Focados na Palavra de Deus

11/06/2017

Focados na Palavra de Deus

11 de junho de 2017

Diógenes Dornelles

Romanos 4:17-25

Como está escrito: "Por pai de muitas nações te constituí", perante Aquele no Qual creu, a saber, Deus, o Qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem. O qual, em esperança, creu contra a esperança, tanto que ele tornou-se pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: "Assim será a tua descendência". E não enfraquecendo na fé, não atentou para o seu próprio corpo já amortecido, pois era já de quase cem anos, nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus, E estando certíssimo de que o que Ele tinha prometido também era poderoso para o fazer. Assim isso lhe foi também imputado como justiça. Ora, não só por causa dele está escrito, que lhe fosse tomado em conta, mas também por nós, a quem será tomado em conta, os que cremos Naquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor; o Qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação.

Quando as Escrituras dizem que Abraão é o pai de muitas nações quando ele ainda andava nos passos da fé, ou seja, na incircuncisão, Paulo estava nos mostrando que tal como ele, assim deveria agir todos os seus filhos segundo a promessa. Jesus disse que aqueles que são filhos de Abraão devem fazer as suas obras. E nós queremos destacar essa Escritura a fim der compreender algumas atitudes que Abraão tomou e que devem ser imitadas por todos os filhos de Deus.

Paulo disse que Abraão não atentou para as suas limitações quando Deus lhe fez a promessa de que mesmo sendo velho teria um filho com sua esposa estéril Sara. A palavra que foi usada no grego aqui foi "katanoeo" (κατανο εω) que quer dizer "perceber", "notar", "observar", "entender", "considerar atenciosamente", "fixar os olhos ou a mente em alguém". Ou seja, ele decididamente não estava fixando ou focando nos problemas e obstáculos para o cumprimento daquela promessa, mas na própria promessa em si. E ele permaneceu nessa posição por mais 25 anos até que um dia ela se cumpriu.

Mesmo essa tradução estar muito clara para nós, eu desejo ainda citar a tradução dessa mesma passagem na versão da bíblia "A Mensagem":

Chamamos Abraão de pai não porque Deus lhe tenha dado atenção por ter vivido como santo, mas porque Deus agiu em Abraão quando ele não era ninguém. Não é o que lemos nas Escrituras, que Deus diz a Abraão: "Farei de você pai de muitos povos"? (Então desde o início Deus estava dizendo: "Abraão, não se preocupe com nada. Não há nada de extraordinário que você precisa fazer. Eu mesmo é que farei isso. Você apenas precisa crer e confiar.") Abraão foi primeiro chamado de pai e depois se tornou pai porque ousou acreditar que Deus faria o que somente Deus poderia fazer: levantar os mortos para a vida e com uma palavra trazer algo à existência, a partir do nada. Não havia esperança, mas Abraão creu, decidido a viver não com base no que sabia que era incapaz de fazer, mas no que Deus disse que ele faria. (Ou seja, seu foco não estava na sua incapacidade, na sua indignidade, no seu passado pecaminoso, mas no que Deus era capaz de fazer mediante a graça. E ele se focou na graça de Deus por 25 anos. E qual foi o resultado?) Assim, foi feito pai de uma multidão de povos. O próprio Deus declarou: "Você terá uma grande família, Abraão!". Abraão não ficou pensando em sua incapacidade, dizendo: "Sem chance. Este corpo de cem anos nunca vai gerar um filho". Ignorou décadas de infertilidade de Sara e foi persistente. Não foi reticente sobre a promessa de Deus, com questionamentos. Em vez disso, mergulhou na promessa e se fortaleceu. Ficou à disposição de Deus, certo de que Ele cumpriria o que tinha dito. É por isso que se diz: "Abraão foi declarado justo diante de Deus ao confiar que Deus o justificaria". Mas não é só Abraão: o mesmo acontece conosco! (A promessa é também para nós. Deus prometeu fazer a nós, filhos de Abrão, a mesmíssima coisa que Ele fez ao nosso pai. Tudo que precisamos fazer é não atentar para as nossas limitações, incapacidade, mas na promessa de que Deus fará o que prometeu) O mesmo é dito a respeito de nós, que aceitamos e cremos naquele que trouxe Jesus à vida quando, de igual modo, não havia mais esperança. O Jesus, que foi sacrificado, fez-nos aceitáveis diante de Deus, tornou-os justos perante Deus.

