Gerados Pela Palavra

11/12/2016

Gerados Pela Palavra

Cardoso Moreira-RJ

11 de dezembro de 2016

Diógenes Dornelles

Nós já tratamos em outras ocasiões sobre o problema de alguém ter obtido o conhecimento correto da doutrina e ainda assim não ter a sua vida transformada por isso. Também já tratamos do problema de alguém viver uma vida religiosa pensando que isso possa fazer dele um cristão. Mas a menos que a Mensagem ilumine a mente do crente ele jamais poderá se tornar um cristão verdadeiro. Muitos que se tornam membros de igrejas e que professam alguma fé, mas que não perseveram são na verdade o que poderíamos chamar de "quase cristãos", porque eles aceitam as Escrituras e até creem nelas, mas não conseguem obter a revelação da Palavra em suas vidas.

Os Quase Cristãos

Atos 26:27-29

"Crês tu nos profetas, ó rei Agripa? Bem sei que crês". (Veja que Agripa não era um incrédulo. Ele conhecia as Escrituras e cria Nelas. Porém o que estava lhe faltando agora era de somente receber a revelação de que elas estavam sendo cumpridas em seus dias e tomar uma posição nisso) E disse Agripa a Paulo: "Por pouco me queres persuadir a que me faça cristão!" E disse Paulo: "Prouvera a Deus que, ou por pouco ou por muito, não somente tu, mas também todos quantos hoje me estão ouvindo, se tornassem tais qual eu sou, exceto estas cadeias".

O rei Agripa disse a Paulo: "Você quase me convenceu a ser um cristão". Agripa, assim como tantos outros, teve acesso à informação e ao conhecimento da Palavra, mas isso nunca terá qualquer efeito na vida de alguém a menos que a Palavra seja revelada em seu coração. E da mesma maneira hoje, muitos estão em igrejas vivendo algum tipo de religião, mas continuam na mesma condição espiritual de Agripa, como um "quase cristão". E haverá muitos "quase cristãos" no tempo do fim. Haverá muitos "quase cristãos" passando pela Tribulação. Eles terão acesso ao conhecimento da Palavra, mas mesmo assim Ela não lhes será revelada. Conheço várias pessoas que estudaram a doutrina e chegaram até dar o seu testemunho de fé por ela, mas não se firmaram por tempo suficiente e acabaram abandonando tudo. Posso ver em cada um destes que não avançaram o mesmo estado espiritual de Agripa se repetindo em suas vidas dizendo para mim: "Você quase me convenceu disso. Você quase fez de mim um cristão".

Mas se Agripa tivesse se tornado um cristão, não seria exatamente porque Paulo houvesse feito dele um cristão, mas porque a própria Vida de Cristo havia se revelado a ele. Ninguém é cristão por seguir a um ministro ou por pertencer ao ministério de um homem, mas por seguir a Cristo somente. Ninguém se torna cristão por apenas viver uma vida religiosa. Nos dias de Jesus, houve um jovem rico que conhecia muito bem a parte mecânica da religião, e essa estava sendo cumprida por ele perfeitamente, mas porque ele não conseguiu fazer uma renúncia completa, ele se tornou um crente pela metade, que hoje seria o equivalente a um meio ou quase cristão.

Mateus 19:16-23

E eis que, aproximando-se Dele um jovem, disse-lhe: "Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?" E Ele disse-lhe: "Por que Me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos". Disse-Lhe ele: "Quais?" E Jesus disse: "Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo". Disse-Lhe o jovem: "Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?" Disse-lhe Jesus: "Se queres ser perfeito, (Tudo que o rico disse estar fazendo era apenas mecanicamente, mas se ele desejasse algo mais dinâmico em sua vida, Jesus então lhe dará um conselho) vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-Me". E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades. Disse então Jesus aos seus discípulos: "Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus.

Jesus lhe deu a instrução de vender seus bens porque Ele discerniu o coração do rico e viu que toda a sua vida estava focada apenas nisso, mesmo vivendo uma vida religiosa. Porém a solução que Jesus estava dando não era exatamente do desapego dos bens em si, porque muitas religiões hoje - principalmente as orientais - ensinam isso e seus adeptos até cumprem isso muito bem, mas nem por isso significa que elas acertaram no alvo. O objetivo de Cristo era de dizer ao jovem: "Livre-se de tudo aquilo que impede você de seguir a Mim". No caso daquele jovem, o que lhe impedia era a sua riqueza. Para Agripa, o seu impedimento para seguir a Cristo era o seu cargo, dado a ele por Roma. Para outros, o que lhes impedem de seguir a Cristo é de ter que renunciar as suas teologias.

Então veja que muitos ficariam surpresos se soubessem o que realmente é um "quase cristão". Tomando ainda como o exemplo do jovem rico, um "quase cristão" crê em Deus, não possui ídolos em sua vida ou qualquer objeto de adoração além de Deus. Um "quase cristão" é exatamente como aquele mancebo rico que honra a Deus. Eles guardam o dia do Senhor, não trabalhando naquele dia em consideração a Deus. O quase cristão não adora imagens de escultura, não fala o nome de Deus em vão, honra o pai e a mãe, não mente, não rouba, não mata, não comete adultério, não dá falso testemunho contra o seu próximo, não cobiça o que o seu vizinho tem, etc; mas mesmo fazendo tudo isso ele ainda pode ser um "quase cristão". Paulo também chegou a dizer que o "quase cristão" tem uma forma de piedade, e João disse que nosso amor a Deus não se demonstra somente com palavras, mas com atitudes.

1 João 3:18

Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas em obras e em verdade.

