Dignos do Reino

30/07/2017

Dignos do Reino

30 de julho de 2017

Francisco Morato-SP

Diógenes Dornelles

2 Tessalonicenses 1:3-5

Irmãos, cumpre-nos dar sempre graças a Deus no tocante a vós outros, como é justo, pois a vossa fé cresce sobremaneira, e o vosso mútuo amor de uns para com os outros vai aumentando, a tal ponto que nós mesmos nos gloriamos de vós nas igrejas de Deus, à vista da vossa constância e fé, em todas as vossas perseguições e nas tribulações que suportais, sinal evidente do reto juízo de Deus, para que sejais considerados dignos do reino de Deus, pelo qual, com efeito, estais sofrendo.

O apóstolo Paulo media o grau de amadurecimento entre os cristãos não observando se a sua congregação havia aumentando em números, ou se eles estavam ficando mais ricos e prósperos, ou se eles estavam se tornando cada vez mais populares e aceitos pela sociedade. O que fazia Paulo saber se aquela congregação estava amadurecida era saber se, em primeiro lugar, eles haviam persistido na fé, apesar de todos os seus problemas, pois ele conheceu muitos que diziam crer, mas falhavam em prosseguir nisso; falhavam em manter a sua confissão de fé, não somente por que eram vencidos por aceitar alguma falsa doutrina, mas também porque não sabiam vencer a si mesmos.

Paulo aqui disse que a fé dos tessalonicenses havia crescido sobremaneira. A palavra que ele usou aqui foi "huperauxano" (υπε ραυ ξανω), que quer dizer "aumentar sem medida", "crescer extraordinariamente". E ele viu isso acontecer entre os crentes de Tessalônica.

A outra coisa que Paulo usava para medir o grau de amadurecimento dos cristãos era através dos gestos de amor de uns para com os outros. Isso para ele era a maior prova de que a doutrina que ele pregou não foi recebida apenas intelectualmente, mas que eles estavam realmente vivendo o que foi ensinado. Portanto é no amor para com o seu irmão que se demonstra que Cristo vive nele, e não em saber expor algum ponto de vista doutrinário.

Uma Fé Amadurecida

O irmão Branham tinha o receio de que os seus ouvintes estivessem recebendo a sua Mensagem apenas intelectualmente. Ele disse que a igreja da Mensagem deveria viver na Presença do Filho, ou seja, receber em si mesmos o mesmo Espírito que estava em Cristo, pois é isso que lhes daria uma fé amadurecida.

O Único Lugar de Adoração Provido Por Deus (28/11/1965) § 40

Eu creio que a igreja está começando a ouvir a Mensagem, e começa a entender. Mas, amigos, ouçam, temos de ficar na Presença do Filho, nós temos de amadurecer. Nossa - nossa fé não está madura. (tanto na compreensão como na aplicação) Intelectualmente nós estamos ouvindo a Mensagem que Deus nos deu, e vendo os sinais que Ele nos mostrou, e provando isto pela Bíblia, está ali, porém, oh, como a igreja precisa ficar em Sua Presença até que amoleça, sabe, e fique doce no Espírito de modo que isto possa envolver.

O Espírito de Cristo nos faz amolecer, ou seja, nos faz com que morramos cada vez mais para os nossos próprios pensamentos e razões. "Ficar doce no Espírito", significa justamente sermos mansos e maleáveis para a Palavra, ao ponto de estarmos dispostos a aceitarmos qualquer tipo de mudança que Ela queira promover em nós.

Então observe que era na persistência da fé e no amor recíproco entre os irmãos que Paulo via nisso como sinais de amadurecimento, e esses sinais que Paulo encontrou em Tessalônica, ele também observou em várias outras igrejas, e ele sempre mencionava isso quando escrevia para elas, como em Éfeso, por exemplo. Observe que nessa epístola ele ressalta os mesmos sinais desse amadurecimento.

Efésios 1:15-16

Por isso, também eu, tendo ouvido a fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo menção de vós nas minhas orações, e para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento Dele.