Então houve pelo menos quatro coisas que Abraão precisou fazer para ver as promessas de Deus se cumprir em sua vida. Ele precisou ser humilde para rejeitar o seu arrazoamento e aceitar a Palavra de Deus; ele precisou crer que Deus cumpriria o que disse; Abraão teve que obedecer incondicionalmente àquela Palavra e ser persistente Nela, e essas quatro atitudes precisavam andar juntas durante todo o tempo que fosse necessário. Esse deveria ser o seu foco.

Abraão Tinha o Foco Certo

Portanto o que garantiu a Abraão a sua vitória foi de que ele não se focou naquilo que estava morto, mas na Palavra de Deus que poderia dar vida ao que estava morto. Abraão creu no poder de ressurreição que há no "Assim Diz o Senhor".

O Dia da Vitória (21/04/1963) §§ 170-173

Se a Bíblia diz Isso, leia isso da maneira como ela diz, e diga a mesma coisa que a Bíblia diz. Assim é quando você mantém o seu foco certo, veja, de volta ao que a Palavra diz. Agora, nós verificamos que eles... você tem o seu - seu... você está fora de foco aí. Agora, Abraão teve o seu foco certo, porque Deus disse: "Eu vou fazer você ser pai de nações", quando ele tinha setenta e cinco anos e Sara sessenta e cinco anos. E ele acreditava em Deus. Ele, o que ele fez? Ele colocou o seu foco no que o ASSIM DIZ O SENHOR era. Sim senhor. E ele andou diretamente com isso, no que o ASSIM DIZ O SENHOR era. Dia após dia, ele andou. Ano após ano, ele andou, confessando: "Qualquer coisa contrária a isso estava - não estava certo. Não, senhor. Tinha que ser assim. Deus disse assim".

Quem crê na Palavra de Deus não necessita de nenhuma outra palavra persuasiva de neurolinguistica. Basta apenas crer e confiar em Deus. E como vimos, os mesmos resultados que Abraão obteve, são também prometidos para a toda a sua descendência, tanto a natural como a espiritual, judeus e gentios. Então a promessa não é apenas para um povo que cumpre com as ordenanças da lei mosaica, mas para todos que são filhos segundo a promessa.

Alguns grupos cristãos afirmam que é necessário cumprir a lei para se obter os benefícios das promessas, pois são somente estes que se tornam de fato herdeiros e agraciados por elas, mas Paulo disse que se a nossa herança dependesse da lei, então a nossa fé seria vã, como seria igualmente a de Abraão, pois era ainda incircunciso na carne quando recebeu a promessa.

Romanos 4:14

Porque, se os que são da lei são herdeiros, logo a fé é vã e a promessa é aniquilada.

E lembre-se novamente que ele não recebeu a promessa por algo que ele precisou fazer, mas por aquilo que Deus mesmo disse que faria. Se alguém fizer como os que guardam a lei, que pensam que tudo depende de seus próprios méritos, então sua fé é vã, uma vez que ele pensa que é colaborador com Deus, repartindo consigo mesmo aquela glória que deveria ser apenas Dele. Abraão não se focou nas suas limitações, porém nem muito menos em alguma virtude sua, mas unicamente no poder vivificador de Deus. Então o que a Palavra de Deus nos ensina é de que a promessa é para todo aquele que crê, e é naquilo que está escrito na Palavra que os filhos de Deus devem se focar.

