Saindo do Deserto Rumo à Canaã

10/12/2017

Saindo do Deserto Rumo à Canaã

10 de dezembro de 2017

Chapecó-SC

Diógenes Dornelles

Efésios 2:4-8

Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo Seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com Ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus; para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da Sua graça pela Sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.

Paulo mais uma vez nos lembra com essas palavras da grande obra redentora da cruz, onde Deus nos concedeu mediante a Sua graça a salvação e a oportunidade de termos vidas realmente transformadas, e nos dando também uma eterna herança de vivermos na terra como reis e sacerdotes quando Cristo voltar à terra para reinar sobre ela. Embora nada disso ainda tenha acontecido, Paulo diz aqui que já estamos potencialmente ressuscitados e assentados nos lugares celestiais com Cristo.

John Wesley nos seus comentários bíblicos disse o seguinte acerca dessas palavras de Paulo:

"E nos ressuscitou juntamente" - tanto judeus quanto gentios já estão em espírito; e, logo nossos corpos também serão levantados. "E nos fez assentar juntamente em lugares celestiais" - isto é falado por antecipação. Os crentes ainda não possuem os seus lugares no céu; mas cada um deles tem um lugar preparado por Ele.

A ressurreição já nos pertence, e a terra prometida já é nossa. Já estamos com nossos pés nela, mas tudo isso ainda é por "antecipação", ou seja, crendo que teremos algum dia tudo isso, embora isso ainda não seja palpável. Entretanto, para que a Igreja eleita atingisse essa posição, Ela precisou passar por várias etapas ao longo das eras, da mesma maneira como Israel que peregrinou no deserto após ter deixado o Egito, até o dia que ele entrou em Canaã, a terra prometida.

O Mesmo Tipo Com Diferentes Sentidos

O irmão Branham usava tipos como esse para ilustrar a jornada da igreja espiritual rumo ao Reino, porém nem sempre o irmão Branham dava um significado uniforme para os mesmos tipos que ele usava das Escrituras. Isso nada tem a ver com alguma mudança de pensamento ou mesmo doutrinária, mas eram apenas pequenas adequações para inserir alguma nova informação ou compreensão da Palavra. Nós tentaremos aqui apenas citar alguns poucos exemplos disso a fim de mostrar as diferenças sem vê-las como contradições, mas apenas como pequenas variações suas para expor um determinado pensamento. Às vezes o irmão Branham comparava e dividia as peregrinações de Israel até chegar a Canaã de formas diferentes, conforme a ideia em particular que ele estava querendo ilustrar.

Israel e a Igreja Nº. 1 (25/03/1953) § 153

Agora observe: eleição em Abraão; justificação em Isaque; graça em Jacó; e perfeição em José. Não há nada registrado contra José. Essa é a perfeição. Os três estágios terrestres da peregrinação dos filhos de Israel, e o quarto foi quando entraram na terra prometida, que era o Milênio. E os três estágios da igreja dos gentios... Esta semana, se Deus estiver disposto, posso trazê-lo através da Bíblia e mostrar-lhe que estamos em nossa terceira etapa agora, prontos para entrar no Milênio na época de José.

Aqui o irmão Branham está nos dizendo que estaríamos em uma terceira etapa de jornada rumo ao Milênio, que seria o quarto e último passo. Porém ele não era ortodoxo nessa divisão, pois já vimos dizer em outras ocasiões de que estamos na segunda etapa, e que entrar no Milênio seria a terceira e decisiva etapa. Nós tratamos sobre isso no estudo "A Jornada Para o Reino em Três Etapas".

Veja portanto que o irmão Branham nem sempre usava de uma linguagem sisuda para expor os seus pensamentos, podendo variar ou até acrescentar alguma informação que ele assim desejasse. Porém observe que sempre quando ele mudava algum quadro que ele já havia apresentado anteriormente, era porque ele apenas o apresentava sob um outro ângulo para ressaltar algum assunto específico, e isso nunca deveria ser comparado com as outras formas diferentes de exposição, justamente para evitar a ideia de ter havido alguma contradição em seu ensino. São apenas exposições diferentes dentro de um ângulo diferente.

Estamos no Deserto Rumo a Canaã

Vejamos aqui algumas declarações que o irmão Branham fez:

Adoção Nº. 1 (15/05/1960) §§ 35, 66-67

Agora, tenho tipificado isto com Josué. Se você observou, Israel foi trazido do Egito e há três estágios de sua viagem. Um estágio foi a saída do Egito. O estágio seguinte foi o deserto. E o outro estágio foi Canaã. Agora, Canaã não representa a era do Milênio. (...) Agora, ele está falando para os cananitas espirituais, Israel, (Dentro de um contexto, o irmão Branham está se referindo aqui ao apóstolo Paulo e das suas palavras escritas aos efésios, as quais mencionamos a pouco) o Israel espiritual que possuiu a terra. Oh, você não está feliz por ter saído do alho do Egito? Você não está feliz por estar fora do deserto? (...) Vocês estão prontos para entender algo profundo e rico. Ah, vamos entrar diretamente nisso. E, oh, está escondido desde a fundação do mundo. Ele disse: (Está se referindo ao apóstolo Paulo quando escreveu aos efésios) "Agora, que vocês tem chegado a isso, eu estou lendo isso para vocês", não para aqueles que acabaram de deixar o Egito, não para aqueles que ainda estão na jornada, mas para aqueles que estão na Terra prometida, que receberam a promessa. (...) Quantos receberam a promessa do Espírito Santo? Oh, você não está contente que você esteja na terra?

