Pensando e Agindo Como Deus

12/02/2017

É exatamente quando você age e pensa como Deus que Ele passa a ser conhecido. Antes Deus foi manifestado por meio de Seu Filho Unigênito, mas hoje Ele quer ser declarado e manifestado através da Sua Igreja. 

Pensando e Agindo Como Deus

12 de fevereiro de 2017

Viamão-RS

Diógenes Dornelles

2 Timóteo 2:19-22

Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que Lhe pertencem. E mais: aparte-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor. Ora, numa grande casa não há somente utensílios de ouro e prata; há também de madeira e de barro. Alguns para honra; outros, porém, para desonra. Assim, pois, se alguém a si mesmo se purificar desses erros, será utensílio para honra, santificado e útil ao seu possuidor, estando preparado para toda boa obra. Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor.

Nós tratamos em outra ocasião sobre Deus nos conceder um selo de identificação no qual Ele nos reconhece como Seus filhos. O propósito da eleição de Deus nos é assegurada pela certeza de que Deus conhece aqueles que Lhe pertencem. Paulo estava enfrentando vários problemas com os falsos crentes que se imiscuíam em meio ao povo de Deus. Eles adoravam a Deus junto com os santos, mas tinham suas próprias ideias e um modo pessoal de viver e se conduzir. Então assim como os diferentes utensílios de uma casa, Paulo disse que da mesma maneira acontece com os que servem a Deus em uma congregação. Alguns são eleitos e outros não, mas Deus conhece a cada um deles e sabe quem é quem.

Já nos dias de Paulo havia muitas falsas doutrinas sendo espalhadas e questões que geravam contendas entre os irmãos, dos quais os verdadeiros eleitos deveriam evitar, para que pudessem ser vasos úteis nas mãos de Deus de modo que Ele pudesse usá-los. É por isso que Paulo disse: "Afaste-se de cometer alguma injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor". Isso significa que se alguém professa o nome de Jesus sua vida terá que dar um testemunho correto disso. Sua confissão de fé terá que ecoar exatamente o mesmo tipo de fé que o Filho de Deus possuía. Sua vida deve expressar a mesma coisa que suas palavras dizem. Se alguém diz ser cristão tem que haver na sua vida provas que lhe identifiquem como tal. Ninguém pode dizer que é cristão e não aceitar carregar a cruz de Cristo. Ninguém pode dizer que pertence à Igreja de Cristo e viver isolado da Igreja e do companheirismo dos irmãos. Ninguém pode dizer que é um cristão e ao mesmo tempo afastar-se da Palavra original do Autor e consumador da sua fé.

Nossa Atitude Espiritual Para Com a Palavra

Nós já vimos que é Deus mesmo que nos identifica como Seus filhos por meio de Sua Palavra, e essa nossa identificação se revela por meio de nossas próprias atitudes.

Amnésia Espiritual (11/04/1964) § 78

Você deve ser identificado. Em algum lugar você deve mostrar, sua vida mostra, esta noite, onde você está identificado. Você está identificado em Cristo ou fora de Cristo. Você não está na metade. Não há tal coisa como um homem sóbrio e bêbado. Não há pássaro branco preto. Você é um salvo ou você não é salvo. Você é um santo ou um pecador, um ou outro. E a sua atitude espiritual para com a Palavra de Deus identifica-o exatamente onde você está parado.

Porém nós também já tratamos em outra ocasião que uma vida religiosa não é sinônimo de cristianismo. Alguém pode dizer ser um cristão, mas a partir do momento em que ele discordar de algo que lhe foi mostrado na Palavra de Deus, seu disfarce de cristianismo se mostrará estar com prazo de validade vencido. Isso porque alguns são cristãos apenas por um tempo, até que sua atitude espiritual com a Palavra mostre onde ele realmente está posicionado. É por isso que nós também afirmamos anteriormente de que é possível que alguém esconda a sua incredulidade na Palavra de Deus vivendo uma vida religiosa para compensar a sua falta de fé.

Adorar a Deus Está em Nossos Genes

Crer em Deus e adorá-Lo não são provas definitivas de que alguém é um cristão, pois as práticas simples de adoração e culto fazem parte do gênero humano, seja ele cristão ou não.

Tenho observado alguns irmãos da Mensagem compartilhando nas redes sociais uma pesquisa recente do cientista sueco Arvid Carlsson, Prêmio Nobel de Medicina no ano 2000, que divulgou estudos recentes que lhe garantiram que crer em Deus está nos genes e é a forma natural de viver de todo o ser humano. O artigo que está sendo divulgado diz que esse cientista afirma que "os genes com os quais toda pessoa nasce foram recebidos de Deus e que a religiosidade é a forma natural de viver do ser humano". O cientista ainda disse: "Eu entendo porque há tantas pessoas que têm uma religião. Na verdade, faz parte de nossos genes".