Mas isso não significa que basta alguém viver uma vida religiosa para se declarar um cristão; um membro de igreja pode viver uma vida limpa e honesta e ainda assim estar perdido se estiver apoiando um ensino que seja contrário à Bíblia.

Porque Não Somos Uma Denominação (27/09/1958) §§ 106-107

Agora, isto é duro mas qualquer coisa que ensina contrário a esta Bíblia, é um falso profeta. Não me importa quão polida possa ser, é uma falsa profecia. Isso mesmo. "Oh, tudo está bem desde que você tenha seu nome no livro." Você pode ter seu nome em uma dúzia de livros, se você não estiver no Livro da Vida, você está perdido! Você pode ser extremamente bom, pode ser tão leal, e limpo e digno quanto possa ser, isto não terá nada a ver com o assunto.

A Evidência do Batismo do Espírito Santo

O irmão Branham nos ensinou que você precisa muito mais do que simplesmente ser um membro de uma igreja e batizado nas águas para entrar no Reino dos Céus. Você precisa ser batizado pelo Espírito de Deus, de outra maneira tal membro não passará de um quase cristão.

O Único Lugar Provido Por Deus Para Adoração (28/11/1965) §§ 273-275

Está vendo Quem é a Porta? Onde Deus pôs o Seu Nome? Em Jesus. Como você entra em Seu Nome? Como entra ali? Sendo batizado ali! Como? Por água? Pelo Espírito! "Um Senhor, uma fé, um batismo." (Muitos pensam que esse batismo refere-se ao batismo nas águas em nome do Senhor Jesus Cristo) Isso é o batismo do Espírito Santo. O batismo em água somente põe você em companheirismo com o povo, que você reconheceu que aceitou a Cristo. Essa é a Verdade. Mas é o batismo do Espírito. Eu posso invocar o Nome de Jesus sobre você e batizá-lo. Isso não faz que seja assim. (Ou seja, não produz o novo nascimento) Todavia, uma vez que o Espírito Santo realmente... a Palavra genuína entre em você (a Palavra, Jesus), então, irmão, a Mensagem não é segredo para você então; você A conhece, irmão, Ela está toda iluminada perante você.

Veja que o irmão Branham associou o batismo do Espírito Santo com a Palavra genuína entrando no crente. Isso porque para o irmão Branham a evidência do batismo com o Espírito Santo no eleito é receber a Mensagem do dia em sua vida. Dizer que a Mensagem se iluminou para você significa dizer que quando você tem o batismo do Espírito Santo, você adquire a revelação da Palavra. Quando o eleito recebe a Palavra essa é então a evidência de que o Espírito Santo está sobre ele, porque em João 14 foi dito que seria o Espírito de Deus que revelaria todas as coisas para a Igreja, e foi exatamente isso que o irmão Branham entendeu quando Deus lhe falou sobre qual era a evidência do Espírito sobre o Seu povo.

Cisternas Rotas (26/07/1964) §§ 66-68

Hoje eu estava conversando com meu bom amigo, doutor Lee Vayle, (na verdade o irmão Vayle não possuía nenhum tipo de doutorado) o qual está presente agora. E ele é um teólogo e tanto, (porém o ir. Vayle não possuía nenhuma formação teológica, essa era apenas uma maneira do irmão Branham reconhecer o profundo conhecimento que o irmão Lee possuía das Escrituras) e assim nós geralmente temos alguma - temos algumas discussões muito boas sobre a Escritura. Muito inteligente. E ele me perguntou certa vez o que eu pensava acerca da evidência inicial do Espírito Santo: "Era falar em línguas?" Foi há muitos anos. Eu disse: "Não; não consigo entender isso." Ele disse: "Nem eu," disse, "ainda que me tenha sido ensinado isso." Ele disse: "O que o irmão pensaria ser a evidência?" Eu disse: "A mais perfeita evidência em que consigo pensar é o amor." E assim fomos falando sobre isso. E então eu pensei que isso soou muito bem de modo que simplesmente mantive isso: "Se um homem tem amor." Porém certo dia o Senhor, numa visão, me corrigiu. E Ele disse que: "A evidência do Espírito eram aqueles que podiam receber a Palavra," nem amor, nem falar em línguas, mas é receber a Palavra. (Ouvir a Palavra e ter a revelação ou ser iluminado por Ela) E então o doutor Vayle estava me dizendo, que: "Isso é escriturístico," ele disse, "porque, em João 14, Jesus disse: 'Quando vier sobre vós Aquele Espírito Santo, Ele vos revelará estas coisas, que Eu vos ensinei, e vos anunciará o que há de vir'." Então aí está a genuína evidência do Espírito Santo! Ele nunca me disse nada errado até agora. Que: "Isto é a evidência do Espírito Santo, é aquele que pode crer na Palavra." Se você pode recebê-La. Porque, Jesus nunca disse: "Quando o Espírito Santo vier, vós falareis em línguas." Ele nunca disse que quando o Espírito Santo viesse, vocês fariam qualquer dessas coisas. Porém Ele disse: "Ele tomará estas coisas de Mim e vo-las anunciará, e vos anunciará o que há de vir." (Isso é João 16:13) Então aí está a genuína evidência do Espírito Santo, conforme o próprio Jesus.

Então a evidência está em receber e aceitar a Palavra. E como o irmão Branham usou a Escritura de João 16, vamos ver o que mais essa Escritura diz que o Espírito fará:

João 16:13

Mas, quando vier Aquele, o Espírito de verdade, Ele vos guiará em toda a verdade; (Veja que a evidência de você ter o Espírito Santo é de você ser guiado por Ele. Você não anda e vive mais por sua própria conta.) porque não falará de Si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.