Veja que aqui o irmão Branham disse que a igreja não está mais no deserto porque já está de posse da Terra Prometida, mas que tampouco essa terra de Canaã tipifica o Milênio. Porém você perceberá que em várias outras ocasiões o irmão Branham disse exatamente o contrário, de que assim como Israel estava no deserto antes de entrar na terra prometida, nós como Igreja também estamos passando por um deserto e nos preparando para adentrar em Canaã que seria um tipo do Milênio.

Vejamos aqui alguns casos onde o irmão Branham parece ter se contrariado.

A Coluna de Fogo (09/05/1953) § 20

Ora, quando Ele trouxe os filhos de Israel do deserto, para o deserto, Ele os guiou por uma Coluna de Fogo. Isso está certo? A Bíblia disse que Ele guiou, e Ele foi adiante deles. Essa foi a Unção, o Espírito Santo, Cristo, que foi adiante dos filhos de Israel. Bem, se Ele é o mesmo que Ele era então, Ele é o mesmo Homem, a mesma Pessoa; Ele é tudo o que Ele era então, Ele - Ele é agora. E como Ele conduziu a Igreja, então, no natural, Ele está conduzindo a Igreja hoje no espiritual. Isso está certo? Você crê que estamos no deserto? Nós estamos. Estamos em um caminho para a terra prometida? (Bem, se ele diz aqui que estamos a caminho da Terra Prometida, então é porque ainda não estamos lá) Agora, o... Quando eles chegaram a Canaã, não representava o Céu. Eles tiveram guerras em Canaã e assim por diante. Representava o Milênio. Vê? Então estamos indo para isso. (Não estamos no Milênio, mas estamos caminhando em direção a ele) E estamos no nosso caminho agora para o Milênio. Eu creio nisso. E eu creio que o mesmo Jesus Cristo que conduziu lá atrás, conduz hoje. Ele está em uma forma espiritual. (Ele está presente, Sua Aparição está aqui entre nós na forma do Espírito Santo) "Eu vim de Deus, e Eu vou para Deus. (Então Jesus não era um Deus que saiu e depois voltou para um outro Deus) Pouco tempo e o mundo não Me verá mais, ainda assim vós Me vereis, pois Eu estarei convosco, até mesmo em vós até o fim do mundo". Isso está certo? "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente". Agora, então, se Ele é, então Ele Se fará manifestado e conhecido.

Veja que o irmão Branham disse que Canaã tipifica o Milênio e esse sempre foi o seu ensino.

Uma Vida Escondida em Cristo (10/11/1955) § 27 [Sem tradução]

O maná caiu para manter os filhos de Israel vivos enquanto estavam em sua peregrinação entre o Egito e a terra prometida, que era um belo tipo da igreja hoje em sua peregrinação do Egito para a terra prometida. Você crê que estamos no nosso caminho para uma terra prometida? Canaã não representava o céu, porque eles tinham guerras em Canaã. Canaã representava o Milênio. Então, estamos no nosso caminho para o Milênio.

Estamos no deserto até chegarmos à Canaã, que é um tipo do Milênio. Enquanto estamos no deserto, o Senhor nos sustenta com os Seus dons e o poder do Espírito Santo que foi tipificado pelo maná.

O Tempo do Fim (07/03/1954) §§ 48,49 [Sem tradução]

Quando Israel saiu do Egito, Deus prometeu que Ele supriria tudo que eles precisassem. E essa foi a igreja natural, tipificando a Igreja espiritual, hoje. Como... E quando eles atravessaram o rio, o Mar Vermelho, melhor, chegaram do outro lado, e eles estavam sem pão. Eles comeram tudo o que tinham. Deus prometeu cuidar deles. Naquela noite, o maná caiu do céu, encheu toda a terra. Na manhã seguinte, eles saíram. Deus lhes havia fornecido pão. E eles pegaram pequenos pedaços de bolacha e comeram. Eles disseram que tinham sabor de mel, doce. Você já provou algo disso? Esse era um tipo perfeito do Espírito Santo vindo para fornecer comida para nós enquanto estamos na viagem (ou seja, no deserto) indo para a terra prometida, o Milênio: um belo tipo. (...) E recorde, o maná nunca cessou desde aquele dia até chegarem à terra prometida. E o Espírito Santo que caiu no dia do Pentecostes, nunca cessará de cair na Igreja até que venha o Milênio, que Jesus venha em poder: o milho velho novamente.

Uma Vida Escondida (06/10/1955) § 32 [Sem tradução]

O maná veio do céu, posto na terra, e as pessoas o comem para sustentar a vida. Cristo desceu do céu e Se tornou maná para vivermos por Ele. E observe agora, as pessoas comendo o maná, tiveram que obtê-lo rapidamente e comê-lo. Porque quando o sol se levantava, não demorava até que perecesse, o tipo aí de Cristo, o Espírito Santo. O maná era hoje um tipo do Espírito Santo. Como Deus trouxe a igreja natural com maná natural, Ele está trazendo a igreja hoje espiritual no maná espiritual. Quando a igreja venceu pela primeira vez, veio pelo Mar Vermelho, tipo do sangue, passou pela jornada na estrada para a terra prometida, o maná choveu na primeira noite. Amém. E quando a igreja passou da vida até a morte no dia de Pentecostes, Deus choveu um maná espiritual do céu, que sustentava a igreja, até que Jesus voltasse ou passemos para o Milênio, na terra prometida. Amém.

Quando chegarmos ao Milênio não haverá mais a necessidade do batismo do Espírito Santo, pois já estaremos reinando com Cristo.