Isso é apenas mais uma vez a ciência confirmando esta Mensagem, pois o irmão Branham já havia nos ensinado isso há muito tempo antes.

O Som Incerto (31/07/1955) § 60

Deus fez você para ser um adorador, um adorador Dele. Você adorará algo, independente do que isso seja. Você adorará sua esposa. Você adorará seus filhos. Você adorará qualquer coisa; seu automóvel, seu... Você adorará seu prazer. Você adorará algo, porque isso está dentro do gênero humano adorar. Agora, nós desejamos saber o que adoramos.

Isso que o irmão Branham disse é bem mais amplo do que aquilo que Santo Agostinho disse em seus escritos: "Senhor, fizeste-nos para Vós, e o nosso coração vive inquieto enquanto não repousar em Vós".

Deus fez cada um de nós com o propósito de servirmos a Ele. É por isso que há pessoas que possuem tudo, mas continuam infelizes, porque trataram de ocupar aquele vazio no coração com alguma outra coisa, quando na verdade Deus mesmo criou aquele espaço para que somente Ele pudesse ocupar.

Então existe em todo o ser humano uma propensão e uma inclinação natural para buscar e adorar a Deus. Tanto os vasos de honra como os de desonra adoram a Deus. Nós vimos recentemente na mensagem "A Palavra de Deus Tornada Sem Efeito" de que os homens podem adorar a Deus, porém a sua adoração pode ser em vão. Se está nos genes do homem adorar a Deus, então isso deveria estar presente desde o primeiro homem, Adão. Porém nós sabemos que Caim, a descendência da serpente, também adorou a Deus, e ele somente pôde fazer isso porque já estava em sua herança genética. O que fez de Caim um ser humano foi o fato de ter sido gerado no ventre de uma mulher, sua mãe Eva, que por sua vez, somente pôde ser humana por ter recebido os seus genes de Adão. É por isso que é dito em Atos 17:26:

De um só fez toda a raça humana para habitar sobre a face da terra.

E o irmão Branham disse que Caim criou uma religião também como uma maneira de imitar Adão.

Companheirismo Pela Redenção (03/04/1955) § 146 [sem tradução]

Deus tinha o cordeiro morto, que cobriu Adão e Eva com a pele e derramou o sangue lá no passado para ter novamente comunhão com Deus. Então Adão somente podia voltar a Deus através do sangue derramado. Caim saiu com a primeira ideia de Adão. (Adorar e criar uma religião) E fez para si mesmo uma religião de folhas de figueira, Adão fez, sobre ele e Eva...

Adão foi o primeiro a criar uma religião para adorar e servir a Deus. Ele sabia que a sua nudez precisava ser coberta de alguma maneira, porém o fez da maneira errada, cosendo folhas de figueira para tal fim. Essa atitude espiritual de Adão mostrava uma falsa identificação com a Palavra de Deus, fruto da própria queda, cujo pecado já estava entorpecendo os seus sentidos, alma e espírito. Deus havia mostrado que era necessário Sangue derramado para que os seus corpos nus fossem cobertos. Algo teria que morrer para que pudéssemos viver. Porém veja que aqui o irmão Branham nos disse que Caim adotou a mesma prática de criar uma religião, assim como Adão e Eva fizeram. Por quê? Isso também já estava em seus genes herdados. Depois ele continua:

...Mas eles descobriram que não era o caminho apropriado de Deus, portanto, eles não poderiam estar em Sua Presença. E hoje ainda usamos a auto-suficiência. (Nós criamos nossa própria religião. Determinamos como adorar a Deus da nossa própria maneira, criando nossos próprios fundamentos e doutrinas) Usamos todas as ideias diferentes e filosofias vãs dos homens, e isso é absolutamente nada. Jesus disse: "Os homens Me adoram, ensinando doutrinas por suas tradições de homens: adoração em vão". Você poderia adorar o Senhor, e ainda assim não ser adoração da maneira correta. Isso não lhe seria confiado para reconciliação.

Vivificando a Semente-Germe no Eleito

Então a adoração correta vai depender do tipo de semente-germe que está no crente e o quanto esta semente tem sido vivificada. Por causa da predestinação, os eleitos recebem uma semente genética ou germe de vida e através da unção do Espírito Santo sobre essa semente genética, os eleitos são vivificados e passam a manifestar a própria Vida de Deus naquele seu DNA que foi predestinado desde antes da fundação do mundo. E através de uma experiência pessoal com Deus e de uma vida focada em Cristo, o eleito passa a ser a interpretação da Palavra manifestada. Seus espíritos são vivificados e a comunhão com Deus passa a ser uma experiência real, pois agora não é mais o eleito, mas Deus vivendo no eleito.