Seguidores de Cristo

Então veja que para aqueles que possuem a evidência do Espírito em si, esse mesmo Espírito lhe revela e anuncia a Palavra da verdade a fim de poder ser guiado Nela. E a Palavra que o eleito necessita receber é a revelação para o seu dia. Neste tempo do fim Deus usou o Seu profeta mensageiro para trazer para a Igreja a Palavra de Deus para esse tempo oportuno, a fim de que a Igreja possa então ser guiada pelo Espírito. O profeta não trouxe uma mensagem para que o povo seguisse a ele, mas para que fôssemos seguidores de Cristo, pois a evidência do Espírito não está em seguir a um homem, mas em seguir a liderança de Cristo, da mesma forma como Deus enviou Moisés até o Egito para que o Senhor fosse o guia de Israel para a terra prometida.

O Anjo do Senhor (02/05/1951) §§ 5, 34 [sem tradução]

E o Moisés de antigamente foi ordenado - o Senhor confiou a ele dois sinais para fazer diante do povo. E ele executou esses sinais uma vez e isso foi tudo o que ele fez. Israel creu a partir de então e - e seguiu o líder. Ora, estes sinais, não é para você me seguir, mas para seguir o que eu lhe digo. (Para seguir a Mensagem que ele estava pregando, que não era dele, mas de Deus, porque a Mensagem é o próprio Cristo) E esse sinal é este: que você deve seguir o Senhor Jesus Cristo. O Espírito Santo guiará você. (...) Agora, quando Ele primeiro apareceu lá atrás, Ele estava em um redemoinho em um arbusto para mim quando Ele apareceu. E eu venho como o Moisés de antigamente para lhe dizer para não seguir a mim, siga a Cristo. Creia Nele, que Ele está aqui - aqui para curar todos os doentes e necessitados. Você crê nisso?

É por essa razão que o irmão Branham nunca se identificava como sendo o Elias de Malaquias 4, que como sabemos, é o ministério que deveria surgir nesse tempo do fim com a doutrina apostólica, a fim de restaurar a fé original da Igreja. O que o irmão Branham realmente desejava era de que os cristãos não pusessem os olhos no vaso, mas no Deus que estava usando o vaso. Portanto o Elias não é outro senão o próprio Senhor Jesus Cristo.

Tentando Fazer Um Serviço Para Deus Sem Ser da Vontade de Deus (27/11/1965) § 212

Agora, temos tido Elias, e capas de Elias, e mantos de Elias, e tudo de Elias. Mas o Elias deste dia é o Senhor Jesus Cristo. ...Não um homem, Deus! Mas virá através de um profeta.

Mas por outro lado, embora nós não precisássemos seguir a um homem para nos tornar um cristão, por outro lado isso não significa que não podemos crer no homem, desde que ele esteja com a Palavra. Na verdade nós somente cremos na Mensagem porque primeiro tivemos que crer no irmão Branham e de que aquilo que ele nos disse era a verdade.

Moisés (10/01/1950) § 23-25 [sem tradução]

Agora, quando o Anjo veio a vosso servo aqui, Ele disse: "Se você fizer com que as pessoas creiam em você". Agora, aí está uma coisa difícil. "Se você conseguir com que as pessoas creiam em você..." Quantos crêem em Deus? Todos vocês, não é mesmo? Você crê em Cristo, você crê no Espírito Santo. Agora, essa não é a questão desta noite. Estou feliz por você fazer isso. Isso faz de você um cristão. (Crer em Cristo e seguir a Cristo. Não crer em um homem ou seguir a um homem) Mas não é a isso que eu estou tentando levar você - você agora. Eu chegarei a isso quando fizer o meu chamado de altar. Você deve crer neles primeiro. Se você não estiver em conexão com eles, você nunca saberá isso. Mas contanto que você creia neles, você ainda tem que acreditar que eu estou dizendo a verdade, e o que eu digo é a verdade. Jesus era o... Ele estava... Suas mãos estavam presas e atadas para qualquer milagre, ou qualquer coisa, qualquer tipo de milagre, porque o povo não acreditava Nele. E as mesmas pessoas que acreditavam em Deus O mataram. Isso está certo? Por mais que acreditassem em Deus... Eles eram muito religiosos, ortodoxos. Muitos religiosos. (Eram religiosos, porém eram incrédulos. E como já dissemos em outra ocasião, viver uma vida religiosa é o melhor disfarce para a incredulidade) E eles creram em Deus. Mas crer Nele, oh, não. Uh-uh. Vê? Isso era demais. Homem... Um homem? Eles não podiam crer em nenhum homem. Eles podiam crer em Deus. E esta noite, muitas pessoas podem crer em Deus. Com certeza. Você crê em Cristo, você crê no Espírito Santo, e assim por diante. Mas quando um homem vem a você e diz algo, isso é difícil de acreditar. "Não sei se posso crer ou não, amigo". Assim é onde está. Vê aí? Essa é a razão pela qual Deus não pode... Esse é o motivo pelo qual o seu pastor às vezes, quando o seu pastor vem até você. A razão pela qual ele não pode ajudá-lo, você tem que ter fé em seu pastor. Você tem que crer que ele é um homem de Deus, enviado por Deus para fazer essas coisas por Ele.