Água da Rocha (24/02/1955) §§ 35, 38 [Sem tradução]

E então quando eles olharam, na manhã seguinte, quando se levantaram, havia algo sobrenatural que tinha acontecido. Eles estavam com fome (era hora do café da manhã), e eles tinham biscoitos com mel na manhã seguinte para o café da manhã. Isso mesmo. Disse que eles tinham um pouco de bolachas com sabor de mel, bolachas já cozidas e enviadas com mel sobre elas. Irmão, você não pode superar isso. Isso é bom para qualquer café da manhã. Sim senhor. Biscoitos e mel. Eles estalavam os seus lábios sobre isso. E isso era um tipo. Aquilo era Cristo, que desceu da glória, humilhando-Se na forma do Pão da Vida, dando vida à jornada. E isso nunca deixou de cair até chegarem ao Milênio. Amém. É isso mesmo? Aquele mesmo maná caía constantemente todos os dias, exceto no domingo, todos os dias, até chegarem ao Milênio, o tipo, na terra prometida. E é aí que todos os profetas hebreus, ao longo dos anos, esperaram o Milênio. E o mesmo Espírito Santo, que era um tipo que caiu no dia do Pentecostes, continuará da mesma maneira até o Milênio entrar. Os homens ainda terão o Espírito Santo, e as mesmas coisas acontecerão, até o fim (Isso mesmo) até a era do Milênio. (...) Agora observe. O maná caiu, e eles o comem. E isso foi o Pão da Vida que os sustentou durante todo o caminho através da jornada. E se eles - eles entraram no tipo do Milênio, na outra terra prometida. Onde eles poderiam... Como viveremos por mil anos sem a morte... Quando eles entraram naquela terra, o maná deixou de cair, um tipo muito bonito, como o Espírito Santo caindo hoje, que é o Maná do céu. No dia em que entrarmos no Milênio, Cristo, o Filho de Davi, Se assentará no trono de Davi. Amém. Não se precisará do Espírito Santo então, porque Cristo mesmo estará aqui, em uma forma corporal, como o Rei Jesus. (Mas enquanto estivermos aqui no deserto, ainda precisamos do Espírito Santo até que Ele Se encarne outra vez no corpo de Seu Filho) Então, todas as nações certamente irão bater seus arados ou suas podas, ou espadas em arados, e a guerra acabou. Indo descansar por aqui. O mundo inteiro vai se alegrar, e o ano do jubileu virá.

Então veja que uma das tipologias que o irmão Branham usava era de que nós, a Igreja eleita, está passando por sua terceira etapa e entrando na quarta etapa, porém em outras ocasiões, ao usar uma outra divisão, ele afirmava que a igreja estaria em sua segunda etapa, que é tipificada pelo deserto, sendo sustentada pelo Espírito Santo, e que a terceira e próxima etapa seria ingressar no Milênio. Isso ainda não aconteceu, mas estamos aguardando por isso.

Este Grande Guerreiro Josué (19/01/1955) §§ 5-6 [Sem tradução]

Os filhos de Israel acabaram de sair do Egito e eles estavam em sua última etapa da jornada. Há três etapas da jornada. Quando eles saíram primeiro, posicionalmente, no Egito; segundo, no deserto; (Lembre-se que ele disse que estamos no deserto, então nós estamos na segunda etapa. Essa divisão que o irmão Branham fazia não pode em hipótese alguma ser confundida com as três etapas da graça, pois isso faria alguém pensar que ele estaria dizendo que estamos agora na etapa da santificação) em terceiro lugar, na Palestina, a terra prometida. (Mas lembre-se que em outra ocasião ele afirmou que entrar em Canaã seria a quarta e última etapa) Agora, muitas pessoas tem considerado essa tipologia, como eu mesmo, tenho dito que foi representado após a jornada do deserto, depois entrando na glória. (Então nessa tipologia que o irmão Branham às vezes usava, a igreja estaria no deserto apenas aguardando entrar para a glória, que será quando Cristo voltar para arrebatar a Sua Igreja) Agora, pode haver alguém aqui que ensine dessa forma esta noite. Isso não faria qualquer diferença, (Pois ele mesmo mudou essa divisão algumas vezes) meu irmão, ou irmã, seja lá o que for. Eu posso estar errado em minhas teorias sobre isso, mas eu nunca poderia comparar a terra prometida com o céu porque eles tinham guerras na terra prometida. Eu sou um milenista. Eu creio que haverá um Milênio, mil anos na terra, que a humanidade irá voltar para Deus assim que ele sair de Deus. E eu creio que a terra prometida representava o Milênio, os mil anos no Milênio.

Então veja que o irmão Branham disse que a Igreja está muito perto de sair da segunda etapa, que é o deserto, e passar para a terceira etapa da jornada, que é sair do deserto e entrar no Milênio.

Os Resultados da Decisão (08/10/1955) § 21 [Sem tradução]

Não estamos mais no Egito; já temos arrancado as estacas de nossas tendas e saído; atravessado o Mar Vermelho, o Sangue do Senhor Jesus; visto todos os velhos hábitos e coisas da vida afogados, os carrascos que nos levaram pelos bares e locais de bebidas, e coisas tais, e temos visto tudo isto afogado, como Faraó e seus cavalos. E então, agora estamos no deserto, (A segunda etapa) nos movendo adiante, seguindo o Anjo da Aliança, o Espírito Santo. (Nosso Josué) E sabendo que estamos em nosso caminho para uma grande terra, que estará aqui pelos e durante os dias do Milênio. (Essa é a nossa terceira etapa) E nós estamos indo para aqueles mil anos de reino Milenial. Agora, muitas pessoas tipificam a terra prometida ali, a Palestina, com o Céu. Não poderia ser assim. Eles tiveram guerras e coisas na Palestina. Agora, eles não terão guerras e coisas tais no Céu. Aquilo é um tipo do reino de mil anos na terra com Cristo. (Canaã, a Palestina é um tipo do Milênio) Três etapas da jornada. E nós estamos prontos agora, a Igreja está, em minha opinião, no nível espiritual para adentrar na terceira cena.