E também para a igreja localizada em Colossos:

Colossenses 1:4

Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós, desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que tendes para com todos os santos.

E novamente aos tessalonicenses Paulo escreveu:

1 Tessalonicenses 3:12

E o Senhor vos aumente, (Não está desejando que a congregação aumente em membros, mas que haja um crescimento e um amadurecimento espiritual e de fé) e faça crescer em amor uns para com os outros, e para com todos, como também o fazemos para convosco.

O mesmo foi dito a Filemom.

Filemom 1:5

Ouvindo do teu amor e da fé que tens para com o Senhor Jesus Cristo, e para com todos os santos.

Paulo aconselhou Timóteo a perseverar na fé e no amor.

2 Timóteo 1:13

Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus.

Para Paulo, o fato de ter sido um perseguidor da Igreja e ainda assim ser chamado para o ministério foi uma demonstração do amor abundante de Deus sobre ele.

1 Timóteo 1:14

E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e amor que há em Jesus Cristo.

O apóstolo João também tratou da fé e do amor como sinais de aperfeiçoamento e amadurecimento cristão.

1 João 2:5

Mas qualquer que guarda a Sua Palavra, (Ou seja, que persevera na fé e na doutrina) o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos Nele.

Portanto a atitude digna de um cristão é permanecer firme na fé e tudo fazer com amor.

1 Coríntios 16:13-14

Vigiai, estai firmes na fé; portai-vos varonilmente, e fortalecei-vos. Todas as vossas coisas sejam feitas com amor.

O Reflexo do Amor

Então aqui podemos concluir que a união da fé e do amor são demonstrações inequívocas de que o Espírito de Cristo estava presente e operando em todas aquelas comunidades. Mas entenda que todos esses gestos e atitudes de amor para com o nosso próximo, são apenas um reflexo do nosso amor para com Deus, pois se você ama a Deus, você amará os irmãos da fé, amigos, vizinhos, parentes, o teu cônjuge, etc.

O Cordeiro e a Pomba (25/03/1957) § 82 [Sem tradução]

Nós não aceitamos a emoção agora. É necessário fé e amor. "Senhor, eu Te amo. Tu não poderias mentir porque Tu és Deus, eu Te amo". O amor resolve o assunto. Quando você ama a sua esposa com todo o seu coração, com toda a sua alma, você simplesmente a ama, não há ninguém na cidade que poderia fazer você crer que ela não era uma boa esposa. Isso mesmo. Vê? A mesma coisa, os velhos fofoqueiros virão e dirão a você que o seu marido não é fiel a você, quando você realmente o ama, e ganhou confiança nele. É isso mesmo? (Quem ama confia) O amor simplesmente cobre isso. Isso é tudo. Quando você ama a Deus, todos os medos simplesmente se dispersam por toda parte, (Isso significa que o amor que demonstramos aos outros é apenas um reflexo do nosso amor a Deus) e você apenas diz: "Deus, Tu estás certo. Eu Te amo, e eu estou curado, e eu simplesmente continuo e aceito". É isso aí. Tudo pode acontecer espontaneamente, se você simplesmente crer nisso.

A Fé e o Amor São Corretivos

O irmão Branham sempre nos ensinava que o amor é corretivo. Isso significa que nem sempre nossas palavras poderão parecer doces e agradáveis para alguém, mas isso não é sinal de falta de amor, muito pelo contrário, isso demonstra atenção e cuidado, para que todos possam estar juntos no mesmo tipo de amadurecimento que os torna aptos e dignos do Reino.

Perseverante (29/07/1962) § 7 [Sem tradução]

Se eu visse você descer um rio em um pequeno barco, e aquele barco estivesse furado, e houvesse grandes quedas abaixo de você, corredeiras, e eu soubesse que o barco não vencesse aquelas quedas, e eu gritasse com você, e repreendesse você, tentando tirá-lo de lá, isso não é porque eu não goste de você; é porque eu gosto de você. Eu - eu amo você. Vê? A fé e o amor são corretivos. Entende? Ele - ele corrige.