E o irmão Branham foi enviado até nós por Deus para que pudéssemos crer nele e na Sua Mensagem, e nós sabemos que o irmão Branham era um verdadeiro profeta de Deus por causa da Mensagem que ele pregou e também porque Deus vindicava essa Mensagem a cada reunião. Portanto não é o ministro que dá crédito a uma mensagem, mas será a mensagem que dará crédito ao seu ministério, se o que ele diz for verdadeiro. Alguns homens por ter adquirido o respeito e a simpatia das massas, trataram de usar da reputação por eles construída para justamente fazer com que as pessoas cressem em qualquer coisa que eles ensinassem, mesmo sendo um ensino carnal e falso. Então por causa do prestígio de um homem, o povo tem aceitado o que ele diz mesmo sendo uma mentira. Porém todo o ministro que pregar um ensino falso perderá a total credibilidade, ainda que ele tenha muitos seguidores para dar crédito ao seu falso ensino.

Embora o irmão Branham usufruísse do respeito e da admiração de muitos, ele nunca fez uso disso para tentar defender um ensino próprio seu, porque ele nunca tentou promover a si mesmo, a não ser Cristo. Portanto esse sempre foi o propósito do irmão Branham, que era de mostrar para a Igreja que somente em Jesus Cristo se encontra a Verdade, e de que Ele está em meio ao Seu povo para torná-la conhecida.

Então Jesus Chegou e Chamou (13/02/1964) § 3

Meu propósito em estar aqui é tentar ajudar o povo de Deus. Não tanto no que concerne a orar e impor as mãos sobre os doentes, mas que eles possam reconhecer Jesus Cristo em nosso meio, o Filho de Deus em nosso meio.

Manifestando as Mesmas Obras de Cristo

Então aquele que aceitou a Liderança do Espírito Santo não somente receberá a revelação da Palavra para este dia, como também terá que fazer as mesmas obras que Cristo fez quando esteve na terra.

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja, pág. 222

O Espírito de Deus estava poderosamente sobre Elias. Depois esse mesmo Espírito veio sobre Eliseu em duplo efeito. Então séculos mais tarde, o mesmo Espírito que chamamos de Espírito de Elias a fim de descrever Seu ministério, voltou sobre João Batista. Um dia esse mesmo Espírito identificado pelo mesmo tipo de ministério virá sobre um homem para o fim da era da igreja gentia. Além disso, a Escritura diz que Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e virtude e Ele andou fazendo o bem, curando a todos os oprimidos do diabo. Quando Jesus foi embora Ele disse a Seus discípulos para permanecerem até o Pentecostes em cuja ocasião o mesmo Espírito que estava sobre Ele voltaria e cairia sobre eles e os encheria. Então aquele corpo 'chamado para fora' (a igreja) estaria em Seu lugar sobre a terra, tomando o Seu lugar. E porque esse mesmo Espírito que estava Nele estaria neles, eles fariam as mesmíssimas obras. E qualquer povo que seja verdadeiramente o Corpo de Jesus Cristo (a verdadeira igreja) manifestará as mesmas obras que Jesus e a igreja pentecostal fizeram, porque o mesmo Espírito estará neles. Qualquer outra igreja que não tenha o Espírito e as manifestações vai ter que prestar contas a Deus.

Portanto não é esse profeta de Malaquias 4 que será o Guia da Igreja, mas o próprio Espírito Santo; a Palavra e a doutrina é do Espírito Santo. Alguém pode crer na Mensagem, mas isso na fará dele um cristão ou nascido de novo, a menos que creia em toda a Palavra e seja guiado pelo Espírito, porque essa é a evidência do batismo. Se alguém diz crer, mas discorda de algo do que a Palavra diz, este não pode ter o Espírito Santo.

Hoje Tem se Cumprido Esta Escritura (19/02/1965) § 146

O Espírito Santo é a Palavra de Deus em você que Se identifica ao aceitar essa Palavra. Fora disso não pode ser o Espírito Santo. Se diz que é o Espírito Santo e nega uma Palavra dessa Bíblia, isso não pode ser o Espírito Santo. Esta é a evidência, se você crê ou não.

Veja que aqui o irmão Branham diz que a evidência é crer. Quem não crê é porque não tem o Espírito, pois Ele nunca faria nenhum filho Seu duvidar da Sua própria Palavra. Portanto ninguém pode entender a Palavra a menos que tenha o Espírito Santo, e aquele que O tiver nunca irá se opor à Sua Palavra.

A Chave Para a Porta (07/10/1962) § 138

Ninguém pode entender a Palavra fora do batismo do Espírito Santo. E quando um homem diz que tem o batismo do Espírito Santo, e contesta a Palavra de estar certa, há algo de errado.

Se alguém diz ter um espírito ou um coração certo mesmo estando errado em sua doutrina, ele provará ter um espírito certo se não negar a doutrina certa depois de ouvi-la, pois o Espírito Santo jamais fará alguém rejeitar a Sua própria Palavra.

A Rejeição do Espírito

Portanto não pode haver nenhuma evidência do Espírito quando alguém rejeita a Palavra que o próprio Espírito vindicou.