Se estamos perto de entrar na "terceira cena" ou etapa, é porque ainda estamos na segunda, que é a etapa do deserto, mas lembre-se mais uma vez que ele chegou a dizer que estávamos na terceira etapa e prestes a entrar na quarta e derradeira etapa, que é o Milênio.

O irmão Branham também afirmou que em tipo, a igreja hoje está na mesma condição em que Israel estava em Cades-Barnéia, ou seja, no deserto.

As Águas da Separação (06/06/1955) § 5

A jornada do Egito para a Palestina foi um tipo da Igreja na sua jornada hoje. Eles - eles - eles foram guiados naturalmente; somos guiados espiritualmente. Conheço muitos mestres de escolas, que dizem que a terra prometida foi representada no céu, mas eu acho que representa o Milênio. Porque eles tiveram guerras e problemas ainda na - na terra prometida. Eles surgem e, na minha opinião, a igreja esta noite está no estágio da velha era da igreja em Cades-Barnéia, (Ou seja, no deserto) onde eles estão vagando depois de se recusarem a andar na Luz.

Então estamos agora no deserto seguindo o caminho para entrar no Milênio, da mesma maneira como Israel peregrinou no deserto até chegar à Canaã.

O Poder de Decisão (07/10/1955) § 44

Agora, isso é um tipo do Espírito Santo. Quando Moisés havia atravessado o Egito para este deserto em seu caminho para a terra prometida, como o mesmo tipo da Igreja saindo do mundo, separando-se do mundo, na jornada do deserto, seguindo o caminho para o Milênio, perfeito. (Esse era o tipo que o irmão Branham mais comumente usava. Estamos no deserto, nos aprontando para entrar em Canaã) Tem que ser. E agora, Deus os conduziu de forma natural, porque eles estavam - soltos no deserto, e Ele os conduziu no natural. Ele está nos guiando hoje no espiritual. E a mesma Coluna de Fogo que guiou os filhos de Israel, aqui Ele está nos conduzindo, o mesmo, a mesma Coluna de Fogo , levando-nos, a Luz sobrenatural de Deus movendo-se, conduzindo a Igreja espiritualmente.

Não Estamos Mais no Deserto?

Então depois de tudo que vimos, vamos rever novamente aquelas declarações que o irmão Branham veio a fazer mais tarde que parecia contrariar a tudo isso que acabamos de ver.

Adoção Nº. 1 (15/05/1960) §§ 66-67

Agora, ele está falando para os cananitas espirituais, Israel, o Israel espiritual que possuiu a terra. Oh, você não está feliz por ter saído do alho do Egito? Você não está feliz por estar fora do deserto?

Entenda que pouco antes do irmão Branham ter dito isso, ele citou a Escritura de Paulo aos efésios, onde o apóstolo se apresenta para aqueles crentes chamando-os de "santos". Quando o irmão Branham diz que aqueles crentes de Éfeso haviam assumido a terra prometida, ele apenas está usando a mesma linguagem que Paulo utilizou para aquela igreja, quando disse que eles já estavam ressuscitados juntamente com Cristo e assentados com Ele nos lugares celestiais. Wesley disse: "Ainda não estamos no céu, mas isso já pode ser tido como nosso". Então, na verdade, tudo isso que Paulo disse seria apenas potencialmente, e usando essa mesma figura de linguagem de Paulo, o irmão Branham está dizendo que potencialmente, não só a igreja de Éfeso, mas todo o Corpo de Cristo já saiu do deserto, completou a sua jornada e já está de posse da Terra Prometida, embora atualmente ainda estejamos aguardando a vinda de Cristo, a ressurreição, o arrebatamento, etc., para depois reinarmos com Cristo no Milênio.

E lembre-se, eles tiveram que comer maná, (Está falando agora do Israel natural) comida de anjo do céu, até que cruzassem a terra. E quando eles atravessaram a terra, o maná deixou de cair. Eles estavam completamente amadurecidos então, e eles comem o antigo milho da terra... Agora, agora que vocês não são mais bebês, agora que vocês não estão desejando o leite sincero do Evangelho, que você não precisa ser mimado e receber tapinhas e ser persuadido a vir à igreja, agora que vocês são verdadeiros cristãos plenamente amadurecidos, vocês estão prontos para comer carnes fortes agora. Vocês estão prontos para entrar em algo: ele disse (Observe que o irmão Branham está parafraseando Paulo). Vocês estão prontos para entender algo profundo e rico. Ah, vamos entrar diretamente nisso. E, oh, está escondido desde a fundação do mundo. Ele disse: "Agora, que vocês têm chegado a isso, eu estou lendo isso para vocês", não para aqueles que acabaram de deixar o Egito, não para aqueles que ainda estão na jornada, mas para aqueles que estão na Terra prometida, que receberam a promessa.

Ou seja, Paulo estava se referindo àqueles que receberam o selo da redenção, que é o Sinal do Espírito. Alguns ministros podem usar essas palavras do irmão Branham para dizer que agora que conhecemos a Mensagem da Hora já estamos na Terra Prometida, mas aqui o irmão Branham está dizendo que Paulo estava afirmando alegoricamente que a igreja de Éfeso já estava na Terra Prometida desde então. E o irmão Branham estava usando essa mesma linguagem para dizer que apenas em alegoria já saímos do deserto e entramos na Canaã, embora efetivamente isso ainda não tenha acontecido. Então não há contradições.

Quantos receberam a promessa do Espírito Santo?