A fé, isto é, a doutrina, nos corrige em nossos pensamentos, enquanto que o amor nos corrige em nossas atitudes e emoções. E a fim de nos ajudar no nosso amadurecimento e crescimento espiritual para sermos dignos do Seu Reino, Deus também permite que passamos por provações. Isso não é falta de amor por parte Dele, mas justamente porque Ele sabe e confia que iremos continuar amando e confiando Nele, pois antes de demonstrar algum amor para com o nosso próximo, temos que demonstrar a Deus. Quem não ama o seu irmão ou mesmo o seu cônjuge é porque primeiro deixou de amar a Deus, mas se primeiro provamos a Ele que O amamos, poderemos depois agir da mesma forma para com os outros.

O Dia da Vitória (21/04/1963) § 297

Querido Deus, que possamos agora não nos preocupar, e lembrarmos que estas provações e coisas que vem sobre nós, somente são feitas porque Deus nos ama. Ele nos dá isso, porque Ele tem confiança em nós. Ele acredita que nós... que temos fé e amor por Ele, que seremos capazes de superar. Ele cuidará disso. E que possamos não nos preocupar e - e se irritar com isso. Que possamos caminhar até lá e falar a Palavra, e avançar. Os mares se abrirão. Os dias da vitória virão. Conceda isso, Senhor. E que este possa ser um dos melhores dias de vitória do nosso tempo.

Então as provações são para saber onde está ancorada a fé daqueles que se dizem crer. Cada membro da Igreja de Cristo é alguém que foi predestinado por Deus para pertencer a Ela, e a cada eleito é dado a Fé que ancora a sua vida sobre a Rocha. Portanto, as provações que Deus envia são uma maneira de verificar se a fé que alguém diz ter foi realmente a Fé dada por Deus, porque é somente a Fé que vem Dele que capacita e torna um Filho Seu digno do Reino.

Perguntas e Respostas Sobre os Selos (24/03/1963) §§ 123-125

Só há uma maneira de você poder ser salvo, e, essa é: "Não aquele que quer, ou aquele que corre, aquele que... (Ou seja, por livre arbítrio) Então, é Deus que Se compadece." E Deus, por Sua presciência, predestinou uma Igreja para Sua glória, e esses são os que são salvos. Certo. Agora, sua fé está tão ancorada Lá! Você diz: "Bem, minha fé está ancorada Lá." E veja que tipo de vida você está vivendo. Você vê que nem mesmo está à altura de ir para Lá. Sua âncora está errada. Você está com ela na areia ao invés de numa rocha. A primeira ondinha a removerá. Deixe que a Palavra seja revelada em alguma coisa. "Minha igreja não ensina Isso!" Isso mostrou na mesma hora que você não estava ancorado em nenhuma rocha. Você estava em areia.

A Fé e o Amor Andam Juntos

Então veja que a fé e o amor, que eram as duas qualidades que Paulo buscava nas igrejas a fim de saber em que grau de maturidade elas se encontravam, devem estar sempre juntas, porque ambas operam juntas; ambas se completam. Uma sem a outra são ineficazes, pois como já vimos, a fé sem o amor pode se converter em algo apenas intelectual, sem produtividade alguma. Paulo mesmo disse:

1 Coríntios 8:1

A ciência incha, mas o amor edifica.

"Incha" vem do grego "phusioo" (φυ σσι οω) no sentido de "tornar arrogante", "estar cheio de si", "comportar-se de modo orgulhoso", "ser arrogante". Então quando há somente a fé intelectual, sem a revelação e o amor, o conhecimento pode tornar um crente soberbo. Mas o amor edifica, ou seja, cria um equilíbrio. Mas por outro lado, o amor sem fé pode conduzir o crente à cegueira do fanatismo, pois não se esqueça que os judeus para provarem que amavam a Deus, mandaram crucificar o Seu Filho unigênito. Portanto quando há o amor e a fé juntos, então há um equilíbrio. Um sem o outro pode levar a extremos.