A Palavra Falada é a Semente Original Nº. 1 (18/03/1962) § 196

Quando o Espírito de Deus rega a Semente de Deus, a Palavra de Deus, Ela produz Deus. E não é o indivíduo. É Deus, (por quê?) você está morto. Não é mais você mesmo. Você se considera morto, esvaziado, esperando pela Semente-Germe. Então, o que é isso? Isso não é mais você; não é o homem. É Deus no homem. É a Semente-Germe, como no princípio, a Palavra falada. É a Palavra de Deus manifestada no homem. Então não é o homem; é um homem que está morto. Ele não pode ser um híbrido e um filho ao mesmo tempo. Ou ele é um filho da morte ou filho da Vida. Então se ele é filho da morte, o dará ao diabo e deixe-o matá-lo... Dê a Deus, quero dizer, e deixe-O matar o diabo que está em você, liquidá-lo, esvaziar você. Então deixe Deus plantar a Sua própria Vida em você, então não é mais você. É a vida de Deus, porque é a Palavra de Deus regada pelo Espírito Santo que produzirá a mesma coisa. Vê?

Então se a Vida de Deus é plantada no eleito significa que a própria Deidade habita nele, o que faz do cristão o que o próprio Deus é.

Atitude e Quem e Deus (15/08/1950) § 21

A própria Deidade vive no homem. O Criador, que criou os céus e a terra, vive na espécie humana. ...A Bíblia diz: "Somos filhos e filhas de Deus". Suas primícias. Agora então somos algo como Deus era.

Sendo Dotados de Deus

Então veja que essa Palavra manifestada no homem faz com que ele seja dotado da própria Vida de Deus de forma que o Seu Santo Espírito molde o seu caráter e a sua mente para ser semelhante ao do Filho de Deus. Jesus disse que era o Pai Nele que fazia as obras porque Ele era dotado do Pai, assim como uma vez dotado de Deus, cada eleito está capacitado a viver como Cristo viveu.

A Presença de Deus Não Reconhecida (18/06/1964) § 10

Jesus, Ele veio à terra. (Se o Filho veio à terra isso significa que antes Ele estava em algum outro lugar) Ele era dotado, dentro Dele, do Deus Pai. "Eu e Meu Pai somos um. Meu Pai habita em Mim. Não sou Eu que faço as obras, mas Meu Pai. (Mas se você faz de Deus e Jesus a mesma Pessoa você fará de Jesus aqui um mentiroso e fingido. Porém Paulo disse: "Seja Deus verdadeiro e mentiroso todo homem") E se não faço as obras de Meu Pai, não Me acrediteis."

Identificando-se Com Cristo

Então se um cristão é dotado do poder Deus em sua vida ele precisa viver uma vida que se identifica com tudo aquilo que a Palavra de Deus diz a seu respeito. Se alguém se diz cristão, mas suas atitudes não refletem o que a Palavra diz que um cristão deve fazer, então é porque ele se esqueceu de como um cristão deve agir.

Amnésia Espiritual (11/04/1964) §§ 98-104

Eu estava com os filhos hebreus na fornalha ardente, quando o - o fogo não pôde queimá-los por causa da Presença do quarto Homem. (E Quem era Aquele quarto Homem? O irmão Branham disse em alguns sermões que Aquele quarto Homem na fornalha ardente era o Filho de Deus, o que significa que na teologia de William Branham o Antigo Testamento falava da preexistência do Filho de Deus, coisa que os unicistas denominacionais e até mesmo ministros da própria Mensagem negam) Eu estava com Daniel na cova dos leões. Eu estava identificado ali quando o Anjo do Senhor o identificou. Com certeza eu estava com Ele no Calvário. Eu devo estar identificado com Ele no Calvário. Eu devo estar num lugar onde não apenas fui identificado com Ele no Calvário, eu morri com Ele no Calvário. Cada cristão deve morrer com Ele no Calvário. Se você não morre com Ele no Calvário, você não pode ser parte Dele. Eu estava ali quando Ele morreu. Eu morri com Ele. E então eu estava com Ele quando Ele ressuscitou dos mortos. Eu levantei na manhã de Páscoa com Ele na ressurreição. Seja o que for que Ele fez, eu estive bem ali com Ele, e cada crente estava da mesma maneira. (Por representação todos nós fomos mortos, sepultados e já estamos ressuscitados e vivendo triunfantemente em Cristo) E agora estou assentado com Ele, em lugares celestiais em Cristo Jesus, com todos os poderes do inferno conquistados através Dele. Cada crente cristão está assentado do mesmo modo, porque você tem que estar identificado. (Porém por que são tantos crentes que mesmo crendo nessas coisas ainda assim vivem infelizes, cabisbaixos e desanimados?) Agora, eu mesmo me encontro nestes últimos dias identificado com muitos cristãos que crêem em Seu ministério. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Encontro-me neste dia identificado em Seu ministério. Você se encontra desta forma, crendo nisto, caminhando com isto? Observe. As obras que Ele fez, Ele disse que o cristão faria a mesma coisa. "As obras que Eu faço também as fareis". Então pode você ser identificado com Ele? Então quando a reprovação vem sobre a Palavra, pode você suportar a reprovação como Ele suportou (Vê?), identificado com Ele? Eu fui identificado com Ele. Eu estava com Ele no dia do Pentecoste. Eu estava com os discípulos ali em cima, identificado com eles no batismo do Espírito Santo. Eu desejaria saber se a igreja não tem tido amnésia a tal ponto que agora não... Alguns deles nem mesmo crêem que há tal coisa como o Espírito Santo. Vê onde a igreja tem chegado? Um terrível caso de amnésia. Vê? Eles se esqueceram que aquele era Jesus Cristo lá trás. Eles esqueceram o que foi Jesus Cristo. Eles têm se esquecido. Eles pensaram que Ele foi apenas um legislador, ou um profeta, ou um bom homem. Eles esqueceram que Ele era Deus. Eles esqueceram que Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. E a igreja tem tido um terrível caso de amnésia espiritual. Eles esqueceram todas estas coisas. Eles não entendem mais isto.