Ele não está falando apenas do batismo do Espírito Santo, mas da Vida do Cristo que tem descido e Se revelado nestes dias. Nós agora O conhecemos não somente por estar entre nós, mas porque Sua doutrina restaurada nos faz saber Quem Ele realmente é. Estudamos em outra ocasião o tema "O Sinal do Espírito Santo na Igreja", onde o irmão Branham mostrava uma diferença entre alguém possuir o batismo do Espírito Santo e ter o Batizador consigo. Então quando Paulo estava dizendo que os efésios já estavam de posse da terra ou assentados nos céus, é porque eles chegaram ao ponto em que o Sinal do Espírito Santo estava com eles, e isso lhes fora dado pela graça, uma vez que pela lei os judeus jamais haviam obtido isso, ainda que já estivessem de posse da Canaã natural.

Oh, você não está contente que você esteja na terra? Por aqui, comendo o milho velho, comendo as coisas fortes de Deus e obtendo um entendimento claro; sua - sua mente espiritual não está toda confusa. Você sabe exatamente Quem Ele é. Você sabe exatamente o que Ele é. Você sabe exatamente para onde você está indo. Você sabe exatamente do que se trata tudo isso. Você sabe em quem você tem crido e está persuadido de que Ele é capaz de manter o que você encomendou a Ele contra o dia. Oh, esse é o único; Aquele de Quem Paulo está falando agora.

Então veja que aqui o irmão Branham apresenta o apóstolo Paulo dizendo aos efésios que eles não estavam mais no deserto, quando em outros sermões o irmão Branham disse que nós mesmos ainda estamos no deserto.

Adoção Nº. 1 (15/05/1960) § 34

Se você notar, Israel foi levado para fora do Egito, e há três etapas de sua jornada. Uma etapa foi saindo do Egito. A próxima etapa foi o deserto. (Que durou 40 anos) E a próxima etapa foi Canaã.

Porém observe que ao mesmo tempo ele disse neste sermão que a Igreja já estava em Canaã.

A Era do Vencedor

Então nós já estamos entendendo que às vezes o irmão Branham usava uma tipologia diferente, e uma das ocasiões foi quando ele afirmava que Canaã era um tipo do Milênio e em outras ocasiões dizia exatamente o contrário.

Adoção Nº. 1 (15/05/1960) §§ 35-38

Agora, tenho tipificado isto com Josué. Se você observou, Israel foi trazido do Egito e há três estágios de sua viagem. Um estágio foi a saída do Egito. O estágio seguinte foi o deserto. (Que é onde ele disse que nós estamos agora) E o outro estágio foi Canaã. Agora, Canaã não representa a era do Milênio. Ela somente representa a era do vencedor, a dispensação da vitória, porque em Canaã eles mataram e queimaram e tomaram cidades. E lá não haverá nenhuma morte no Milênio. Mas outra coisa que isto faz, isto traz a justificação pela fé, depois deles terem crido em Moisés e de terem deixado o Egito. Santificação, para seguirem sob a Coluna de Fogo e do pacto do cordeiro sacrificado no deserto. E então entrarem em uma terra que foi prometida. Agora, o que é a terra prometida para o crente do Novo Testamento? A promessa é o Espírito Santo. (Foi por isso que o irmão Branham ao parodiar Paulo, fez ele dizer aos efésios que eles já estavam em Canaã em razão de estarem selados com o Espírito Santo) "Pois acontecerá que nos últimos dias", Joel 2:28, "que derramarei o Meu Espírito sobre toda carne. Vossos filhos e vossas filhas profetizarão. Sobre os Meus servos e Minhas servas derramarei o Meu Espírito, e eles profetizarão. E mostrarei maravilhas em cima nos céus. E na terra, colunas de fogo, e fumaça, e vapor". E Pedro disse no dia de Pentecostes, após tomar o seu texto e pregar: "Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado no Nome de Jesus Cristo para remissão", para remir, para perdoar, para levar para longe todas as transgressões passadas.

Entenda que o que o irmão Branham está fazendo aqui é apenas mostrar um outro quadro baseado na Escritura de Efésios, onde Paulo afirmava que o gentios receberam a promessa do Espírito Santo pela graça. Então não há nenhuma contradição com as outras declarações que o irmão Branham fez, pois aqui ele apenas está apresentando um outro quadro. O que o irmão Branham fez em alguns sermões foi de apenas dar uma outra conotação com os tipos que ele usava, mostrando neste caso que a Terra Prometida para os filhos da promessa é o recebimento do Espírito Santo em suas vidas.

Perguntas e Respostas (23/12/1959) § 175

Quantos leram em Deuteronômio 1 aí, onde os espias foram até lá e saborearam as coisas de Canaã, o qual Canaã não é um tipo do Milênio. Quantos sabem disso? Você quer dizer, apenas uma mão? Junie. Isso mesmo. Canaã não é o tipo do Milênio, porque eles tiveram guerras, lutas, assassinatos e tudo mais em Canaã. Tipificava o Santo - Canaã é um tipo do Espírito Santo. (Veja que o irmão Branham está apenas dando uma outra aplicação para a figura de Canaã) O Egito é o mundo de onde eles saem. O deserto é onde foram santificados, chamado de Igreja. Canaã é onde eles se estabeleceram com o Espírito Santo (vê, vê?), Porque eles ainda tinham guerras. E se você não crê que você tenha guerras, apenas obtenha o Espírito Santo uma vez.

Quando a oposição vem é justamente porque o Espírito Santo está com você.