Fé Perfeita (25/08/1963) §§ 125-126

A fé crê que Deus resolverá isso. "Eu não sei como Ele vai fazer isso, mas Ele o fará de qualquer maneira". Vê? Ele domina todas as circunstâncias. E fé e amor é relação, porque você não pode ter fé a menos que você tenha amor, porque sua fé está em um Deus que é a própria essência do amor. A fé e o amor trabalham juntos.

Foi por isso que Paulo desejava que os crentes tivessem sempre as duas coisas juntas, ou seja, o amor com fé.

Efésios 6:23

Paz seja com os irmãos, e amor com fé da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo.

No estudo "Examinando a Nossa Fé" nós vimos que o irmão Branham ensinava que o amor produz a fé. A fé intelectual pode até existir sem o amor. Com esse tipo de fé é possível compreender muita coisa acerca dos mistérios de Deus, mas tudo isso será apenas uma concepção mental da Palavra; mas o mesmo não acontece com a fé espiritual que é produzida pelo amor. É possível alguém adorar a Deus intelectualmente, como os judeus nos dias de Jesus, mas é somente por meio do amor de Deus em nossos corações que Ele próprio pode de fato Se revelar a nós e nos tornar aptos para o Reino.

O Livro da Vida do Cordeiro (03/06/1956) §§ 111-113

Leo me disse esta manhã, ele disse: "Irmão Branham, o que foi primeiro: a fé produz amor ou o amor produz fé?". Eu disse: "O amor produz fé. (Não está falando da fé natural ou intelectual, mas da fé que é uma revelação) Não fé, amor. Você tem de amar primeiro, antes de poder ter fé." Por isso, se você tem fé, e não ama a Deus divinamente, a sua fé é em vão. Está vendo? Você tem que amar a Deus. Portanto, você pode se unir a todas as igrejas do país, fazer qualquer coisa que queira, fazer todas as confissões que queira; mas se não há amor genuíno, real, do Espírito Santo, nascido de novo em seu coração por Deus, a sua fé é em vão. Não importa quanto você confesse que crê em Deus, isso não tem nada a ver. Tem que nascer no coração humano, então você tem Vida Eterna, nunca poderá ser separado de Deus.

Essa resposta que o irmão Branham está nos dando é exatamente a mesma coisa que Paulo ensinou, quando disse que a fé opera através do amor.

Gálatas 5:6

Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor.

Minando a Fé e o Amor

Portanto o que Satanás mais tenta destruir nos cristãos é a sua fé e o sentimento de amor, porque ele sabe que são essas duas coisas que promovem o fomento e aperfeiçoamento entre os santos. Enquanto uma congregação tiver fé e amor Satanás está derrotado.

Foi por isso que Jesus disse em Mateus 24:11

Levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos (Para quê? Para lhe ensinar uma outra doutrina, uma outra fé; e o alvo desses profetas não é outro senão a Igreja. Eles não buscarão pelos hindus, mulçumanos, espíritas, etc, mas estarão no encalço da Noiva. Há um homem na África nesse instante que se intitula profeta da mensagem, mas sua mensagem é de ódio e ira. Ele não promove o amor, mas a divisão e a contenda. Quando sua fé é minada com uma palavra adulterada, o que vem em consequência disso é o que Jesus afirma depois) e, por se multiplicar a iniquidade, (Por causa da falsa fé que foi pregada pelos falsos profetas) o amor se esfriará de quase todos.

É isso que o diabo quer, minar a fé e o amor, principalmente entre os cristãos, para que a Igreja não avance. Portanto qualquer ministério que incita o ódio é anticristo. Não se esquecendo, porém, que um falso ministério também possui a versatilidade de se esconder atrás de uma falsa doutrina e de um amor fingido.

Foi por isso que Paulo também disse em Romanos 12:9

O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem.