Então veja que a amnésia espiritual é a explicação que o irmão Branham encontra para aqueles que não conseguem viver uma vida cristã, embora digam ser cristãos e de conhecerem toda a doutrina e estar cientes das promessas de Deus para eles. Eles simplesmente se esquecem quem são, e muitas vezes são as próprias vicissitudes e percalços da vida que lhes esmorecem, quando Paulo mesmo disse que essas coisas podem realmente suceder com os filhos de Deus, mas isso jamais deveria abatê-los, porque o Senhor cuida dos Seus filhos e está perto para acudi-los.

Quatro Coisas Que Não Podem Acontecer a Um Cristão

Paulo cita pelo menos quatro coisas pelas quais um cristão pode passar, porém há outras quatro coisas que Deus jamais permitirá que lhe aconteça:

2 Coríntios 4:8-9

Em tudo somos atribulados, porém não angustiados...

"Angustiados" vem do grego "stenochoreo" (στεν οχωρ εω)que significa "estar em um lugar estreito", "encolhido", "comprimido", "apertado", "ser dolorosamente restringido em espírito". Os estudiosos dizem que essa é na verdade uma palavra de difícil tradução, porque nenhuma palavra pode expressar a sua força original. Refere-se a uma situação onde alguém esteja comprimido entre uma grande multidão, mas que mesmo assim ele consegue se virar e buscar movimentar-se. A ideia é que, embora o cristão estivesse intimamente pressionado por perseguições e provações, ainda assim ele não estava tão cercado que ele não tivesse como se virar; suas provações não lhe impedem totalmente o movimento e a ação. Ou seja, sempre há uma saída para um filho de Deus; portanto a sua força e fé não pode ser inteiramente apertado e impedido pelas provações que o cercam.

...Perplexos, porém não desanimados...

"Desanimado" vem do grego "exaporeomai" (εξαπο ρε ομα ι) "estar totalmente perplexo", "estar completamente destituído de medidas ou recursos", "renunciar toda esperança", "estar em desespero". Um cristão nunca perde a esperança. Um filho de Deus crê que sempre há uma saída, que sempre há algum recurso disponível para qualquer área da sua vida. Um cristão nunca desiste.

Mateus 27:28-30

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve.

Então os filhos da eleição nunca perdem a esperança. Judas se enforcou porque perdeu as esperanças de ser perdoado. Ele sabia que Jesus estava morrendo na cruz até mesmo para pecadores como ele, porém Judas não aceitou o perdão para o seu pecado, por isso se suspendeu no madeiro, a exemplo de seu Mestre, para com isso poder dizer: "Eu não aceito que um inocente morra pelos meus erros. Eu não acho que o meu tipo de pecado merece ser perdoado. Eu não quero ser perdoado. Eu mereço morrer pelo o que fiz. Portanto a exemplo de Jesus, eu me suspendo agora no madeiro para morrer e saldar eu mesmo as minhas próprias dívidas". Judas quis ser auto-suficiente e não tinha esperança de que o seu caso pudesse ter uma solução.