A Palavra de Deus é o Nosso Visor de Alcance

Para se ter um bom foco é preciso ter um bom visor de alcance, e o Visor de alcance do cristão é a Palavra de Deus, que faz com que ele deixe os seus próprios pensamentos de lado para conhecer e aceitar os pensamentos de Deus.

Olhe (28/04/1963) § 52

Bem, é dessa maneira às vezes, ficamos sem foco. Precisa-se de um Visor de alcance. E nós tentamos colocar algo de Deus de volta para outro lugar, e alguma outra coisa, talvez não tenhamos usado o nosso Visor de alcance. Deixemos o Espírito Santo tirar nossas ideias para longe de nós mesmos e nossa teologia da igreja, e que o Visor de alcance entre e nos conecte, e você não verá três ou quatro. Você verá um objeto, de Deus. Vê?

Olhe (28/04/1963) § 95

E a sua fé somente pode estar baseada em uma única coisa, que é a Palavra. Amém. Agora, eu me sinto como um batista gritando. Sim senhor. Vê? Quando você chega a essa Palavra, essa é a coisa viva. Que é a Palavra. Quando a sua mente e os seus olhos podem escolher a essa Palavra, e focar-se nisso até você ver exatamente o que Deus está fazendo, que coisa maravilhosa.

Focados em Cumprir Toda a Palavra

Quando focamos nossas vidas na Palavra nós nos tornamos a própria Palavra, pois estamos procurando nos identificar não somente com a letra, mas também com o Espírito da letra. O foco de Jesus estava em cumprir com a Palavra de Seu Pai, e esse deve ser também o foco da Igreja. É isso que todos aqueles que possuem a mesma mente de Cristo devem fazer. Não saber o que o homem pensa, mas o que a Palavra de Deus ensina. Não atentar no que os grupos religiosos dizem que você precisa fazer, mas naquilo que Deus em Sua Palavra diz para ser feito.

Olhe (28/04/1963) § 68

Devemos focar nossas vidas. Não no que outra pessoa diz, mas focar nossas vidas Nele. E Ele é a Palavra. Vê? Se mantivermos nossas vidas alinhadas com a Palavra, então a Palavra e a nossa vida se tornam a mesma. Ele disse: "Se vós permanecerdes em Mim, e a Minha Palavra em vós, então pedireis o que quiserdes e vos será feito. Em verdade Eu vos digo, que se disseres a esta montanha: 'Mova-se' e não duvidares em seu coração, mas credes que o que disseres acontecerá, podereis ter o que disseres". Oh que coisa! "Não é o que Eu disse. O que tu disseres, podereis ter" porque você e Ele se tornaram o mesmo. Porque a mente que estava em Cristo está em você. E a mente que estava em Cristo era cumprir a Palavra do Pai. (Jesus estava focado em cumprir a Palavra de Deus. Não somente ouvir a Palavra, mas cumprir. Nós já vimos em outra ocasião que aquele que ouve, mas não cumpre, Cristo chamava de insensato. Satanás tentou convencer Jesus no deserto a fazer algo que não estava ordenado naquele momento a fazer. Isso porque Ele não estava focado no que os outros Lhe diziam, mas no que a Palavra de Deus Lhe falava e a Palavra estava Nele, de modo que ambos eram um. E se estivermos focados na Palavra seremos um com Ela) A qual, Ele era a Palavra. Aí está você. Então você e a Palavra estão focados juntos. Você se torna uma unidade viva de Deus. Quão grandioso!

Então uma vez que a vida da Noiva de Cristo se torna a mesma com a Palavra por estar focada Nela, isso torna a Noiva e a Palavra a mesma coisa, e como disse o irmão Branham, somente aquele que pertence à Noiva Palavra, que são aqueles que estão focados e vivendo a Palavra, é que poderão se assentar no trono do Senhor Jesus Cristo. Portanto estar focado na Palavra significa crer e viver a Palavra.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja, págs. 325-326

Não haverá uma só pessoa que se assentará no trono do Senhor Jesus Cristo sem que tenha vivido essa Palavra. Suas orações, seus jejuns, seus arrependimentos - não importa o que você apresente a Deus - nada disso lhe dará o privilégio de assentar-se naquele trono. Será concedido somente à Noiva PALAVRA. Assim como o trono do rei é compartilhado com a rainha porque ela está unida a ele, assim também somente aqueles que são dessa Palavra, assim como Ele é dessa Palavra, compartilharão daquele trono.