E o apóstolo Pedro fez uma recomendação semelhante:

1 Pedro 1:22

Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro.

Mas como a fé e o amor devem andar juntos, não somente o amor deve ser sem fingimento, mas também a fé. Se o amor produz fé, como disse o irmão Branham, então um amor fingido produzirá uma fé fingida.

1 Timóteo 1:5

Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida.

Nos dias de Jesus, a falsa igreja simulava a sua falta de amor por Deus com uma capa de religiosidade e legalismo.

Lucas 11:42

Mas ai de vós, fariseus, que dizimais a hortelã, e a arruda, e toda a hortaliça, (Ou seja, eles faziam questão de mostrar uma fervorosa entrega aos ritos e práticas religiosas, que segundo o irmão Branham, pode ser uma demonologia no seu estado religioso) e desprezais o juízo e o amor de Deus.

Então eles tinham um amor fingido e uma fé fingida também. Jesus também disse em outra ocasião:

João 5:42

Mas bem vos conheço, que não tendes em vós o amor de Deus.

Jesus estava dizendo-lhes: "Vosso amor é tão fingido quanto vossa fé". Então nada do que eles faziam era por amor a Deus. Os fariseus eram semelhantes àqueles convidados da parábola das bodas onde o rei enviou servos para convidar alguns para o casamento de seu filho, mas se recusaram em ir por vários motivos. O rei na parábola disse acerca deles:

Mateus 22:8

Então diz aos servos: as bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.

E foi exatamente isso que Paulo e Barnabé disseram para os judeus de Antioquia que rejeitaram o Evangelho:

Atos 13:46

Mas Paulo e Barnabé, usando de ousadia, disseram: Era mister que a vós se vos pregasse primeiro a Palavra de Deus; mas, visto que A rejeitais, e não vos julgais dignos da vida eterna, eis que nos voltamos para os gentios.

Aqueles judeus passaram a perseguir Paulo e Barnabé por causa da sua mensagem. E o que fará os falsos profetas perseguirem a Igreja é porque eles não aceitarão o amor que ela mostrará ter pela Palavra.

Marcos 13:13

E sereis odiados por todos por amor do Meu nome.

Crescendo na Fé e no Amor

Então no tempo do fim a Igreja será perseguida por causa da sua fé e do seu amor a Deus. O irmão Branham disse que a verdade não torna você popular, mas faz de você uma pessoa honesta e sincera. A promessa que Jesus fez para a Igreja foi de que Ele aumentaria nela a sua fé para que o amor que estava Nele também pudesse estar entre os Seus irmãos.

João 17:26

E Eu lhes fiz conhecer o Teu Nome, (Isso foi possível por meio do ensino da Palavra. A expressão "fiz conhecer" aqui, veio do grego "gnorizo", "γν ωρι ζω", que significa "tornar conhecido", "obter conhecimento de", "ter completo conhecimento de") e lho farei conhecer mais, ("Eu revelarei ainda mais outros mistérios para a Igreja. Farei com que a Igreja amadureça ainda mais na sua compreensão da Palavra. Farei com que a fé deles cresça sobremaneira". Para quê isso?) para que o amor com que Me tens amado esteja neles, e Eu neles esteja.

E tudo isso é para que a Igreja se torne digna do Reino. Algumas pessoas podem ter uma capacidade de compreensão bastante limitada acerca da Palavra, devido à sua simplicidade e humildade, mas essa carência pode ser contornada se não lhes faltar o amor.

Romanos 12:10

Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.

Romanos 13:8, 10

A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei... O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.

Filipenses 1:9-10

E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas excelentes e sede sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo.

Os fariseus pensaram que o cumprimento da lei estava em seguir literalmente os rudimentos dela, mas deixaram a coisa principal, e a igreja precisa tomar cuidado para não cometer esse mesmo erro.

