim, se eu estivesse escolhendo uma igreja, eu escolheria uma genuína igreja bíblica fundamental do Evangelho Completo, se estivesse escolhendo uma em que colocar a minha família.

Porém nós sabemos que estes espíritos de incredulidade não são novos espíritos, mas são exatamente os mesmos velhos espíritos que desafiaram ao Senhor Jesus e a Sua doutrina em Seus dias, porque são todos espíritos religiosos.

Deus Testificando dos Seus Dons (13/07/1952) § 51 [sem tradução]

Aqueles espíritos que estavam sobre os fariseus e sobre os saduceus, e sobre aquelas pessoas naqueles dias, nós percebemos que aqueles espíritos ainda são espíritos religiosos, e eles vivem na humanidade hoje.

E o irmão Branham também disse que os espíritos saem facilmente de uma pessoa para outra.

Credes Agora? (06/12/1953) § 62 [sem tradução]

Agora, se houver um crítico por perto, agora, ou um incrédulo, eu não serei responsável por essa pessoa daqui em diante (vê?). Pois que se saiba que os espíritos imundos saem das pessoas. Eles vão de um para o outro. Quantos sabem disso? A Bíblia ensina isso. Agora, quantos estiveram em minhas reuniões e viram isso acontecer, onde uma epilepsia deixou alguém e simplesmente rasgou toda uma congregação assim? Isso é verdade. Vê? Quantos estiveram em minhas reuniões e viram essas coisas acontecerem quando espíritos imundos saem de um para outro?

A Fé no Filho de Deus (15/07/1952) § 42 [sem tradução]

Aquele homem que vivia com - em adultério, na impureza e em tudo assim. Os espíritos imundos os fazem fazer coisas impuras. Cada um deles...

Portanto, pregue a Cristo e as pessoas buscarão a Cristo, então eles agirão como Cristo e falarão como Cristo e viverão como Cristo. É isso que o irmão Branham ensinava e era exatamente isso que o apóstolo Paulo disse. Eles deixaram Cristo pela teologia e outras coisas.

Ao Nascer do Sol (18/04/1965) §§ 69-70

Se o seu espírito que está em você está considerado morto, (refere-se ao nosso "eu", com nossas próprias ideias, parecer, crenças) e você está ungido com a vida que estava em Cristo, está sobre você... Romanos 8:11 diz: "Se o Espírito que ressuscitou Cristo dentre os mortos habita em vós, Ele também vivificará vossos corpos mortais", aquela mesma Vida, os mesmos poderes, os mesmos beneficiários, que Ele tinha aqui na terra de Deus. Ele redimiu você, uma semente que foi conhecida por Deus, cujos nomes foram colocados no Livro da vida do Cordeiro antes da fundação do mundo. E essa Luz do Evangelho da ressurreição, a confirmação da Palavra. (Veja que Deus sempre reconhece qual é a Sua semente, e Ele entra em contato com ela trazendo a Luz da Sua Palavra) Como é que nós soubemos que Ele era o Cristo? Porque Ele provou o que Ele falou. Como conhecerei a Mensagem da hora? Deus prova que Ele prometeu e Ele fala sobre isso.

Cristo Se Identificando em Você

Então o que torna alguém um cristão é ter o Espírito de Cristo Se identificando com o crente e não o contrário, pois quando alguém tenta se identificar ou imitar a Vida de Cristo sem tê-La, a imitação dessa Vida pode não durar por muito tempo.