Isso quer dizer que quando nos focamos na Palavra de Deus nos tornamos em unidade com esta Palavra ao ponto em que nós e Cristo também nos tornamos a mesma Pessoa.

Olhe (28/04/1963) § 86

Devemos lidar com nossas vidas e focá-las na Palavra de Deus. Assim como gostaríamos de fazer com uma câmera fotográfica, ou tentamos obter o foco certo antes de ligá-la, e então obtemos a imagem real e verdadeira. É o que queremos fazer, focar nossas vidas em Jesus Cristo, para que Cristo e você se tornem a mesma Pessoa. Você é um filho adotado para Deus pelo Sangue do justo Jesus Cristo.

Talvez algumas pessoas disseram a Abraão que ele nunca teria um filho com Sara, mas ele não estava focado no que os outros falavam. Da mesma forma, qualquer voz que fala algo contrário à Palavra deve ficar fora de foco, ou do contrário o seu cumprimento estará em risco.

Olhe (28/04/1963) §§ 126-128

Então quando a fé que está em você foca você nessa Palavra, você está focado para longe de todas as denominações e credos e tudo mais. Você está focado diretamente na Palavra de Deus. Você está zerado. Só precisa de uma pequena ignição. Amém. Essa oração voa diretamente na Presença de Deus, porque não há nada para detê-la. Sim. Isso é o que é, quando você está zerado com Deus, focado, então você está olhando para o alvo. Você não está olhando para o que alguém diz: "Isso não pode acontecer, e isso não pode acontecer". Você está olhando para o que você sabe que aconteceu. Olhe para o seu alvo. Veja onde eles atingiram. Se atingiram nesse dia, Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Tire do foco todos esses credos e coisas que você misturou. Volte para a Palavra, então confesse a sua incredulidade, e deixe Deus tomar o Seu Espírito Santo e direcionar a tua visão diretamente em Jesus Cristo. Nós estamos olhando para Ele então, não no que alguém diz.

Focando no Plano de Deus

Não há como manter o foco na Palavra e ao mesmo tempo no que os outros dizem. Eva falhou porque não estava focada somente no que o seu marido lhe disse, mas também no que a serpente estava lhe dizendo. Ela tentou juntar ambas as vozes, mas todo o plano de Deus está em uma única Voz e em uma só Palavra. Não há como misturá-las.

O Dia da Vitória (21/04/1963) §§ 77-78

Foi isso que rompeu com a comunhão no Éden, porque Eva não conseguiu manter o foco, olhando para a Palavra de Deus e ouvindo os arrazoamentos do inimigo. Vê? Vê? Se ela simplesmente permanecesse certa com: "Deus disse assim. Está resolvido. Deus disse assim", mas ela não queria fazer isso. Vê? Ela mudou o foco de sua lente e começou a ver, em vez de ser apenas de uma maneira, se tornava de duas maneiras. Vê? Ela viu: "Bem, agora, talvez esse homem possa estar certo. Talvez ele esteja certo. Agora, sabemos que Deus está certo e talvez ele esteja certo. Isso é apenas mais luz sobre o que Deus disse". Vê aí? Aí está a mesma coisa que acontece hoje, exatamente de volta ao mesmo ponto. Vê? Vê? Você vê duas ideias. Há somente uma. Não há nenhum credo. É a Palavra, a Palavra de Deus, o propósito de Deus, o plano de Deus. Todos os outros planos não são bons.