O Sistema de Deus

Quando estudamos sobre o tema "Josué, o Espírito Santo, Está Aqui" nós falamos que Deus tem estabelecido para a Noiva desse dia um novo sistema, no qual a Coluna de Fogo estaria nos conduzindo e nos preparando para o Milênio por meio de uma mensagem e de um ministério. Todos os outros sistemas que vieram antes falharam nisso, porém esse novo sistema é que nos concede a fé de Arrebatamento e que nos torna dignos de sermos adotados para o Reino.

Como Fui Com Moisés Assim Serei Contigo (11/09/1960) § 45

E as organizações da igreja, as denominações falharam. Elas não levarão a igreja para o outro lado. Deus levantará um novo sistema, um sistema interdenominacional pelo poder de Deus, que levará a igreja à terra prometida. Organizações e denominações se confundiram; cada um segundo a própria teologia, cada um segundo a sua própria maneira de pensar. Mas Deus tomará o Seu Espírito Santo e levantará o Seu Josué que levará a igreja à promessa, sem cordas denominacionais amarradas em qualquer lugar, mas assumirá a Sua igreja.

Limpando os Canais

Esse novo sistema remove todos os pensamentos que foram oriundos de uma teologia contrária à Palavra de Deus, portanto ela não tem nada a ver com as denominações. A Mensagem desse novo sistema limpa todos os canais que foram obstruídos pelos dogmas, credos e tradições dos homens.

Entrando no Espírito (28/04/1961) § 62 [Sem tradução]

"Vamos começar outra chuva temporã?" "Não, não. Apenas limpe o canal. Isso é tudo o que você tem que fazer". Nós conseguimos as pessoas, apenas limpe o canal. O povo está bem. Faça com que os canais estejam limpos para que o Espírito Santo possa entrar. Todos os seus fanatismos e ismos, e tudo o mais que está na igreja, limpe a coisa. A Rocha já está ferida, as águas estão frescas, correndo, mas os nossos sistemas eclesiásticos reprimiram o fluxo. Ele disse: "Limpe essas coisas. Você não precisará ter outro vento impetuoso. Você não ouvirá nenhum vento nem verá chuva, mas ainda assim haverá água lá". Oh irmão. Não é de um novo sistema, não é de um novo sistema que precisamos. (Isso não é uma contradição ao que o irmão Branham disse no ano anterior. O que ele está dizendo é que a Noiva não necessita de um outro sistema denominacional, porque todos eles falharam em aproximar o homem de Deus) O que precisamos é limpar o sistema que temos. (A Noiva já tem um sistema; é o mesmo que ela sempre teve e nunca precisou mudá-lo. Só do que ela precisa é limpar esse sistema. Isso quer dizer que o novo sistema de Deus deste dia não é exatamente novo, pois trata-se do mesmo sistema com a mesma Mensagem e o mesmo Espírito dos tempos apostólicos.) Não faça outras assembleias de Deus ou outra unicidade, mas apenas limpe a unicidade e as assembleias que temos. (Ou seja, remova as doutrinas dos sistemas trinitários e unicistas, pois eles são indignos do verdadeiro Evangelho de Cristo e irão produzir uma fé fingida. Alguns fizeram da Mensagem do irmão Branham apenas um outro grupo ou sistema unicista, com uma teologia modalista melhorada, porém esse sistema unicista da Mensagem é indigno e incapaz de levar à Noiva deste dia ao amadurecimento) Tire todos os entulhos disso. Todas as diferenças, o barulho e a confusão, e coisas assim disso, e as águas retornarão novamente. Haverá amor, alegria, alegria como um rio, fluindo por todo mundo, simplesmente apaixonados um pelo outro. (O mesmo amadurecimento de fé e de amor que Paulo presenciou nos cristãos primitivos agora está começando a voltar novamente) "Nós não estamos divididos, somos todos um único corpo. Um em esperança e doutrina, um em caridade".