É Sua Vida Digna do Evangelho? (30/06/1963) § 56

Quando Deus envia o Espírito Santo e bate na porta do coração de um homem, (Como que o Espírito Santo bate na porta do coração? Com a Sua Mensagem) e ele deliberadamente O rejeita, um dia ele O rejeitará pela última vez. (Quando alguém rejeita, é porque ele aceitou outro espírito com outra mensagem em seu lugar) E então você não terá um caráter privilegiado. Você pode se assentar em uma igreja e ouvir ao Evangelho e concordar com o Evangelho. Você pode fazer muito, como dizer: "Sei que isto está certo", mas nunca coloca um dedo Nisto para ajudar-se a si mesmo. Vê? Você simplesmente ouve a Isto, porque você diz: "Eu creio que Isso está certo." Isso é apenas para simpatizar-se com Isso. (Isso porque ele recebeu apenas uma fé intelectual, mas não foi iluminado por essa Palavra, porque quando a Palavra genuína entra no crente, ela não é mais um mistério para ele.) Eu poderia dizer: "Eu creio que isso são dez mil dólares." Isto não quer dizer que eu o tenho. Vê? Eu poderia dizer: "Esta é uma boa água fria," mas recusar em bebê-la. Sabe o que eu quero dizer? (O irmão Branham está dizendo muitas coisas aqui. Alguém pode dizer que concorda com a Palavra, mas nem por isso significa que ele a recebeu. Alguém pode até manifestar dons do Espírito, mas não significa que ele esteja selado pelo Espírito) E isto é Vida Eterna. E recusar a fazer isto, um dia você atravessará a linha entre o juízo e a misericórdia, e então você não terá o privilégio de vir e receber isto.

Se alguém possui o Espírito Santo ele não desprezará a revelação da Sua Palavra. Mas para que sua mente seja iluminada por essa revelação, o Espírito Santo necessita remover toda a teologia e credos para fora de sua mente.

Homem Chamado Por Deus (05/10/1958) § 96

Olhe, Ele encontrou um homem pelo nome de Paulo, um velho suposto fariseu, mas Ele teve como que surrá-lo antes que ele pudesse tornar-se um discípulo. Olhe o que Ele tem feito ao homem ao longo das eras. Ele teve que tomá-los e bombear suas teologias para fora deles. E Paulo, tão logo viu a visão, não foi até Jerusalém, até Gamaliel, o grande professor (o maior em Israel) por quem ele fora instruído; ele jamais voltou a ele para consultá-lo. (Paulo provou que tinha o Espírito Santo ao não decidir correr atrás de alguma liderança humana, algum homem para seguir. Tudo que Paulo precisou fazer foi receber a revelação do Espírito confrontando as coisas espirituais com as espirituais.) Ora, ele nem mesmo voltou a Jerusalém pelos próximos quatorze anos. Mas ele desceu ao Egito numa reunião de oração. Ali Deus permitiu-lhe escrever muitos livros do Novo Testamento. Está vendo? Deus está procurando um homem. Ele tinha alguém que Ele queria para escrever aquele Testamento, assim Ele simplesmente escolheu Paulo; e apenas tirou toda sua teologia fora dele. E Paulo disse que ele teve de esquecer tudo que ele alguma vez conhecera para aprender de Cristo. Deus, hoje, está tentando esvaziar-nos do mundo e fazer com que nós nos esvaziemos e sejamos homens e mulheres destemidos, que amem a Deus e permaneçam com Deus e que atravessarão a linha de separação (o Jordão) para que Ele possa usar-nos para Sua glória.

Mas Deus não pode usar alguém até que ele viva uma vida separada para Ele. A igreja natural busca por misturadores, enquanto que a igreja espiritual busca por separadores, e um dos atributos ou características dos filhos de Deus é de que eles amam a verdadeira Palavra de Deus, porque o Espírito Santo que está dentro deles os faz viver uma vida separada para a Palavra e de alimentar-se da Palavra.

A Maneira Para Ter Comunhão (09/10/1955) § 16

Eu amo a Palavra, você não? E sabe por que você ama a Palavra? Você tem o Espírito Santo em você. Pois a Bíblia diz que o homem não vive só de pão, mas de toda a Palavra que sai da boca de Deus. Então o Espírito Santo alimenta-se da Palavra.

A Cristandade em Estado Anêmico

Se não nos alimentarmos da Palavra ficaremos anêmicos. E é assim que a igreja se encontra em nossos dias. Ela está em estado anêmico, porque tem colocado em dúvida a Palavra de Deus. O ceticismo e a incredulidade têm feito com que muitos que se dizem cristãos não atuem como cristãos.

O Que é Preciso Para Vencer Toda a Incredulidade da Nossa Fé (29/07/1960) § 52 [sem tradução]

Logo após isso, ou antes disso, ele deu o grande capítulo 11 de Hebreus que consagra os heróis da fé: "Pela fé Moisés, pela fé Abraão, pela fé Enoque, pela fé Noé". Todos os grandes heróis da fé, dizendo então: "Vendo que estamos cercados por tão grande nuvem de testemunhas, deixemos de lado todo peso e o pecado (a incredulidade) que tão facilmente nos acomete". Aqui estamos nós esta noite, nas sombras da vinda do Filho de Deus, e ainda assim, encontramos a igreja em estado anêmico. Deveríamos ser grandes, fortes, poderosos guerreiros da fé, que abalariam uma nação. Deus nos dá isso. Nós simplesmente receberíamos isso. Então existem pequenas coisas sobre nós que nos impedem de correr. Vamos deixar de lado todos esses pequenos pesos agora, porque estamos olhando para o Autor e Consumador da nossa fé, Jesus Cristo, que foi feito homem na terra, e habitou entre nós, e Se fez pecado para que por Sua justiça pudéssemos ser perdoados de nossos pecados. Ele Se tornou como nós, pecadores, para que nos tornássemos Sua justiça. Em outras palavras, assim, Ele Se tornou eu, para que eu me tornasse Ele. Ele era o Filho de Deus; eu era um pecador. Ele tomou o meu lugar, tornou-Se um pecador, para que eu pudesse ser um filho de Deus. E quando vemos isso, isso deveria atrair a atenção de cada homem e mulher, para deixar de lado cada pequena conversa cética. Oh, eu amo isso. Ponha de lado cada peso, e a pequena incredulidade que tão facilmente nos acomete. Alguma coisa pequena surge e nós dizemos: "Bem, eu nunca ouvi isso antes". Busque isso nas Escrituras, se é a Bíblia, fique com isso.