No dia 11 de junho de 1933, exatamente hoje a 84 anos atrás, Deus visitou o Seu profeta enquanto ele fazia batismos no rio Ohio, e uma Coluna de Fogo apareceu com uma voz lhe dizendo: "Assim como João Batista precursou a primeira vinda de Cristo, tua Mensagem precursará a Sua segunda vinda". Ele tinha apenas 24 anos de idade, e muitas vozes apareceram para se opor ao seu chamado, mas o irmão Branham se manteve firme, se separando de toda incredulidade e focando apenas no que aquela Voz lhe falou, até que finalmente a Mensagem veio.

Olhe (28/04/1963) §§ 204-205

Não importa o que os outros digam: "Oh, você é um zero à esquerda. Você deveria..." Eu não me importo com o que eles dizem. Eu ainda assim creio em Deus. Eu me focalizei na Palavra e conheço a Verdade. Ninguém jamais conseguiu me sacudir dela ainda. Enquanto Deus segura o meu coração diretamente nessa Palavra, eu permanecerei aí. Amém.

O foco do irmão Branham era estar centrado na Palavra, porque Deus disse a ele que enquanto ele priorizasse a Palavra e não focasse os seus olhos nos problemas seu ministério prosperaria.

A Ressurreição de Jesus (05/04/1956) § 3 [Sem tradução]

Se as pessoas pudessem se posicionar e manter a sua fé centrada, (Ou seja, focada, sem se desviar ou misturar com nada) não em situações atuais, (oposição, problemas, vozes contrárias, etc) mas sobre o que Deus disse... Se você consegue se lembrar que não importa o que vem ou o que vai, e o quão impossível isso pareça ser, contudo, a Palavra de Deus assumirá o Seu lugar toda vez. Vê? Em face de cada dificuldade, nada, nada pode tomar o Seu lugar. Ela tem preeminência, porque Ela não é outra senão o próprio Deus na Palavra falada. E Ela tem que acontecer. Todos os meus dias tentei solenemente manter as pessoas na Palavra de Deus, pois essa foi a Sua promessa para mim. Ele me disse que Ele me abençoaria onde quer que eu fosse, e que isso prosperaria, e que a obra do Senhor deveria crescer. Mas que a Palavra, que eu deveria estar seguro de que a Palavra estivesse em primeiro lugar em tudo. E isso é o que tentei fazer, tentei manter-me humilde, manter em uma posição onde eu possa me entregar a Ele para ouvir a Sua Voz quando Ele fala.

E foi exatamente isso que o irmão Branham fez até o fim de seu ministério. Ele teve que ser humilde, fiel e obediente à Palavra e ficar persistentemente focado Nela. E quando cada filho de Abraão se foca na Palavra, já não é mais possível ser movido de um lado para o outro por todo vento de doutrina.

Olhe (28/04/1963) §§ 107-108

Às vezes não conseguimos esperar de uma noite para a outra. Às vezes não conseguimos esperar de um avivamento para o outro. Temos que sair e nos enredar com as coisas do mundo. Como deveríamos nos envergonhar de nós mesmos. Antes de virmos aqui para confessar e entrar nesse Sangue de Jesus que nos purifica de todo pecado, deveríamos focar em nós mesmos, para ver aquele verdadeiro Deus vivo de pé ali, que fez a promessa: "O céu e a terra passarão, mas a Tua Palavra não pode falhar". Mantenha-se bem aí, então você não será jogado por ventos de doutrina, levado de lugar em lugar, de um lugar para o outro.

Deixando a Incredulidade Fora de Foco

Então veja que dizer que você deve se focar na Palavra e não no que os outros dizem, significa que você não está atento a nada mais, a não ser naquilo que a Palavra de Deus ensina. Se você ouvir a incrédulos e céticos, você perderá o foco do programa de Deus para você. Deus tem um programa para cada um de Seus filhos, e todos os filhos de Deus somente foram vitoriosos porque souberam focar toda a sua fé na Palavra e confiaram no cumprimento Dela. É verdade que o diabo fará você desistir, mas quando Abraão conheceu a vontade de Deus, ele focalizou toda a sua vida e confiança no que Deus disse que iria fazer, podendo levar o tempo que fosse necessário. Ele se afastou da sua parentela e de toda a influência incrédula para poder cumprir com a Palavra de Deus. E é assim que cada filho de Deus deve se portar.