Mas você acha que Pedro pecou menos que Judas? Quando Pedro traiu Jesus negando diante Dele que O conhecia, ele foi tão traidor e assassino quanto Judas, porém a diferença é que lá dentro Pedro pensava que ainda podia ser perdoado pelo o que fez. Ele voltou para o companheirismo dos apóstolos e eles o receberam. Ele tinha uma esperança. Se Judas tivesse se arrependido, os discípulos teriam aceito ele de volta, assim como aceitaram a Pedro. Se quando Jesus Se encontrou com os Seus discípulos após ter ressuscitado, tivesse igualmente visto Judas entre eles, Jesus o perdoaria e confirmá-lo-ia como um apóstolo. Judas seria uma emblemática personificação do perdão e do amor de Cristo para com um pecador. Todos olhariam para ele e diriam: "Se o caso de Judas pôde ter uma solução, então o meu também deve ter". Quando Jesus Se reencontrou com Pedro Ele disse: "Apascenta as Minhas ovelhas". Não havia remorso e nem amargura por parte do Senhor. Tudo estava esquecido. E muitos cristãos não conseguem fazer isso com um outro irmão que talvez lhe feriu e machucou. Isso é amnésia espiritual. Dizem ser cristãos, mas se esqueceram completamente de como um cristão deve agir.

Depois Paulo continua:

...Perseguidos, porém não desamparados...

"Desamparados" foi traduzido do grego "egkataleipo" (εγκαταλ ειπ ω) que quer dizer "abandonado", "desertado", "deixado em grandes dificuldades", "deixado para trás", "desistir de sobreviver". Apesar de todo o tipo de perseguição o cristão sabe que ele tem um Advogado e que nenhum filho de Deus é desamparado.

Salmo 37:25, 28

Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado e nem a sua descendência a mendigar o pão... Porque o Senhor ama a justiça e não desampara os Seus santos; eles são preservados para sempre...

Jesus foi desamparado na cruz por Deus, mas por bem pouco tempo para assim participar da mesma aflição que nós, os Seus irmãos, também passamos.

Mateus 27:46

Deus Meu, Deus Meu, por que Me desamparaste?

O Deus de Jesus O desamparou. Os falsos unicistas dirão a você que Jesus estava encenando até mesmo na hora da Sua morte quando disse isso, porque segundo eles, Jesus na verdade seria o Seu próprio Pai e Deus; portanto Ele não estaria realmente desamparado, pois era Deus mesmo Quem estaria ali sendo crucificado. Tudo não passava de um fingimento de Jesus, ou pelo menos algum tipo de amnésia espiritual, que fez com que Se esquecesse que Ele era o próprio Deus. Mas o fato é que Deus O desamparou, para que hoje Ele mesmo pudesse cuidar e amparar aos Seus irmãos.

...Abatidos, porém não destruídos.

"Destruídos" foi traduzido do grego "apollumi" (αποο λλ υμι) significa "tornar-se inútil"; é também a mesma palavra usada para se referir aos que são entregues ao inferno; significa "perecer", "estar perdido", "arruinado".

Um filho de Deus pode até ficar abatido fisicamente por causa de alguma enfermidade, porém há uma cura divina à sua espera, e mesmo que Deus permita que ele parta sem sua cura, isso jamais poderá destituí-lo de sua herança. Enfim, nada pode destruir um filho de Deus porque ele tem a Vida eterna.

João 5:24

Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a Minha Palavra, e crê Naquele que Me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.

Se passamos da morte para a vida então não podemos ser destruídos, porque cada filho de Deus é uma parte Dele. Portanto nenhum filho de Deus pode ser destruído, tanto quanto Deus também não pode.

A Grande Comissão (04/08/1957) § 24 [sem tradução]

Então quando nascemos de novo, somos uma nova criatura. E essa alma é uma parte de Deus. A Vida Eterna vem da palavra grega "Zoe", que significa "a própria vida de Deus". Isso nos torna filhos e filhas de Deus. Nós não podemos perecer mais do que Deus pode perecer, porque você é uma parte Dele.

O Selo de Cristo (12/03/1955) § 30 [sem tradução]

É tão impossível para que o homem se perca, quanto é para o próprio Deus se perder.

Então Paulo disse que Deus pode não impedir às vezes de sermos atribulados, ficarmos perplexos, sermos perseguidos ou de ficarmos abatidos; porém Deus jamais nos deixará angustiados, desanimados, desamparados e muito menos destruídos.

Esquecendo da Coisa Principal

Então como já dissemos, o grande problema do cristianismo atual, é de que os cristãos esquecem da coisa principal que diz respeito à sua verdadeira vocação como filhos de Deus, depreciando cada vez mais sua identificação com a Palavra.