É Necessário Nascer de Novo Para Compreender a Palavra

É por isso que o irmão Branham associava o batismo com o Espírito Santo ao novo nascimento, porque somente os que nasceram de novo é que poderão entender a Palavra e ser iluminados por Ela.

Abraão (24/06/1955) § 22

Ouça, primeiro você tem que ser nascido de novo do Espírito de Deus. Se você não for, você nunca entenderá a Palavra de Deus. Deus disse assim. Deus disse: "Eu escondi esta Bíblia dos sábios e entendidos, e revelarei aos bebês, os tais crerão". Se você deseja obter qualquer coisa de Deus, simplesmente seja como um bebê. Abra a Bíblia. Apaixone-se por Jesus.

Portanto a diferença entre ser batizado nas águas e ser batizado pelo Espírito de Deus é que, quando você é batizado nas águas isso apenas abre uma comunhão entre os crentes, mas quando você é batizado pelo Espírito de Deus, que é a genuína Palavra de Deus, isso é o Espírito de Deus entrando em você e tomando conta da sua vida. O Espírito de Deus através de Sua Palavra do dia vivifica você para a era em que você vive e a Mensagem não é mais um segredo, mas torna-se toda iluminada diante dos teus olhos.

Gerados Por Uma Semente Incorruptível

Aqueles que são nascidos do Espírito recebem a revelação da Palavra, razão pela qual são gerados de novo por essa mesma Palavra, que é uma semente incorruptível.

1 Pedro 1:23

Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela Palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.

Portanto o novo nascimento não é apenas uma experiência religiosa, pois qualquer um consegue esconder a sua incredulidade com uma religião. Mas o novo nascimento é a Palavra de Deus entrando em sua vida e vivificando você para a Mensagem do dia em que você vive. E a Mensagem desta hora é o próprio Deus que veio para Se manifestar em meio ao Seu povo, e Ele está aqui, aprontando uma Igreja para o arrebatamento.

Atuando e Vivendo Como Um Cristão

Como o irmão Branham disse que a fé é uma revelação, então sem essa revelação ninguém pode conhecer ao Senhor. Sem a revelação ninguém pode se tornar um cristão completo. Nós já vimos que Agripa era um crente nas Escrituras, mas o que fez dele se tornar um "quase cristão" foi a ausência da revelação. É a revelação que separa as ovelhas dos cabritos ou as virgens prudentes das néscias. A revelação é aquela chave que foi dada a Pedro por ter confessado a mesma fé do Filho de Deus, e a revelação é algo que Deus sempre envia aos Seus filhos por intermédio de Seus profetas.

Amós 3:7

Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o Seu segredo aos Seus servos, os profetas.

Mas como disse o irmão Branham, uma vez que isso é revelado para nós, deixa de ser um mistério e passa a nos iluminar. Nós nos tornamos possuidores disso e isso deixa de ser um mistério, para se converter em sabedoria. Porém Jesus nos advertiu da importância de sermos sábios de uma forma prudente e sensata. Ele disse: "Eis que Eu vos envio como ovelhas no meio de lobos; portanto, sede sábios como as serpentes e simples como as pombas". Deus quer que sejamos sábios. Não sábios da nossa própria maneira, ou como Paulo diz: "Não sejais sábios em vós mesmos". Essa sabedoria é para ajudar a nos conduzir como cristãos.

Para um cristão completo não é necessário dizer para ele o quão importante é frequentar os cultos da igreja a fim de ter comunhão com os irmãos. Essas e outras coisas são feitas automaticamente porque isso é real para ele, e porque ele ama tanto a Cristo que não consegue obter o suficiente disso. E porque ele é um eleito, certamente terá fome e sede disso. Não é necessário que alguém segure em sua mão, porque ele está pronto para viver ou morrer por causa da Sua Palavra. Isso é o novo nascimento.

Qual é a evidência de que Ele tem enchido alguém com o Seu Espírito e que foi batizado no Espírito do Deus vivo? O irmão Branham disse: "Quando você tem sido verdadeiramente batizado pelo Espírito Santo, então a Mensagem não será mais um mistério para você, ela não é mais um segredo para você, você sabe disso, porque ela está toda iluminada para você". E se ela não é mais um mistério para você, então ela tem sido revelada a você. E se ela foi revelada a você, então ela te pertence.

Deuteronômio 29:29

As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.

Nós já estudamos essa Escritura em outro tempo. Deus revela os Seus mistérios para que possamos atuar e viver por eles. Deus revela a Sua Palavra com o objetivo de nos instruir da maneira correta sobre como atuarmos como Filhos de Deus. A Sua Palavra é revelada para que Deus por intermédio Dela possa viver através de nós. Então Cristo terá que Se manifestar por meio de nós. Se não aceitamos a Sua Palavra, o Espírito de Cristo não poderá viver em nós, mas pelo contrário, será deixado espaço para algum outro espírito entrar e se apossar. Ou nossas vidas se tornam a morada da Palavra, que é Cristo, nosso Esposo, ou elas se tornarão a morada de algum outro.