Como Fui Com Moisés, Assim Serei Contigo (11/09/1960) § 63

Muitas pessoas se referem à terra prometida ao Milênio. Não é. (Novamente ele está usando uma outra conotação para Canaã) A terra prometida teve guerras e assassinatos. O Milênio não terá guerras ou assassinatos. Referia-se ao Espírito Santo, os campos de batalha. Justificação: eles deixaram o Egito. Há três etapas de sua jornada. Eles deixaram o Egito sob a justificação, crendo na Palavra; eles se separaram dos egípcios e saíram. Atravessaram o Mar Vermelho e mataram as coisas para trás deles; isso foi santificação através do Sangue que mata todos os desejos humanos do mal, a segunda etapa da jornada. Mas o terceiro estágio foi quando eles atravessaram o Jordão na terra prometida onde sua herança pousou. Sua herança nunca foi posta no Egito, embora Deus os tenha abençoado no Egito.

Porém nada disso altera as inúmeras ocasiões em que ele disse que Canaã ou a terra prometida era um tipo do Milênio. No entanto, alguém pode dizer: "Mas irmão Diógenes, quando o profeta disse que Canaã era tipo do Milênio isso havia sido lá nos anos 50. Mas em 1960 ele disse que não era, então temos que ficar com essa sua nova versão, porque o que ele fez foi uma alteração na sua doutrina." Porém esse argumento se mostra pouco profícuo quando vemos outros sermões posteriores onde ele volta a dizer que Canaã tipificava o Milênio.

O Terceiro Êxodo (30/06/1963) § 104

E agora qualquer um com entendimento espiritual, se lembra, eu continuo citando, entendimento espiritual, você pode ver que a iniqüidade desta nação está cheia. Ela organizou e reorganizou, e organizou e organizou. E agora está confederada, e está unindo-se com alguma outra coisa. A iniqüidade está cheia. É tempo de êxodo, tempo de um chamado para sair, para a Terra prometida. Não a promessa, só outro país para onde ir; mas um Lar, o Milênio, tempo de um chamado para sair. A iniqüidade desta nação... está cheia. Ela é imunda. (...) Agora quero que note. Esta mesma Coluna de Fogo está conduzindo o povo novamente a uma Terra prometida, o Milênio. (Ainda não estamos lá, mas a Coluna de Fogo está nos conduzindo a isso) Onde, nós verificamos, sob a inspiração deste Sexto Selo, (isto nunca foi ensinado antes), como a terra tem de ser purificada para o Milênio. A Coluna de Fogo os está conduzindo a um Milênio.

Mudou Deus Alguma Vez o Seu Parecer Acerca de Sua Palavra? (18/04/1965) § 70

E o Israel do Antigo Testamento é um tipo da Noiva do Novo Testamento, saindo do mundo, marchando no caminho para Canaã, ou a Canaã para a qual iremos, o Milênio.

Então você tem que tomar cuidado quando você lê algo que o irmão Branham parece se contrariar, pois isso pode fazer você ser surpreendido ao ver a si próprio colocando o irmão Branham contra ele mesmo. O irmão Branham disse que estamos destinados para a Terra Prometida, para onde todo o Corpo de Cristo anseia algum dia estar.

Sob a Tua Palavra (21/02/1954) § 26 [Sem tradução]

Oh, estamos destinados à terra prometida. Isso é tudo que há quanto a isso. Deus não pode tomar a Sua Palavra de volta. Ele não poderia ser Deus.

Estamos Vivendo em Um Dia de Graça

Então procure entender que quando o irmão Branham disse que Canaã ou a terra prometida não é o Milênio, ele estava apenas apresentando um outro quadro onde ele fazia da Terra Prometida um tipo da graça, e que portanto, nós estaríamos nessa terra por estarmos debaixo da graça de Deus. É por essa razão que às vezes o irmão Branham dizia que Canaã não era tipo do Milênio, mas da graça.

Um Paradoxo (17/01/1965) §§ 67-68

Tem que vir um Efésios, um Éfeso, um Efesiano dessa jornada. Observe. Onde aquela lei nunca poderia salvar um pecador, como eu mencionei. Não podia. Portanto, a terra prometida representava um dia de graça. Veja, ele não poderia levá-los para aquela jornada.

Então com isso entendemos que o irmão Branham estava falando apenas figuradamente, da mesma maneira quando Paulo disse aos efésios que eles já estavam assentados em lugares celestiais juntamente com Cristo. Como os gentios de Éfeso não estavam debaixo da lei como os judeus, mas da graça, então eles já estavam de posse da promessa, coisa que os judeus pelas obras da lei nunca obtiveram. Então quando o irmão Branham falava que saímos do deserto e que já assumimos a terra prometida, ele estava apenas usando uma linguagem figurativa, e nós verificamos que o ir. Lee Vayle em seus estudos seguia essa mesma tipologia.

Paradoxo Nº. 5 (01/04/1984) - Lee Vayle [Sem tradução]

Nós estamos na terra da promessa, figuradamente falando. Não da lei. Passamos dela cem por cento. Agora, a terra prometida da Escritura em que nos encontramos é uma de total graça e fé.

Então quando o profeta disse que estamos no deserto, é porque Cristo ainda não veio, mas quando em outra ocasião disse que não somente já saímos do deserto, mas que já estamos de posse da Terra da promessa, é porque isso é uma herança que já é nossa e está consumada. Nada poderá nos tirar disso.

O que entendemos é que às vezes o irmão Branham usava um mesmo tipo com conotações ou aplicações diferentes, e o irmão Lee Vayle seguia essa mesma conotação que o irmão Branham usava. Portanto é preciso tomar muito cuidado, pois se o irmão Branham em uma ocasião disse-nos que estamos na Terra Prometida, isso não quer dizer que já estamos no Milênio.

Paradoxo Nº. 4 (25/03/1984) - Lee Vayle [Sem tradução]

Amado Pai celestial, olhamos para a Tua Palavra hoje, entendendo que estamos em uma terra prometida. (Porém isso é numa linguagem figurada, exatamente como o irmão Branham usou) Estamos na hora de uma promessa, onde o tempo e a eternidade estão se misturando. Uma promessa de graça, Senhor, que o próprio Senhor decretará do céu com um Alarido, para obter uma Noiva reunida e pronta. Para tirar um povo da terra. Para nos mudar e nos levar a todos. Senhor, cremos que Tu estás aqui fazendo isso.