Cristo é o Mistério de Deus Revelado (27/07/1963) §§ 136-139

Porém a única maneira pela qual você pode realmente ser um cristão é Cristo Se identificar em você. (Não é você se identificando com Cristo, mas Ele Se identificando com você dizendo: "Este é como Eu". Não é você dizer: "Eu quero ser salvo", mas Cristo mesmo dizendo: "Eu quero salvá-lo e Me revelar a ele") (...) Você diz: "Eu sou pentecostal." Isso não significa nada. É Cristo identificado em você. Assim é quando Ele tem reconhecido você. Você diz: "Eu falei em línguas." Os demônios também falam em línguas. "Eu gritei." Os maometanos, budistas, todos gritam. Os índios berram na dança da cobra. Vê? Com certeza. Todos eles fazem isso. Seitas, clãs, e tudo mais, berram e vociferam. Eles vociferam e gritam em um jogo de beisebol. Mas quando Cristo está identificado em você, identificando a Si mesmo, então você é semelhante a Cristo. (Veja o quão diferente isso é de o crente buscar se identificar com Cristo. Ele só será um cristão se Cristo mesmo fizer dele um cristão. Ninguém pode se fazer cristão sozinho) Pois a palavra "cristão" significa ser "semelhante a Cristo." Aí está a sua identificação. Correto. Agora, desde que Ele é a nossa identificação, então nós deveríamos estar identificados com Ele, vivendo para Ele.

Recentemente uma irmã leu um artigo que eu havia publicado no site tratando de algumas profecias que foram dadas e que se cumpriram com o ministério do irmão Branham, e ela lamentava de Deus hoje não Se manifestar mais entre as pessoas como antes, como no avivamento de Gales, por exemplo. Eu lhe disse que além do povo quase não conseguir ouvir a Voz de Deus por conta de tantas outras vozes diferentes que aparecem para entorpecer os sentidos dos crentes, ainda existe o problema de Deus mesmo já não encontrar crentes com os quais Ele possa Se revelar e falar. Deus quase não tem encontrado pessoas com os quais Ele possa Se identificar. Muitos querem se identificar com Ele, mas sem abrir mão do seu "eu", e de fazer morrer o seu espírito humano. Aqueles que desejam se identificar como sendo um cristão com uma doutrina inventada, estará por conta própria, porque Deus não pode vindicar uma palavra que não seja Dele.

Amnésia Espiritual (11/04/1964) §§ 78-79

Você deve ser identificado. Em algum lugar você deve mostrar, sua vida mostra, esta noite, onde você está identificado. Você está identificado em Cristo ou fora de Cristo. (Veja, você não pode ter mais que uma identificação) Você não está na metade. Não há tal coisa como um homem sóbrio e bêbado. Não há pássaro branco preto. Você é um salvo ou você não é salvo. Você é um santo ou um pecador, um ou outro. E a sua atitude espiritual para com a Palavra de Deus identifica-o exatamente onde você está parado. (Você crê no Evangelho de Cristo ou em outro evangelho criado por outros ou mesmo por você?) A Palavra de Deus vindicou, provou, que o batismo do Espírito Santo é exatamente o mesmo como sempre foi no dia de Pentecostes, ou em qualquer outro momento. E Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

Jesus Buscou Identificar-Se Somente Com Seu Pai

Jesus Se preocupava em tornar o Seu Pai conhecido, pois Ele sabia que não era Ele Quem fazia as obras, mas o Pai que estava Nele. Portanto Jesus não Se identificava a Si mesmo, embora Ele pudesse fazer isso.

A Fé Sem Obras é Morta (22/08/1950) § 46 [sem tradução]

Agora, Jesus podia Se identificar. Ele não identificou a Si mesmo, mas a Seu Pai: "...É o Pai que faz as obras".

Mas veja que João disse que foi Deus mesmo Quem Se identificou ao Seu Filho.

1 João 5:10

Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. (Se refere a Deus testificando de Seu Filho) Aquele que não dá crédito a Deus O faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca de Seu filho.

João disse que Deus mesmo deu testemunho de Seu Filho, em outras palavras, O identificou como sendo o Seu Filho. E isso só foi possível porque Jesus nunca esteve preocupado em dar a conhecer a Si mesmo, mas somente ao Seu Pai. Jesus tinha uma identidade, uma vontade, mas Ele abriu mão do Seu "Eu" de tal maneira que tudo que Ele queria era que o Seu Pai Se identificasse por meio Dele. E esse deveria ser o desejo de todo o cristão, porque você já entendeu que é Deus mesmo Quem identifica aqueles que são Seus filhos, portanto é Deus mesmo que os torna cristãos. É somente assim que um cristão pode se identificar como tal, que é quando ele deixa a Vida de Cristo viver nele de tal modo que o próprio Cristo Se identifica nele.