Unidade (11/02/1962) § 35

Agora, mantenha essas coisas em mente. A Igreja deve crer em cada Palavra, cada promessa, cada iota, e reivindicá-la para si mesma, e exercer-se Nela. (É a única maneira de não sermos um "quase cristão": aceitando e crendo em toda a Palavra) Se eu estivesse noivo de uma moça, e eu fosse um homem solteiro, e eu lhe enviasse algo, um anel de noivado, e ela não usasse, então isso mostra que ela não acredita em mim. Ela - ela - ela não quer ser minha noiva. E se Cristo envia para a Sua igreja os dons que Ele prometeu e eles recusam e dizem "eles não são assim", eles não querem ser a Noiva de Cristo. Eles são desposados para algum outro amante, e não para Cristo, o Noivo. Assim, a verdadeira Igreja cumpre a promessa, guarda tudo e aceita os dons que Deus lhes envia. Tudo bem.

Quando a Luz Atinge a Semente

Então a razão de Deus nos enviar a Sua Palavra é para que Ela possa viver através de nós. É a Luz da Palavra que traz vida à semente predestinada que foi conhecida por Deus de antemão. Cada filho de Deus é a Semente-Palavra materializada, portanto é a revelação da Palavra que despertará em cada Semente os atributos que nela estão. Tão logo essa Palavra brilha, a semente eleita a reconhece, porque ela mesma nasceu de Deus. É a semente eleita de Abraão cujos nomes já estavam no Livro da Vida desde antes da fundação do mundo.

Jeová Jiré Parte 1 (05/07/1962) § 51 [Sem tradução]

Agora, esta aliança incondicional. Não "se você quiser, eu quero, mas eu quero mais tarde", ou algo parecido; "Eu já dei a terra para você, e à sua descendência depois de você!" Amém. Veja, já o fez; é um trabalho acabado. Você diz: "Foi para Abraão que Ele fez isso". Sim, não só para Abraão, mas para a sua descendência depois dele. E se somos a descendência de Abraão, isso é um produto acabado. "Aqueles que Ele conheceu de antemão, Ele chamou, aqueles que Ele chamou, Ele justificou, aqueles que Ele justificou, Ele já glorificou". Do que você tem medo? Isso mesmo. "E o anticristo nos últimos dias", de acordo com Apocalipse, "enganou todos os que habitavam sobre a face da terra, cujos nomes não estavam escritos no Livro da Vida do Cordeiro", desde o último reavivamento? Não, "desde antes da fundação do mundo". Foi quando o seu nome foi colocado no Livro da Vida do Cordeiro, quando o Cordeiro foi morto. Deus falou a Palavra; estava em Seu pensar, em Seu pensamento, Ele falou a Palavra e tudo aconteceu naquele tempo. Isso é apenas a Semente de Deus se materializando; Isso é tudo. Sua Palavra está vindo. Agora, quando a Luz de Deus brilha através disso, rapidamente a Semente A reconhece, porque Ela nasceu de Deus. É a Semente de Abraão conhecida por Deus. É por isso que a Luz brilha, é para pegar aquela Semente.

Então se o nome de cada eleito foi colocado no Livro da Vida do Cordeiro desde antes da fundação do mundo, cada semente eleita já estava em Cristo quando Ele foi imolado na mente de Deus.

Quem é Este Melquisedeque? (21/02/1965) §§ 52-54

Agora, nós O encontramos no princípio, Seus atributos. E agora, você estava com Ele então. Então é quando o Livro da Vida aparece. Agora, lemos aqui em Apocalipse no capítulo 13, no versículo 8, que a besta que vem sobre a terra nestes últimos dias enganará a toda essa gente sobre a terra cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro antes da fundação do mundo. Pense nisso. Antes que Jesus alguma vez nascesse, quatro mil anos antes que Ele viesse sobre a terra, e vários mil anos antes que você viesse sobre a terra, Jesus na mente de Deus morreu pelos pecados do mundo, e o Livro da Vida se fez; e o seu nome foi posto nesse Livro da Vida antes da fundação do mundo. Essa é a verdade da Bíblia. Vê? Seu nome foi ordenado por Deus e colocado no Livro da Vida antes da fundação do mundo. Você estava ali em Seus atributos. Você não se lembra, não, porque você é apenas uma parte da vida Dele. Você é uma parte de Deus quando você se tornou um filho ou uma filha de Deus, assim como você é uma parte de seu pai terrestre. Isso mesmo.

Sempre Fomos Filhos de Deus

O irmão Branham disse que Jesus na mente de Deus morreu pelos pecados do mundo, antes que o Livro da Vida fosse feito; e o seu nome foi colocado naquele Livro da Vida antes da fundação do mundo, o que significa que sempre fomos filhos de Deus. Então se o nosso nome estava naquele Livro da Vida antes da fundação do mundo tínhamos que ser uma parte de Deus. E quando em Apocalipse se fala do Cordeiro de Deus que foi morto desde antes da fundação do mundo, também é mencionado aqueles cujos nomes foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro. Então devemos saber que quando Deus, o grande Arquiteto planejou Sua família, Ele planejou para o nosso Irmão mais velho Jesus ir à Cruz para redimir de volta todos os outros que eram da Semente de Deus e que haviam sido levados cativos por Satanás. A Palavra "redimir" significa "comprar de volta", e somente aqueles que pertenceram a Deus desde o início é que podem ser comprados de volta, porque eles tiveram uma representação em Cristo quando o Cordeiro foi morto na mente de Deus antes da fundação do mundo. Quando o Cordeiro foi imolado na mente de Deus, todos nós pecadores fomos imolados juntos com Ele. Nossos pecados foram apagados da mente de Deus desde o princípio. Ninguém mais tem esse privilégio. Nenhum filho de Deus é resgatado pela metade, portanto nenhum filho de Deus pode ser um cristão pela metade ou um "quase cristão". Paulo disse:

Romanos 8:29-30

Porquanto aos que de antemão conheceu, (Antes de existirmos Deus já nos conheceu, pois estávamos na Sua mente na forma de atributos) também os predestinou para serem conformes à imagem de Seu Filho, para que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

O apóstolo João disse "agora somos filhos". Ele não disse que seríamos no futuro, mas que já éramos, e somente os filhos de Deus podem reconhecer a Voz de Deus e aceitar o que Deus faz.