Nossa terra prometida hoje é um dia de graça onde somos guiados pelo Espírito Santo e pelo Seu Sinal. Aqui o ir. Vayle vai citar as palavras do profeta e depois comentar.

Paradoxo Nº. 4 (25/03/1984) - Lee Vayle [Sem tradução]

"Tem que vir um Efésios, um Éfeso, um Efesiano dessa jornada. Observe. Onde aquela lei nunca poderia salvar um pecador, como eu mencionei. Não podia. Portanto, a terra prometida representava um dia de graça".

Não o Milênio. Você entende o que eu estou dizendo? (É preciso tomar muito cuidado mesmo, pois o irmão Branham usava conotações diferentes para o mesmo tipo. Neste caso, se estamos na terra prometida da graça, não estamos ainda no Milênio. É bom não confundir isso, pois em outras ocasiões o irmão Branham diz que a Terra prometida é um tipo do Milênio) Veja, porque você começa a ideia de sair, entrando. "Na casa do Meu Pai há muitas mansões", e assim por diante, e assim por diante, e assim por diante. Não estamos falando sobre isso. Tudo bem, a terra prometida é um dia de graça. Num inglês claro, então, esta é a hora da promessa. Isto é o que o profeta nos dividiu. A Palavra da promessa, a promessa para esta hora - a mistura do tempo e da eternidade.

A Terra Prometida é Um Tipo do Futuro Milênio

Nós não estamos de fato na terra prometida, mas estamos nos encaminhando para lá. O irmão Vayle não nega aqui a tipologia da terra prometida com o Milênio, pois este também era um ensino do irmão Branham. Portanto o que nós percebemos é que o irmão Vayle acompanhava o irmão Branham em suas "contradições", digamos assim, sem negar o seu ensino, pois em outros sermões você verá o irmão Lee Vayle dizer que a Terra Prometida era um tipo do Milênio.

Deidade (07/08/1994) § 4 - Lee Vayle

A Terra prometida é um pequeno tipo do Milênio.

Veja que a terra prometida onde Israel entrou era um exemplo e um tipo bíblico do Milênio.

O Éden de Satanás Nº. 17 (08/04/1990) - Lee Vayle [Sem tradução]

Quando Deus deu um exemplo do Milênio, Ele deixou Israel entrar na Terra Prometida com a compreensão de que estariam sob a Coluna de Fogo e um profeta.

Liderança Nº. 1 (09/06/1994) - Lee Vayle [Sem tradução]

Chegará um dia em que o Egito pode parecer um piquenique de Escola Dominical. Agora, o que estou tentando transmitir é o seguinte: quando isso aconteceu? Ocorreu no Êxodo quando eles vieram do Egito, da mesma maneira como nós que saímos da Babilônia em nossa jornada para a Terra Prometida, como a deles era Canaã, e a nossa é a Terra Prometida, que é o Milênio.

Então embora ainda não estejamos no Milênio ou na Terra Prometida, o irmão Lee Vayle nos mostra em outras ocasiões o mesmo ensino do irmão Branham, de que ainda estamos em nossa jornada rumo à Terra Prometida, o Milênio.

Paradoxo Nº. 3 (18/03/1984) - Lee Vayle [Sem tradução]

Estamos em uma jornada que nos tira do Egito e da Babilônia diretamente para o Reino de Deus, e será comparado à terra prometida, porque ele disse isso. Isto é o que estamos olhando no Novo Testamento, do Antigo Testamento.

Religião de Jezabel Nº. 6 (02/12/1990) - Lee Vayle [Sem tradução]

Moisés guardou por meio da Palavra e do poder de Deus aquele pequeno povo. Nós iremos fazer o mesmo através de Jesus Cristo, e da Presença maravilhosa de Deus aqui para levar um povo à Terra Prometida, nosso Milênio; nós vamos conseguir, não se preocupe.

A Semente de Discrepância Nº. 15 (05/11/1995) - Lee Vayle [Sem tradução]

Nesta última hora de crucificar o Filho de Deus de novo, podemos assumir a Palavra, a Liberadora e maravilhosa Palavra de Deus. A Palavra que nos veste nos leva à Ceia das Bodas, a Palavra que nos leva à Terra Prometida. Ajude os vasos a habitar naquela grande terra do Milênio, onde o templo é adorado no próprio Deus.

Então observe que embora ainda não estejamos no Milênio, esta Mensagem é que nos introduz e nos prepara para nos colocar no Milênio.

A Maior Batalha Jamais Pelejada Nº. 14 (06/12/1987) - Lee Vayle [Sem tradução]

Vemos aqui nesta Mensagem uma redenção perfeita. O que realmente nos leva à introdução do Milênio e ao próprio Milênio, como a Palavra de Deus veio a Moisés, e a pronunciação sobre essa Palavra foi essa, isto é o que prepara você para essa Terra Prometida, esta Mensagem é o que nos prepara para o Milênio, saibamos disso ou não.

Então nós somente estaremos na Terra Prometida ou no Milênio depois que o Espírito Santo, que está agora em nosso meio, Se encarnar novamente em Seu Filho Jesus Cristo.