Olhe (28/04/1963) §§ 97-101, 104

É isso que cada crente genuíno precisa fazer. Se separar desses duvidosos e incrédulos, e andar com Cristo. Isso é Vida para você. E Abraão fez tal coisa. E vinte e cinco anos depois, verificamos que ele ainda acredita na mesma promessa. Por quê? Ele havia focado a sua mente na vontade de Deus, pela Palavra de Deus e acreditava Nela. Se pudermos nos focar no plano de Deus, no que Deus quer para nós, e o que Deus nos prometeu, e deixar tudo mais de lado. Não importa quanto tempo leve, apenas continue crendo. Romanos 4 aqui, encontramos Romanos 4:14. (Na verdade é o versículo 20) Disse: "E ele não duvidou da promessa de Deus por incredulidade". Ele não deixou que a incredulidade o contaminasse. Ele olhava para uma coisa, ou seja, para a Voz que falou com ele. É isso que a Igreja deveria fazer hoje. Olhar para uma única coisa, a Voz, a Palavra de Deus que nos fala. As igrejas e as pessoas podem falar de qualquer maneira. Mas, olhe para a Voz. Para o que estamos olhando? (...) Abraão sabia que o seu - seu corpo era tão bom quanto morto, mas ele não considerava o seu próprio corpo. Ele não considerava a morte do ventre de Sara. Uma jovem, casou-se com sua meia-irmã, viveu com ela durante todos aqueles anos. E agora ela tem noventa anos e ele tem cem anos. Mas ele nem pensou nisso. Isso nem sequer veio em sua mente. Por quê? Ele tinha deixado toda a incredulidade fora de foco. Oh, glória!

O irmão Branham disse que Moisés da mesma maneira somente pôde ver a vitória e a promessa de Deus se cumprir, porque ele focou toda a incredulidade para fora de sua vista.

Olhe (28/04/1963) § 119

Moisés viu a vitória. Por quê? Ele se focou. Embora fosse um príncipe, embora fosse herdeiro do trono do Egito, ele se focou para longe da concupiscência do mundo. Ele se focou para longe da beleza e poder que ele tinha dentro de seus próprios potenciais para receber. (Em outras palavras, não buscou nos seus próprios méritos a sua vitória, não focou em suas habilidades naturais, mas naquilo que Deus mesmo poderia fazer por ele) Ele tirou tudo isso de foco até ver um povo abençoado lá, pela promessa de Deus. Ele se focou, porque sabia que Deus prometeu a Abraão que visitaria o Seu povo. E ele sabia que ele foi criado para esse propósito, e ele deixou tudo fora de foco.

Nós já mencionamos em outra ocasião de que para que se tenha uma confissão de fé correta é preciso primeiro ser ensinado corretamente, para que a confissão da boca esteja em sintonia com a Palavra revelada. Mas quando alguém rejeita a Palavra não é mais possível estar focado em Deus na espera de Suas promessas, pois o cumprimento está limitado à obediência a essa Palavra. Abraão, Moisés e tantos outros só foram vitoriosos porque obedeceram à Palavra na Qual se focaram.