Vivendo, Morrendo, Sepultado, Ressuscitando, Voltando (03/04/1959) § 52 [Sem tradução]

Pai, temos tido tantos gritos; temos tido tanta alegria; eu receio que esqueçamos do principal, Senhor. Enquanto Elias estava de pé na boca da caverna, ouvindo os ventos e os trovões, porém isso nunca o alarmou; (Aquilo pode ter lhe deixado apreensivo, mas ele não se angustiou ou se desanimou) ele esperou por aquela delicada Voz. Senhor, fale agora. Fale em seus corações com aquela delicada Voz, que diz: "Filho meu: 'Quem vem a Mim, de modo nenhum o lançarei fora'. Eu ponho todos os pecados que você cometeu no Meu próprio Sacrifício, o Meu Filho Unigênito. Você confessou isso porque você creu. Ele era o Único que poderia ajudá-lo, e Ele fez isso, e Ele - Ele - Ele tem justificado cada um de vocês pelo Seu sofrimento. E Eu provei isso ressuscitando-O dentre os mortos. E agora vos dou o Espírito que estava Nele, que podia perdoar e que podia amar e que podia ser gentil e longânimo, e bom, e manso, e benévolo, e gentil, e paciente". Deus, conceda isso a eles agora.

O Dia da Vitória (21/04/1963) § 129

Isso é o que está acontecendo com a igreja hoje. Nós esquecemos há muito tempo que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Nós esquecemos que Deus é um Curador, que pode tornar o doente são. Esquecemos que o batismo do Espírito Santo foi derramado sobre os discípulos, e dado de geração em geração, para qualquer um, para qualquer que pudesse vir. Esquecemos isso há muito tempo.

Olhe (28/04/1963) § 260

O que você está procurando, igreja? Oh, estes últimos dias, oh, Ele esteve bem entre nós, pessoal, e nós esquecemos isso. Ele Se colocou bem entre nós, e nós não sabíamos disso. O Espírito Santo está aqui esta manhã, e talvez muitos irão embora e esquecerão. Talvez muitos que estão doentes irão se esquecer de crer e ancorar a sua fé exatamente onde deveria estar agora.

Agindo Como Deus

Nós já entendemos por meio do estudo anterior, "Deus Identificando a Sua Igreja", que o irmão Branham ensinava que todos os filhos de Deus devem levar em sua Semente-germe os mesmos traços do Sangue de Deus, porém ao mencionar isso, ele não estava se referindo à química, mas acerca da Vida que estava envolvida por aquela química, e essa Vida do Sangue de Deus deve manifestar-se hoje no crente pelo novo nascimento, de modo que Ela forme um Corpo-Palavra em torno de Si mesma também. Então se a nossa identificação é com Deus e Sua Palavra, de maneira que a Sua Vida esteja injetada em nós, então devemos nos parecer e agir como Deus.

O Mundo Está Caindo aos Pedaços (15/11/1963) § 160 [sem tradução]

Oh, se somos filhos e filhas do Rei, o Rei dos reis, vamos conduzir o nosso caráter como cristãos. Isso mesmo... Sim, somos estrangeiros, somos peregrinos e somos estranhos aqui. Este não é o nosso mundo. Estamos buscando por um Reino que está por vir. Este não é o nosso lar. Apesar de sermos jogados e ridicularizados pelo mundo, e chamados disso, daquilo, e daquele outro, e "moda antiga", e tudo isso, o que importa? Você não quer se modelar segundo algum tipo de estrela de cinema, ou alguma estrela de televisão, ou algo assim. Você é uma filha de Deus. Você é um filho de Deus. Vamos agir como Deus. ("Agir como Deus". Seria isso realmente algo praticável ou apenas mais alguma teoria delirante de William Branham? Você que se diz cristão pergunte isso para si mesmo: "Estou conseguindo agir como Deus?" Não como um Deus inventado por você ou por outro, mas o mesmo Deus da Bíblia) Somos filhos de Deus; sabemos que somos filhos e filhas do Rei. Que o nosso caráter reflita a Sua Presença, não importa quão áspero isso fique.

Hebreus Capítulo Quatro (01/09/1957) § 204

E se você não recebeu Isto, como você... pode você crer em milagres? É necessário Deus em você para crer. Você age como Deus. Você sabe como Deus. Você pensa como Deus. A Bíblia diz que você é amador, pequenos "deuses". Jesus disse isso. Pois você é uma parte de Deus.

O cristão não pode esquecer que ele age como Deus porque é um cidadão do Seu reino.

Para Quê Foi Dado o Espírito Santo? (17/12/1959) § 149

Então, se você é um cidadão do Reino de Deus, como Isso faz você agir? Como Deus age em Seu Reino. Agora, o que Deus faz em Seu Reino? É santidade, justiça, pureza de pensamento, pureza de mente, poder e amor, indo ao perdido, curando os enfermos, realizando milagres, fazendo grandes coisas. Então para o mundo você parece louco; eles dizem: "Eles estão fora de suas cabeças". Vê? Mas você é um cidadão do Reino.