1 João 3:1-2

Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a Ele. (O mundo não conhece a Deus, nem a Sua Palavra, e nem aos que Ele chama) Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele Se manifestar, seremos semelhantes a Ele; porque assim como é O veremos.

Deus Sendo Visto Como Ele é

Então é impossível a Semente eleita dar testemunho de um "quase cristão", porque os verdadeiros filhos de Deus podem vê-Lo como Ele realmente é. Abraão reconheceu em seus dias a Palavra manifestada, e assim a sua descendência deve imediatamente reconhecer

A Obra do Espírito Santo (16/08/1956) § 46 [sem tradução]

Um dia, enquanto Abraão estava sentado naquela condição... Ele ergueu os seus olhos e olhou um dia quente, e ele viu três homens se aproximando, andando, tinham pós sobre suas vestes todas. E Abraão era espiritual. Ele reconheceu imediatamente Quem esse era. E ele correu para fora e caiu ao lado dos pés do homem e disse: "Meu Senhor, pare um pouco e sente-se debaixo da árvore. E deixe-me trazer um bocado de refeição. E refresque-se, e depois você pode seguir adiante. Pois para este propósito tens Tu vindo ao Teu servo". Que coisa. Eles pareciam homens. Mas você sabe Quem era? Eram dois Anjos e o Deus Todo-Poderoso. Isso é o que a Bíblia diz.

Abarão reconheceu Deus em seu dia, e da mesma maneira, cada filho de Abraão eleito segundo a promessa reconhecerá Deus em seu tempo oportuno.

João 14:7

Se vós Me conhecêsseis a Mim, também conheceríeis a Meu Pai; e já desde agora O conheceis, e O tendes visto.

Então observe que sempre que a Luz atinge a semente predestinada, ela reconhece a Palavra e dá testemunho Dela.

Jesus Cristo é o Mesmo Ontem, Hoje e Eternamente (27/06/1963) §§ 101-102 [sem tradução]

E aqui vem Simão, com tal ensino como esse, na presença de um Homem que seu irmão firmemente acreditava que Ele era o Messias. E assim que ele entra em Sua Presença, não só Ele sabia quem ele era, Ele conhecia aquele piedoso e velho pai, Jonas. Não é de admirar que isso tirou a dureza dele. Ele sabia que isso era a verdadeira identificação do Messias: "O teu nome é Simão, tu és o filho de Jonas". E um homem que era tão analfabeto que não podia nem mesmo assinar o seu próprio nome, como nos é dito; a Bíblia diz no Livro de Atos dos Apóstolos no capítulo 3, que ele era ignorante e iletrado. Mas aprouve a Deus fazer dele o líder da igreja em Jerusalém e dar-lhe as chaves do Reino. Porque quando aquela semente predestinada encontrada ali naquele velho pescador, e quando a Luz o atingiu, rapidamente reconheceu que aquele era o Messias.

A geração de Deus sempre reconhecerá o Seu Messias e por Ele se moverá e viverá.

Atos 17:28

"Porque Nele vivemos, e nos movemos, e existimos"; (Paulo está citando as palavras do poeta grego Epimênides que adorava ao "Deus desconhecido" que recebeu um monumento em Atenas) como também alguns dos vossos poetas (Agora ele irá citar o poeto grego Arato) disseram: "Pois somos também Sua geração".

Em todas as eras da igreja, a Coluna de Fogo tem guiado e conduzido o povo de Deus para que Ele mesmo pudesse viver e Se mover em meio ao Seu povo, assim como a própria Igreja vivia e se movia em Cristo. Mas cada vez que a igreja se organizava a Coluna de Fogo era deixada de lado, e então seguia em frente para liderar a próxima geração de Deus que viesse a seguir, para que ela pudesse viver e se mover por Ele. E se somos a Sua geração, então a nossa vida e o nosso mover e o nosso ser completo devem ser obedientes a Ele e conduzidos por Ele. E nós temos que reconhecê-Lo a fim de ser guiados por Ele.

Romanos 8:14

Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.

Então nada mais resta para um descendente de Abraão exceto crer, mas Deus não pode reconhecer a sua fé até que o Seu Espírito esteja habitando nele.

Fé (15/08/1956) § 29 [sem tradução]

Um homem me disse outro dia, ele disse: "Agora, espere um minuto, irmão Branham, você está se afastando da sua doutrina batista quando você começa a falar sobre receber o Espírito Santo". Disse: "Nós recebemos quando cremos". Eu disse então: "Por que Paulo disse: 'O recebestes desde que crestes?' Atos 19". Oh, ele disse: "Quero lhe perguntar uma coisa". Disse: "Você estava pregando sobre Abraão. Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça". Disse: "A única coisa que ele pode fazer é crer. O que mais uma pessoa pode fazer, senão crer? E Deus imputou-lhe a justiça, porque ele creu". Eu disse: "Isso é verdade, mas Ele lhe deu o selo da circuncisão como uma confirmação de sua fé". E eu disse: "Se você ainda não tiver recebido o Espírito Santo, Deus nunca reconheceu a sua fé. E o Espírito Santo é o selo de Deus". Efésios 4:30: "Não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados até o próximo reavivamento?" Ah não! "Até o seu destino eterno". Por quanto tempo? Para sempre. Deus resolveu a questão de uma vez por todas.