Olhe (28/04/1963) §§ 121-125

Ninguém, depois de ter recusado a Palavra de Deus, pode se focar Nela, porque você recusa a Palavra que o traz para o relacionamento de Cristo. Isso mesmo. Então... Mas Moisés olhou para fora desta janela, ele acreditava. Por quê? Moisés olhou pela fé. Foi assim que Moisés olhou. Agora ouça atentamente a esta observação. Fé! Agora, não esqueça de obter isso agora. A fé é projetada para ver o que Deus quer e deseja. Não há conhecimento que possa fazer isso. Só a fé é projetada e dá à raça humana, para descobrir qual é a vontade de Deus. E você que toma a sua fé que obteve, e não foca ela com a Palavra, então deixe-a de lado. Você recebeu a fé errada. Mas quando a sua fé que é dada por Deus foca você com a Palavra de Deus, você está diretamente na fila e zerado. Oh que coisa! Que Deus nos ajude nesta hora, nesta boa hora em que vivemos. Fé, projetada para ver o que Deus quer! Como você vê isso? Através da câmera de Sua Palavra, Sua promessa. Esta é uma revelação completa de Jesus Cristo.

A Cura de Naamã

Embora nós tenhamos citado exemplos de pessoas como Abraão e Moisés que ficaram focados na Palavra de Deus, nós podemos também citar exemplos de gentios no Antigo Testamento que se beneficiaram das promessas de Deus por terem perseverado e focado no que o "Assim Diz o Senhor" ordenou que eles fizessem.

O general sírio Naamã foi curado da sua lepra depois de ter mergulhado sete vezes no rio Jordão, conforme a ordem que lhe foi dada pelo profeta Eliseu.

2 Reis 5:10-14

Então Eliseu lhe mandou um mensageiro, dizendo: "Vai, e lava-te sete vezes no Jordão, e a tua carne será curada e ficarás purificado". Porém, Naamã muito se indignou, e se foi, dizendo: "Eis que eu dizia comigo: 'Certamente ele sairá, pôr-se-á em pé, invocará o nome do Senhor seu Deus, e passará a sua mão sobre o lugar, e restaurará o leproso'. Não são porventura Abana e Farpar, rios de Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Não me poderia eu lavar neles, e ficar purificado?" E voltou-se, e se foi com indignação. Então chegaram-se a ele os seus servos, e lhe falaram, e disseram: "Meu pai, se o profeta te dissesse alguma grande coisa, porventura não a farias? Quanto mais, dizendo-te ele: 'Lava-te, e ficarás purificado'." Então desceu, e mergulhou no Jordão sete vezes, conforme a palavra do homem de Deus; e a sua carne tornou-se como a carne de um menino, e ficou purificado.

A expressão "sete vezes" na Bíblia na maioria das ocasiões não são literais. O que foi ordenado era de que aquele gentio deveria mergulhar muitas vezes no rio. Portanto não foi dito a ele que a cura seria espontânea, mas que ele deveria persistir nela, mergulhando no rio até que ela acontecesse, e ele só deveria parar de mergulhar depois que a lepra fosse embora. Este homem precisou ser humilde para aceitar a Palavra do profeta de Deus; teve que obedecer aquela Palavra, e teve que crer na Palavra. Mas o fato de que ele deveria mergulhar várias vezes significa que ele deveria persistir em sua fé, obediência e humildade em cada mergulho. Após receber a sua cura, o gentio Naamã prometeu sacrificar somente ao Deus de Israel. Portanto mesmo sendo um gentio, aquele sírio era um filho espiritual de Abraão, porque ele teve que fazer a mesma coisa que aquele patriarca fez. Naamã precisou estar focado naquela Palavra e não desistir até que aquela Palavra se cumprisse, não importava o tempo que levasse.

Focar na Persistência

Na verdade, todo o sucesso é fruto de muita persistência. Thomas Edson somente pôde produzir a sua lâmpada elétrica depois de ter elaborado mais de 3 mil teorias sobre como fazê-la e após ter realizado mais de 6 mil experimentos. Ele tinha uma boa ideia, mas precisou persistir e focar-se nela até que se convertesse em uma coisa real.

Da mesma maneira, o foco na Palavra de Deus deve ser persistente, ainda que a resposta custe a chegar.

2 Crônicas 7:14

Se o Meu povo que se chama pelo Meu nome, se humilhar, e orar, e Me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então Eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a vossa terra.