Deus Se Identifica Com os Que Andam Com Ele

Deus sempre Se identificou com aqueles que estiveram dispostos a andar com Ele suportando as labutas e ciladas da vida para que eles pudessem ser uma honra para Deus. Assim viveram, por exemplo, os crentes da era de Sardes.

Apocalipse 3:4

Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram suas vestes, e Comigo andarão de branco; porquanto são dignas disso.

Veja que há uma recompensa para os que têm suas vidas identificadas em e por Cristo. Vamos ver como o irmão Branham explicou essa passagem da Bíblia no seu livro das eras.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja, pág. 235

"E Comigo andarão." É isso o que Deus diz que concederá a eles por este andar correto. Essa é parte de sua herança que Ele reservou para eles. Se estavam dispostos a andar com Ele através das labutas e ciladas da vida e ser uma honra para Ele, Ele ia recompensá-los. Ele não esquece do nosso trabalho de amor. Deus sempre nos recompensará por nossos esforços em agradá-Lo. Sim, eles andaram através do mundo e não participaram dele. (Embora você seja um estrangeiro em terra estranha, você não pode viver alheio às coisas do mundo. Você pode ficar a par das notícias do mundo, dos seus desastres, suas crises, suas comemorações, porém você não pode se deixar influenciar por nada disso. Você não pode aceitar nenhuma influência sobre a tua vida que não seja a do Espírito Santo) Eles não deixaram que os sistemas mundiais os vencessem. Quando os nomes ilustres daquela era renderam-se à lisonja do estado e escolheram a mentalidade política em vez da mentalidade espiritual e continuaram o seu caminho de volta ao mundo, estes poucos defenderam a Palavra de Deus e assim honraram o Senhor. Agora em retribuição, Ele os honraria. Porque eles andarão com Ele de branco. Eles se identificaram com Ele na terra e agora Ele Se identificaria com eles na Nova Jerusalém. E quão maravilhosa será essa identificação! Faz-me regozijar e todavia me faz chorar pensar em Sua complacência, porque você notará que Ele não está vestido de outra cor diferente dos santos, como os líderes terrenos o fariam. Não, eles são como Ele. Ele é como eles. Eles são como Ele, assim como João disse: porque "Assim como é O vêem."

Deus no Homem

Quando um crente na Palavra de Deus está morto para si mesmo, e vazio de seus próprios pensamentos acerca de Deus e da doutrina, o Espírito Santo começa a regar ou vivificar a Palavra que foi recebida, e a Vida-germe que está no eleito faz com que a Vida de Cristo Se manifeste ao ponto em que a sua identificação não é mais de um homem, mas de Deus no homem.

A Palavra Falada é a Semente Original 1 (18/03/1962) § 196

Quando Deus e Sua Palavra se tornam um (Aleluia.), isso... quando o Espírito de Deus rega a semente de Deus, a Palavra de Deus, Ela produz Deus, e não é o indivíduo. É Deus. Por quê? Você está morto. Não é mais você mesmo. Considere-se morto, vazio, esperando pela Semente-Germe. Então o que é? Não é mais você; não é o homem, é Deus no homem. É a Semente-Germe, como o princípio, a Palavra falada. É a Palavra de Deus manifestada no homem. (Você precisa entender que o irmão Branham não está se baseando em teorias, mas na sua própria experiência com a Palavra de Deus) Então não é o homem; é um homem que está morto. Ele não pode ser um híbrido e um filho ao mesmo tempo. Ou ele é um filho da morte ou um filho da Vida. Então se ele é um filho da morte, entregue-o ao diabo e deixe-o matá-lo... Entregue a Deus, quero dizer, e deixe-O matar o diabo que está em você, (a lei do pecado que está em nossos membros) o aniquile, esvazie você. Depois deixe Deus plantar Sua própria Vida em você, então não é mais você; é a Vida de Deus, porque é a Palavra de Deus regada pelo Espírito Santo que produzirá a mesma coisa.