Em outras palavras, uma só fé e um só amor. Observe que aqui parece que o irmão Branham havia supostamente esquecido sobre o que disse no ano anterior, de que Deus estaria preparando um novo sistema. Mas não há nenhuma contradição aqui. No ano seguinte ele voltará a dizer que Deus tem um novo sistema. Esse novo sistema é diferente do antigo porque ao invés das congregações aumentarem, nesse sistema elas diminuiriam.

Contagem Regressiva (25/11/1962) § 36 [Sem tradução]

Deus tem um novo sistema. Não é o sistema antigo; (denominacional) é um novo sistema. Ele está trazendo Sua igreja para cima. Eles estão ficando menores em minoria o tempo todo. (Esse novo sistema é de um grupo muito pequeno em número) Eles ficaram nos dias de Noé, eles ficaram nos dias de Ló. Eles sempre ficam, até ficarem bem pequenos. Mas ainda assim, esse pequeno grão de Deus ainda está avançando, ficando mais poderoso e poderoso o tempo todo. (Por que isso? Porque exatamente como foi nos dias de Paulo, a igreja deste último dia vem aumentando e crescendo "huperauxano", sobremaneira, sem medida, extraordinariamente) A verdadeira igreja do Deus vivo está quilômetros à frente hoje do que estava. (Esse novo sistema não é comparável com nada dos outros que o antecederam) Nós vemos isso. Nós sabemos disso. É a verdade. Não me refiro à organização. Agora, você está de volta ao cavalo e à carroça novamente. Entende? Nós estamos subindo acima dessa coisa. Não quero voltar a isso novamente. Não, eu devo dizer não. Tudo bem.

Esse novo sistema tornou a igreja digna de ser o que a própria palavra "igreja" significa, "chamados para fora". Hoje a Igreja está sendo chamada para não mais refletir um pensamento ou sistema humano, mas a Cristo, ou seja, ela está sendo chamada para a sua forma original.

Jesus Cristo é o Mesmo Ontem, Hoje e Eternamente (14/02/1958) § 28, 46 [Sem tradução]

Eu acredito que a igreja está tão amadurecida agora, até que ela esteja de volta à sua forma original. (...) É uma igreja amadurecida como era então. Pois volta ao original novamente.

Refletindo a Luz do Filho de Deus

O irmão Branham disse que Cristo era uma parte de Deus por ser Ele um reflexo de Seu Pai, da mesma forma que a lua é uma parte do sol porque reflete na terra a luz do astro-rei. E assim, a Noiva é como uma lua, pois reflete na ausência física do Seu Marido a Sua Luz para as nações.

Fale à Rocha (15/11/1953) § 24 [Sem tradução]

Oh, eu penso nisso. Eu penso nisso em Gênesis quando o - quando Deus fez o sol e fez a lua. Agora, a lua é a esposa do sol. Agora, quando o sol se vai, a lua reflete a luz do sol (não é mesmo?) sobre a terra. E agora, quando Jesus foi levado embora, nós somos a Noiva que é a lua, para refletir a luz do Evangelho, e não podemos refleti-lo até que Ele brilhe sobre nós. Amém. Bem, quando chegarmos... Quando o Evangelho vai brilhando sobre nós, então nós brilhamos isso. Então envie a Luz, Senhor, é a minha oração, para que possamos refletir a luz do Filho de Deus em Seu poder e na Sua ressurreição e na Sua plenitude, quão maravilhoso.

Porém um dia a Esposa e o Esposo se encontrarão nos Céus de Deus e juntos refletirão uma só e a mesma Luz.

Fé (15/08/1956) § 72 [Sem tradução]

A lua dá luz enquanto o sol se foi embora. E assim é a igreja para refletir a luz do Filho de Deus, enquanto Ele for embora. E algum dia, a lua vai cair, e o sol vai subir, e ambos vão se unir, então o luar e a luz do sol se tornam um.

Somos Indignos, Mas Cristo nos Torna Dignos

Então como vimos no início, Paulo disse que pela constância da fé os santos se tornam dignos do reino dos céus, porém nós como pessoas nascidas no pecado somos indignos de qualquer bênção de Deus, mas é pela Sua graça que nós alcançamos alguma dignidade diante do Pai, pois é Ele que nos torna dignos por meio do sacrifício do Cordeiro. Ele é o único que é digno e é somente Ele que pode nos tornar dignos.