Fé Perfeita Nº. 9 (06/09/1987) - Lee Vayle [Sem tradução]

O Éden era o reino justo de Deus na terra, porque Deus estava lá. Deus está sediando agora mesmo em uma Noiva. Ele é absolutamente a Cabeça. Voltamos às condições do Éden. Estamos à procura de um Reino, mas o Reino não será nosso até que o Filho apareça. E o Filho vai aparecer; Ele aparecerá em breve. Ele já apareceu na forma do Espírito Santo em uma Coluna de Fogo. O mesmo que Paulo encontrou na estrada, que disse: "Eu sou Jesus, Jeová-Salvador, Aquele que você persegue". Então, portanto, já estamos tendo nossos pés na Terra Prometida como Abraão, no Éden, no Milênio. Isso não nos faz nem um pouco melhor, exceto nesse sentido: tem que ser assim. Pois eu falo agora de ser imortal e viver no Milênio. Mas, assim que o Filho entrar em cena, o qual Ele entrará, após a destruição de Sodoma, Ele será perfeitamente formado como a Cabeça. A Noiva perfeitamente formada, esse Espírito Se encarnará para nós, virá aqui e assumirá o controle. E o que estou tentando mostrar a você é: isso está acontecendo agora.

Potencialmente tudo isso já é nosso, mas estamos ainda nos encaminhando para isso. Uma Noiva ainda está sendo preparada, a Mensagem ainda está tirando outros eleitos de Laodicéia.

Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº. 1 § 26 (7/10/2000) Lee Vayle

Se você quer a plenitude do Espírito Santo, nós O temos agora mesmo, Deus mesmo, porque o batismo com o Espírito Santo abriu caminho para o próprio Espírito Santo, e isso é Deus. Ele está aqui agora mesmo, pronto para guiar a Igreja para o Milênio. (Ainda não estamos no Milênio, mas Aquele que nos levará até lá já está entre nós) É para isto que Ele está aqui, e é isso que Ele irá fazer.

Existem algumas declarações que o irmão Branham fez no seu sermão "O Futuro Lar", que uma vez fora do seu verdadeiro contexto e significa tem feito algum pensarem que o irmão Branham estivesse sugerindo que já estaríamos no Milênio, criando assim mais um falso ismo por conta de uma má compreensão da doutrina do profeta de Deus.

Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº. 2 § 1 (8/10/2000) Lee Vayle

Tu estás aqui em nosso meio, e reconhecemos essa Presença, exatamente como o irmão Branham disse: "Meu ministério é para declarar que Tu estás aqui". E Tu estás aqui, Senhor, para guiar-nos para o Milênio.

Aliança Nº. 14 (15/11/1989) - Lee Vayle [Sem tradução]

Uma Arca pode ser uma Aliança da Palavra; uma Arca pode ser uma Aliança da Palavra carregada sobre o Jordão, na Terra Prometida, certo? Tomando o território, Deus fazendo isso, para eles e neles, também temos uma aliança da Palavra que estamos carregando, a Coluna de Fogo em nosso meio, pronta para atravessar o Jordão e para o Milênio.

Se estamos prontos para atravessar o Jordão é porque embora ainda estejamos no deserto, já estamos a ponto de sair dele.

O Éden de Satanás Nº. 14 (21/03/1990) - Lee Vayle [Sem tradução]

Veremos o que Deus havia dito sobre Israel enquanto eles estavam preparados para entrar na Terra Prometida, que em certo respeito é um tipo do Milênio, pelo menos, é um tipo do Milênio a este respeito, vemos o justo governo de Deus estabelecido na Terra em condições maravilhosas e tranquilas, onde a Terra está trazendo a sua bondade para o povo e as pessoas estão descansando em harmonia e no bem estar com Deus como sua cabeça soberana.

A Palavra Falada Nº. 15b (31/07/1993) - Lee Vayle [Sem tradução]

Pai celestial, estamos tão felizes que Tu estás aqui na forma do Espírito Santo, não em um corpo de carne, mas nesse Espírito para dirigir a igreja e levar a igreja à Terra Prometida, o qual sabemos ser o Grande Milênio.

Veja que isso ainda não aconteceu, mas estamos prontos para isso.

Nosso Josué é o Espírito Santo

O irmão Branham usava a figura de Israel sendo guiado por Josué até Canaã para tipificar a dispensação da graça onde a Igreja é guiada pelo Espírito Santo, em oposição à dispensação da lei, representada por Moisés que pereceu no deserto. Este Josué não é William Branham, mas o Espírito Santo que nos guia e nos sustenta no deserto até chegarmos a Canaã.

A Palavra Falada Nº. 5 (09/01/1993) - Lee Vayle [Sem tradução]

"Agora, vamos permanecer como Josué e Calebe. (Agora, observe atentamente...) Agora, vamos permanecer como Josué e Calebe, enquanto vemos a terra prometida à vista. Está perto do tempo a ser dado. 'Josué' em hebraico significa 'Salvador' e representa o líder do tempo do fim prometido para levar a igreja. Calebe representa o verdadeiro crente que ficou com Josué".

Agora, olhe isso, quando ele usa a ilustração, as pessoas dirão: "Bem, isso está falando sobre o irmão Branham". Não, ele está apenas ilustrando este homem, Josué, e comparando com ele. Em outras palavras, que Josué não fez um movimento até ouvir de Deus, sabia exatamente o que Deus queria, como Ele queria, quando Ele queria. Isso irá se repetir no final do tempo. Agora você está falando sobre uma única pessoa. Quando você fala sobre Calebe, você está falando sobre um número. Mas isso é no singular. E lembre-se, Josué significa "Jeová Salvador" Josué é o mesmo que Jesus, que é Jeová Salvador. Ou o Salvador. (...) Então esta foi apenas uma ilustração. Agora lembre-se, o irmão Branham disse: "Nosso Josué é o próprio Espírito Santo". Assim como Elias. Então, você está olhando agora para o Espírito Santo guiando, mas lembre-se, Deus sempre opera através de um profeta, então isso vai até o povo.