Vejamos o que o irmão Brian disse sobre essa Semente-Germe que Deus colocou em Seus filhos:

Por predestinação, recebemos uma semente, um germe de vida, uma semente genética, e através da unção do Espírito Santo sobre nossa semente genética, somos vivificados e manifestamos a própria Vida de Deus no próprio DNA que estava predestinado em nós antes da fundação do mundo. E através da relação experimental com Aquele que revela, nos tornamos um com a interpretação da Revelação, tornando-nos um em manifestação. Então, quando Cristo Se torna o foco de nossa vida, entramos em Sua Palavra manifestada que nos leva a uma união com Ela, e como a interpretação é a manifestação do nome de Deus, então quando passamos da Fé na Palavra, da Realidade da Palavra, tornando-se parte dessa Palavra manifestada, é quando recebemos o nome e assim nos tornamos a Noiva e a Sra. Jesus. Nós nos tornamos assim uma parte da interpretação daquela Palavra, pois sem uma Noiva não haveria Noivo.

A Vida do Sangue de Deus Está Agora na Igreja

As Escrituras nos mostram que o Sangue que corria nas veias de Jesus Cristo era o Sangue do próprio Deus, e era neste Sangue que estava o germe da vida, e era por isso que Deus Se identificou em Jesus como sendo o Seu Filho.

Possuindo a Porta do Inimigo (22/03/1964) §§ 68, 71 [sem tradução]

Agora, mas quando Jesus, o Filho de Deus, nascido da virgem, derramou o Seu Sangue, a Vida que estava nesse Sangue era Deus mesmo. A Bíblia disse: "Somos salvos pela Vida, pelo Sangue de Deus". Não pelo sangue de um judeu, não pelo sangue de um gentio, mas a Vida de Deus. Deus criou esta célula de Sangue, nascido da virgem. Ela nunca conheceu homem, nem sequer o óvulo veio dela. Sei que muitos de vocês querem crer que o óvulo veio. O óvulo não pode estar lá sem uma sensação. O que Deus faria então? Vê? Ele criou tanto o óvulo como a célula sanguínea, e isso foi o tabernáculo de Deus, santo. (...) "Nós somos salvos pelo Sangue de Deus". É aí onde a minha fé está. Não ande lá no sangue de um profeta, não ande lá no sangue de um homem comum, um mestre ou um teólogo; nós andamos lá no Sangue de Deus. Deus disse assim. Ele Se tornou um ser humano. Ele mudou Suas cordas. Ele estendeu Sua barraca aqui conosco, e Se tornou um de nós. Ele é o nosso Parente Redentor. Ele tinha que Se tornar parente para nós, porque isso era a lei. Deus Se fez homem e habitou entre nós.

O corpo do Filho de Deus se tornou no O tabernáculo de Deus. O irmão Lee Vayle explicou isso para o irmão Brian dizendo o seguinte: "Aquele corpo era o corpo de Deus e Ele emprestou ao Seu Filho". E isso é bíblico porque Jesus disse que todas as coisas que eram de Deus também pertenciam ao Filho.

João 17:10

Todas as Minhas coisas são Tuas, e as Tuas coisas são Minhas; e nisso sou glorificado.

Porém essa vida que está no Sangue não tem nada a ver com a química.

Mostra-nos o Pai (06/06/1963) § 184

E Deus Todo-Poderoso, Deus, o Pai, fez sombra sobre a virgem Maria e criou em seu ventre uma célula sanguínea que trouxe o Filho de Deus sem um desejo sexual. E esse Sangue foi derramado no Calvário. Aleluia! Esse é o Sangue em que eu confio, nesta noite, quando não há nada... "Não conheço nenhuma outra fonte, nada senão o Sangue de Jesus." Portanto, o Sangue de Deus nos salva. O Sangue de Deus traz Jesus Cristo em nosso meio. O Sangue de Deus traz o Espírito Santo. (novamente não é a química do sangue que traz o Espírito Santo, mas a Vida germe que estava naquele Sangue) Não o sangue de um judeu ou um de um gentio, mas o próprio Sangue criador de Deus. Jesus, o Homem, era o Seu Filho, que Ele mesmo criou, e Deus habitou naquele tabernáculo.