Discernimento de Espírito (08/03/1960) §§ 35, 42

Agora, o Espírito de Deus operando nos homens faz com que os homens agem como Deus. Não é de admirar que Jesus tenha dito: "Porventura não está escrito: 'Vós sois deuses'?". E, se eles lhes chamaram de Deus, a quem o Espírito de Deus veio, como vocês podem Me condenar quando sou o Filho de Deus? Se você pudesse ver o Espírito de Deus em Moisés, que ele era Deus. Moisés era um deus. José era um deus. Os profetas eram deuses. A Bíblia diz que eles eram. Eles eram deuses porque eles - eles tinham se entregado completamente ao Espírito de Deus, que estavam trabalhando para a glória de Deus. E quando um homem é tão ungido com o Espírito... Agora, deixe isso entrar bem profundamente sob a quinta costela do lado esquerdo. Quando um homem é ungido do Espírito de Deus, seus hábitos, suas ações e tudo mais é Deus Se movendo nele. Às vezes ele é mal-julgado. (...) (O irmão Branham explica depois que os profetas eram deuses em uma medida, até que veio Cristo que era a plenitude da Divindade) Todos os antigos profetas do Antigo Testamento clamavam, não para si mesmos; Eles clamaram sob o Espírito de Deus, fazendo-os agir como Deus de tal modo que eles foram chamados deuses, e depois a plenitude desse Espírito foi manifestada em Jesus Cristo.

Jeová Jiré (09/02/1961) § 69 [Sem tradução]

Você anda aqui como um estranho, porque você é um estrangeiro aqui. Você não é deste mundo. "Vós não sois deste mundo, filhinhos, nem Eu sou deste mundo. Eu oro por vós". Veja, Jesus orou por Sua igreja, para que eles não fossem do mundo. Eles não são do mundo. Eu não me importo; você não é americano; você não é sueco; você não é europeu; você é um cristão. E se você é um cristão, seu espírito é lá de cima; então isso faz você viver santo, querer ser santo, querer agir como Cristo, agir como Deus. Todo o seu desejo está no céu e não para o mundo.

Portanto é exatamente quando você age e pensa como Deus que Ele passa a ser conhecido. Antes Deus foi manifestado por meio de Seu Filho Unigênito, mas hoje Ele quer ser declarado e manifestado através da Sua Igreja.

Shalom (12/01/1964) § 9

Deus está no homem. E Ele está Se identificando hoje em Sua Igreja. No cristão nascido de novo, Deus Se identifica, Aquele que permanece Deus. E o mundo exterior somente conhecerá a Deus quando eles vêem Deus em mim e em você. Essa é a única maneira em que eles vão conhecer a Deus, que é quando somos epístolas escritas, epístola da Escritura, que são lidas por todos os homens.

E se agimos como Deus, é porque antes pensamos como Deus.

Hebreus Capítulo Um (21/08/1957) § 184

E só há uma Vida Eterna. Que vem de Deus, somente. É Deus. E nós nos tornamos parte de Deus, tanto que somos filhos e filhas de Deus. Quando temos o Espírito de Deus em nós, nós pensamos como Deus. Nós pensamos na justiça e na santidade, e tentamos viver para agradar a Deus.

Um Falso Espírito Agindo Como Deus

Então até aqui conseguimos compreender que agir, falar e pensar como Deus são atitudes de um cristão que passou pelo batismo do Espírito Santo, pois é uma medida da unção do Espírito sobre o crente que o faz pensar e agir como Deus. Porém há aqueles que tentam agir como Deus embora o espírito que esteja sobre eles seja outro, e por isso não conseguem aceitar toda a Palavra de Deus. Trata-se apenas de um espírito religioso. Adorar a Deus ou viver uma religião está nos genes de qualquer um, mas isso não significa que todos que o fazem encontraram a Deus. A atitude de alguém que rejeita a Palavra de Deus geralmente é motivada por um espírito enganador que apenas tenta agir como Deus, mas é um espírito falso.

Envergonhados (11/07/1965) § 155

Lembre-se, você pode encontrar um espírito que agiria como Deus. Você pode encontrar um espírito que faria isso, aquilo, ou aquilo outro; siga-o um pouco e veja como ele se compara com a Palavra de Deus. (O irmão Branham está falando de identificação. Por mais que um espírito se pareça e aja como Deus, veja se este espírito se identifica com toda a Sua Palavra) Você pode encontrar um espírito que diria que você está salvo, e dar-lhe um sentimento glorioso, e você gritaria e gritaria; então, quando se trata de negar a Palavra, como pode o Espírito Santo, que escreveu a Palavra, negar a Sua própria Palavra? Esse Espírito deve pontuar todas as promessas de Deus com um "amém"! Se não fizer, então você nunca encontrou Deus, você encontrou um espírito enganador. E o mundo está cheio disso hoje!