Quantas vezes um filho de Deus precisa se humilhar, orar e buscar? Sete vezes, ou seja, muitas vezes. Ele precisa persistir nisso até que Deus lhe ouça e responda. Esse deve ser o foco do cristão. Persistir nas promessas até vê-las se cumprir, porque se há uma promessa de vitória na Palavra de Deus, essa vitória deve ser buscada até o fim, porque é Deus mesmo que Se encarrega de cumprir as Suas promessas.

Olhe (28/04/1963) § 161

Seja persistente, como a pequena mulher siro-fenícia. Não importa quantos desapontamentos ela teve, quando ela desceu, ela ainda tinha se focalizado de que aquilo era Deus. E ela veio até Ele e obteve o que ela pediu, porque ela tinha o seu foco certo. Ela teve isso, não importa quantos ventos contrários viessem, e dizendo: "Os dias dos milagres passaram. Seu marido irá deixá-la". Isso não a incomodou nem um pouco. Aquela bala foi direto ao seu ponto. Amém. Podemos nos focar...

O irmão Branham disse que as provações também servem para ajudar os filhos de Deus a se focarem em Sua Palavra e a desenvolver a sua paciência.

O Dia da Vitória (21/04/1963) §§ 150-152

Deus permite que decepções aconteçam para mostrar a vitória. Oh, se pudéssemos ver isso! Vê? Você só teria que ver que essas coisas que parecem estar incomodando tanto você e perturbando você são provações. Elas são coisas, para ficar quieto, para concentrar o seu foco na Palavra de Deus. E fale a Palavra, e depois simplesmente avance. Isso é tudo o que há para se fazer. Nós chegamos a um tempo em que dizemos: "Deus, eu não sei o que fazer. Eu estou contra isso". Fale a Palavra: "Senhor, eu creio". E apenas comece a seguir em frente. Deus faz a abertura do mar. Você simplesmente continue andando. Vê?

Apenas confesse a Palavra e deixe que Deus A interprete.

O Foco Depende do Que Você Quer Ver

Nós precisamos do Espírito Santo para focar a nossa atenção na Palavra a fim de provar que Ela é verdadeira.

Olhe (28/04/1963) § 67

Ele disse, quando Ele esteve na terra: "Um pouco e o mundo não Me verá mais. No entanto, vós Me vereis, pois Eu estou convosco até o fim do mundo". Aquele que poderia dirigir a Palavra, e ser a Palavra, e direcioná-la diretamente ao alvo, esse mesmo Senhor Jesus está aqui esta manhã na forma do Espírito Santo, para dirigir os nossos pensamentos e nos focar, Sua Palavra, a um Deus verdadeiro e vivo, a um propósito, a uma conquista. E se nós apenas O deixarmos fazer isso, Ele irá focar a Palavra diretamente em um ponto que provará que Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Depende do que você quer ver.

Centrados no Calvário

Devemos nos centrar e nos focar no Calvário, o que significa morrer para os nossos próprios pensamentos. Não importa o que aconteça, nada deve tirar o nosso foco da Palavra. Se alguém põe a mão no arado, ele não pode recuar e olhar para trás, mas manter-se focado naquilo que Deus nos ordena a fazer.

Os Memoriais de Deus à Prova do Tempo (18/08/1957) § 27 [Sem tradução]

Jesus disse: "Aquele que põe a mão no arado e até mesmo se volta para olhar para trás, não é digno de arar". Que tipo de pessoas deveríamos ser? Eu... Aquele que põe a mão no arado e, mesmo assim, não retorna, mas se volta para olhar para trás, nem sequer merece o arado. Oh, devemos manter os olhos e os corações numa só coisa. Não importa o que as outras pessoas façam, o que a igreja faz, o que o vizinho faz, o que algum outro faz, mantenha o seu coração centrado no Calvário. Nem sequer pare para olhar para trás. Nós não temos tempo de olhar para trás.

Olhe (28/04/1963) § 153

Foque-se em Jesus e só Nele. Olhe para Ele, e você verá o propósito de Deus.