Mostra-nos o Pai e Será Suficiente (31/07/1960) § 55 [sem tradução]

Fomos salvos pelo Sangue de Deus. Sangue de Deus. O germe da vida vem da célula sanguínea, e a Célula Sanguínea aqui veio do Deus Criador, que criou uma Célula Sanguínea que trouxe o Filho de Deus.

O Filho de Deus foi trazido pelo germe da Vida que estava no Sangue que foi criado.

Então Jesus Chegou e Chamou (17/04/1964) § 98

A Bíblia diz que somos salvos pelo Sangue de Deus, não por judeu ou gentio, um Sangue criativo. É aí que... Se Ele fosse judeu, minha fé acabaria. Se Ele fosse um gentio, minha fé acabaria. Ele era Deus. Ele era o Deus imortal manifestado em carne, Aquele que criou uma célula de Sangue e fez o Seu próprio corpo.

Não é a química do sangue que salva, mas a vida que está dentro da química.

Paradoxo (18/04/1964) § 162 [sem tradução]

Deus criou uma célula de Sangue que era Seu próprio Filho, Jesus Cristo. E Deus entrou e habitou ali dentro, e viveu, identificou-Se em Cristo. (Veja que a razão de Deus Se identificar com o Seu Filho foi também porque Deus era a própria Vida-germe que estava no Sangue de Seu Filho) a Esse era Deus Emanuel. Jesus disse: "Eu e Meu Pai somos Um. Meu Pai habita em Mim" (Vê?), Deus em Cristo reconciliando o mundo. Jesus era o Corpo, o Tabernáculo, Deus era o Espírito que vivia Nele.

Deus transmitiu a Sua própria vida ao Seu Filho e o Seu Filho, ao derramar o Seu Sangue e a Sua Vida no Calvário, essa mesma Vida por sua vez foi transmitida sobre a Igreja para gerar outros filhos para Deus; portanto, a Vida de Deus que estava no Filho é transmitida sobre os Seus demais irmãos. Jesus era o Sangue de Deus e esse Sangue abrigava a própria Vida e a natureza do DNA de Deus. Dessa maneira, se somos filhos de Deus, nosso sangue precisa ter a mesma Vida-germe que o Sangue do Filho de Deus possuía; portanto cada filho de Deus deve possuir o mesmo Sangue de Deus.

Não é apenas Jesus Cristo que possui o Sangue de Deus, mas todos os Seus demais filhos também devem possuí-lo pelo novo nascimento.

Mostra-nos o Pai (19/08/1950) § 23 [sem tradução]

Você é o sangue do teu pai e da tua mãe. Mas, ao nascer de novo, você se torna o Sangue de Deus, o Sangue de Cristo nos limpando.

Porém esqueça a química. A ciência dirá que o teu sangue é de judeu ou de gentio, mas a Vida-germe de Deus em você não pode ser detectada pelas lâminas e tubos de ensaio da ciência. O irmão Branham não está falando sobre a química do sangue, mas da própria Vida que a química do sangue contém. A vida germe que estava no Sangue do Filho de Deus é exatamente a mesma Vida que está no sangue dos demais filhos. Portanto pelo fato de termos o mesmo sangue de Deus, ou antes, a Vida-germe, exatamente como Cristo tinha, então Deus também Se identifica conosco como Seus filhos, assim como Ele Se identificou em Cristo como sendo o Seu Filho. Não somente somos lavados pelo Sangue de Deus, mas somos também formados por este mesmo Sangue. Portanto Deus também para olhar para cada um de Seus filhos e dizer: "Por vocês terem o Meu Espírito, vocês são do mesmo Sangue que o Meu". Essa é a identificação da Igreja. Nós somos o Sangue de Deus.

A Última Manifestação da Mensagem de Deus

Cristo por ter o mesmo Sangue e a Vida-Germe de Deus, tornava ambos um; sendo assim, Cristo e a Mensagem eram um.