Apocalipse 3:4

Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram suas vestes, e comigo andarão de branco; porquanto são dignas disso.

O irmão Branham comentou essa Escritura no seu livro das eras.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja, Pág. 235

"Porquanto são dignas disso." Você se dá conta de Quem está dizendo isto? É Jesus, o Digno, Ele próprio. Este é o Único que é considerado digno de tomar o livro da mão do que está assentado sobre o trono. E agora este Digno está dizendo aos Seus santos: "Vocês são dignos." Aqui está Este, o Único qualificado para julgar, (e na verdade todo o juízo está entregue a Ele) e Ele diz: "Vocês são dignos." Estas palavras são tão impressionantes quanto às palavras em Rom. 8:33b: "Deus diz que sou justo." (Tradução de Way). Ali na branca luz da justiça de Deus, ouça a doce voz de Jesus enquanto Ele diz: "Estes são Meus. Eles são justos. Eles são dignos. Eles Comigo andarão de branco".

Então se somos chamados para entrar no Reino, devemos agir e nos portar de maneira digna à vocação que recebemos.

Efésios 4:1

Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados.

Então nós não somos dignos sequer de sermos salvos, mas pela Sua graça Ele nos salva e nos purifica de todo pecado.

A Ele Aceitarei (18/07/1952) §§ 24-25 [Sem tradução]

Agora, se você tem uma... uma - uma - uma maneira assim, você diz, de altos e baixos e altos e baixos, eu aconselharia você a ir a Deus e permanecer aí até que você realmente tenha nascido de novo. Quando provas, e problemas e pesares, e decepções acontecem, alguma coisa segura, e não é você segurando; é algo que te segura. Vê? Não é uma questão se eu seguro ou não. A questão é se Ele segura ou não. Não cabe a mim; isso cabe a Ele. Ele era o único. Se eu... Um homem veio aqui, há não muito tempo atrás, e disse: "Irmão Branham, eu não sou digno de ser salvo". Eu disse: "Não, você não é". E ele começou a chorar. Ele disse: "Eu tentei desde 1940 ser salvo". Ele disse: "Mas eu não me considero digno". Eu disse: "Você nunca será digno". Ele disse: "Então eu nunca posso ser salvo". Eu disse: "Oh, não. Não é você, é Ele". Vê? "Deus não olha para você. Ele olha para Ele. E se você puder encontrar alguma falha Nele, então você não pode ser salvo. Mas se não há culpa Nele, então você está bem. A mancha que você encontra Nele está sobre você. Mas se não há defeito em você... Nele, não há defeito em você". Ele disse: "Eu vejo, irmão Branham, eu vejo isso". Ele queria gritar. Eu disse: "Corrija-se primeiro, então isso acontecerá depois. Vê"

Uma igreja Amadurecida

A Noiva desse dia já se encontra apta e digna de herdar o Reino, pois ela já atingiu a sua maturidade ao se alimentar do alimentado sólido da Palavra revelada.

Adoção Nº. 1 (15/05/1960) § 66

Agora que vocês não são mais bebês, agora que vocês não estão desejando o leite racional do Evangelho, que vocês não precisam ser mimados e receber tapinhas e ser persuadidos a virem à igreja, agora que vocês são verdadeiros cristãos plenamente amadurecidos, vocês estão prontos para comer carnes fortes agora. Vocês estão prontos para entrar em algo; ele disse. Vocês estão prontos para entender algo profundo e rico. Ah, vamos entrar diretamente nisso. E, oh, isso esteve escondido desde a fundação do mundo.

Enquanto Satanás tenta destruir a verdadeira fé e o amor não fingidos, a Igreja continuará se firmando nessas coisas, porque são elas que a tem levado ao amadurecimento e tornado digna do reino dos Céus.