Jesus nos Mostra o Que Fazer

Um espírito enganador sempre irá profetizar, ensinar ou fazer alguma coisa que esteja fora do programa de Deus. Jesus não sabia o que deveria fazer até que Deus revelasse a Ele qual era o Seu programa. Jesus esteve aqui somente para declarar e tornar conhecido o Seu Pai, e isso só foi possível porque o Seu Pai habitava Nele, e da mesma forma, nós como filhos de Deus, também devemos declarar o Pai com as nossas próprias vidas, mostrando que estamos identificados com Sua Palavra, e isso só é possível porque o próprio Espírito de Cristo que está em nós declara o Pai e nos mostra o que fazer. Você não deve fazer nada até que Deus lhe diga o que fazer.

A Fé à Prova do Tempo (30/05/1958) § 57 [sem tradução]

Jesus era o corpo, o Filho de Deus; Deus habitou em Cristo. Agora, Jesus mesmo disse: "O Filho não pode fazer nada por Si mesmo", São João 5:19, "mas o que Ele vê o Pai fazendo, isso também faz o Filho". Você já leu isso? Então Ele não fazia nada até que o Pai Deus Lhe mostrasse uma visão sobre o que fazer. Agora, veja a infalibilidade da Bíblia, o... Jesus disse: "As Escrituras não podem ser rompidas". Jesus disse isso. Agora, e então, se Jesus disse: "Eu não posso fazer nada até que o Pai Me mostre primeiro o que fazer, o Pai trabalha, e Eu trabalho até agora". Em outras palavras, Ele atuou no drama em que o Pai mostrou a Ele para atuar. Observe a cada caso, cada vez que você encontra isso da mesma maneira, a menos que fosse a fé da pessoa. Agora, agora nós percebemos isso. Então, novamente, verificamos que Ele disse: "Assim como o Pai Me enviou, assim Eu vos envio". Agora, o Pai que O enviou estava com Ele e Nele. O Pai que O enviou, foi com Ele e Nele. Bem, o Jesus que nos envia, vai conosco e em nós. Vê? Então Jesus nos mostra o que fazer.

É exatamente isso. Você não faz o que você quer, mas aquilo que Deus te revela a fazer, porque você não pertence mais a si mesmo, mas a Deus.

Preparação (11/11/1953) § 31 [Sem tradução]

Quando Deus desce e coloca o Seu Espírito em você, então você não pertence mais a si mesmo, mas você é de Deus.

Não Se Identifique Com Outra Coisa

Então se nós já sabemos que existem espíritos enganosos que tentam se parecer com o genuíno para agir como Deus, o dever do cristão é estar preocupado em identificar-se somente com o que a Palavra diz e afastar de tudo que não se identifica com à sã doutrina.

Amnésia Espiritual (11/04/1964) §§ 105-108

Nós devemos estar com os discípulos no Pentecostes: identificados com eles. Eu estava identificado com o sermão de Pedro no dia de Pentecostes, em Atos capítulo 2. Eu ouvi o que ele disse; eu cri no que ele disse; eu obedeci ao que ele disse; agora estou identificado na mesma coisa. Não contraia amnésia espiritual, porque você - você se identificará com alguma outra coisa. (Quando um cristão se esquece que ele está aqui para agir como Deus e fazer aquilo que Cristo lhe mostra dentro do Seu programa para fazer, então ele irá se identificar com alguma outra coisa ou fará alguma coisa movido por um espírito que tenta agir como Deus, mas que é falso.) Fique bem com a Palavra. Nós estávamos com a igreja quando ela foi comissionada por Jesus Cristo em Atos capítulo 16: Ide a todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. (Ele quis dizer Marcos 16:15) Eu quero estar identificado ali: A todo mundo, a toda criatura. Estes sinais seguirão àqueles que crerem. Pode ser identificado naquilo... Bem, agora, está você identificado com isto, ou você tem tido alguma amnésia espiritual, que você descobriu que você não crê que aqueles sinais seguirão aos que crerem? Veja, se você não crê nisto, então você tem amnésia espiritual. Veja, você tem se esquecido que Deus prometeu isto. Ele disse: Estes sinais seguirão aos que crerem. Não se esqueça disto. Você não pode esquecer disto e ser um cristão. Você deve estar identificado com isto.

Jeová Jiré (27/01/1958) § 36 [sem tradução]

Quando Ele tirou a vida de Seu próprio Filho no Calvário, Ele O despedaçou, e Ele levou o corpo para o Céu, e o colocou à Sua mão direita. Ele enviou o Espírito Dele, o Espírito Santo, de volta à terra. E o mesmo Espírito Santo que estava em Jesus Cristo, terá de estar operando em Sua igreja para fazê-los coincidir juntos no arrebatamento, ou não subirão naquele tempo. O Espírito que estava em Jesus, terá que estar em Sua igreja, ou as duas partes não se unirão, a vida da igreja e a vida de Cristo não podem se unir. O corpo está lá sentado para fazer reconciliações, para fazer intercessões sobre nossa confissão e o Espírito está na igreja.