Alimento Espiritual no Seu Tempo (18/07/1965) § 76

Ele e Sua Mensagem eram um. Ele disse: "Eu e o Meu Pai somos Um. Meu Pai habita em Mim". Ele era a plenitude da Divindade corporalmente.

Aqui o irmão Branham diz que Cristo e a Mensagem eram um porque o Filho era a Palavra feito carne, e da mesma maneira hoje a Noiva sendo a Semente de Deus escolhida também se tornou o próprio Sangue de Deus pelo Espírito. Então se nos tornamos o próprio Sangue de Deus pelo Espírito, nós nos tornamos a própria Mensagem de Deus para a humanidade assim como o Filho Primogênito foi a Mensagem de Deus para a humanidade, e assim como o nosso Irmão mais velho Se tornou a própria Mensagem de Deus para a humanidade, a Noiva eleita deve se tornar aquela última manifestação da Mensagem de Deus.

Hoje temos visto vários Janes e Jambres se manifestando em diferentes lugares do globo se intitulando como o "homem da hora", e como a última manifestação da Mensagem sobre a terra. Quem não ouvir a eles estará perdido, assim dizem. Porém isso é apenas mais um outro engodo de Satanás para essa era enganosa, porque a última manifestação da Mensagem sobre a terra agora é a própria Noiva, porque Ela não somente deve crer na Mensagem, mas Ela deve ser essa própria Mensagem. Você e esta Mensagem tem que ser um, e tudo que Deus estiver fazendo com a Noiva e por meio da Noiva nestes dias nada mais é do que o cumprimento da Palavra para este tempo do fim. Essa é a identificação da Noiva.

O Desvelar de Deus (14/06/1964) § 261

Quando você vê a Palavra manifestada, você vê o Pai, Deus, porque a Palavra é o Pai. A Palavra é Deus. E a Palavra manifestada é o próprio Deus tomando a Sua própria Palavra e manifestando-A entre os crentes. Nada pode fazer com que Ela viva a não ser os crentes, somente os crentes.

Identificação (23/01/1963) § 100 [sem tradução]

Olhem para Ele, todos os confins do mundo, e vivam. E a única maneira que você pode... Sua natureza sem pecado expressou a Palavra de Deus tanto que Ele e a Palavra eram Um. (E é exatamente isso que cada cristão deve fazer hoje) Ele disse isso. "Eu e o Meu Pai somos Um. Eu sempre faço o que agrada a... Eu e o Meu Pai somos apenas Um". Ele era tão perfeito à imagem de Deus até que Ele e Deus fossem a mesma coisa. Ele era a carne, o Filho, que expressava a Divindade de Deus. Então isso fez Dele a Deidade em um homem, a fim de redimir um homem. Vê? Ele e a Palavra eram Um. "No princípio era a Palavra, e a Palavra era Deus. E a Palavra se fez carne..." Então Ele e a Palavra se tornaram um só, para que a Palavra pudesse expressar e mostrar ao mundo aquele Exemplo do que o homem deveria ser.

Conclusão

Identificação (16/02/1964) §§ 64-65

Mas apenas para que você pudesse entender ao que estou tentando chegar aqui, uma reflexão, você teve que ser identificado. E se você está, e estava no pensamento de Deus no princípio, veja, e era o Seu reflexo aqui na terra, você dará testemunho do Celestial, e assim como Ele também deu testemunho do Celestial. E quando Ele Se levantou da sepultura, e Lhe foi dado um corpo; nós, quando ressuscitarmos, teremos um corpo como o Seu próprio glorioso corpo. A ressurreição é certa. É uma garantia, e nós temos o penhor disso agora, quando o Espírito Santo entra e nos identifica como pessoa redimida de Deus. Amém! Quando você recebe o Espírito Santo, você está selado até que a jornada termine. Esse é o seu Sinal que você detém, que mostra que sua - sua passagem foi paga. Você é um caráter redimido. Satanás não tem nenhum direito sobre você, nenhum, qualquer que seja. Simplesmente apanhe seu Sinal e lhe mostre, "Minha cura está paga. Minha viagem é para a Glória".